Início » Brasil » Campus Party Recife terá apenas dois dias de duração

Campus Party Recife terá apenas dois dias de duração

O evento não será exatamente uma Campus Party: não haverá acampamento

Lucas Braga Por

Alô, campuseiros: a Campus Party Recife 2016 está confirmada! Quem quiser participar do evento pode reservar na agenda os dias 20 e 21 de agosto. Isso mesmo: a duração é de apenas dois dias, bem diferente dos tradicionais sete dias dos anos anteriores.

campus-party-recife-interno

A verdade é que o evento não será exatamente uma Campus Party: não haverá acampamento. Não faz sentido manter toda a logística de um camping para apenas uma noite, então quem quiser dormir vai ter que voltar para casa. Conforme levantado pelo Mundobit, será um viradão com 24 horas de conteúdo ininterrupto, divididos em quatro palcos (principal, inovação, ciência e empreendedorismo).

Outra novidade é que a conexão à internet será feita por meio de Wi-Fi, não cabo. Em edições passadas, a organização sempre argumentou que é difícil de assegurar qualidade de acesso para milhares de campuseiros usando acesso sem fio, mas a nova estratégia estará em vigor no evento. É uma forma de diminuir custos, uma vez que é bastante oneroso montar e desmontar uma infraestrutura fixa.

Como a duração do evento é significativamente menor que a do tradicional, o ingresso está bem mais barato. Custa R$ 65, ou R$ 50 caso você seja um veterano do evento. A organização espera 3 mil campuseiros e outros 20 mil visitantes na área aberta ao público, onde há estandes de patrocinadores e empresas que realizam ações promocionais e divulgação de produtos e serviços.

Até o momento, não há nenhum grande patrocinador. A Vivo deixou de patrocinar a última Campus Party de São Paulo, que foi assumida às pressas pela TIM e Telebrás. O local do evento é o Classic Hall e os ingressos já estão disponíveis para venda.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Silva
Poxa, só dois dias. '-'
Maico Andrade
Alguem conseguiu achar qual tecnologia/radios irão usar na CP?
Keaton
Caraca... meu access point já sofre para 4 devices simultaneos... imagina na Campus Party, com 5000+... (claro, deve ter uns 300 routers, mas mesmo assim...) Me parece que a "magia" do Campus Party está acabando no Brasil. Digo, não é bem culpa da Campus Party em si, mas com tudo encarecendo, acaba sobrando menos recursos para o pessoal gastar com tecnologia e viagens. (não sei se é só em Curitiba, mas quase tudo subiu em média 20-30% nos ultimos anos por essas bandas)
Breno Fernandes
Olhando por outro lado, agora vou ter dinheiro para pagar a entrada.
C. Herrera
A Campus Party era um evento bacana para trocar ideias, aprender e, até mesmo, tentar conseguir financiamento. Até um pessoal com poucos recursos financeiros podia economizar uma grana para estar lá - porque, na minha opinião, é caro demais justamente para quem DEVERIA estar lá! Participei das primeiras e achei fantástico, mas a realidade tecnológica, econômica, social e educacional brasileira tem o poder de esmagar, de sufocar coisas bacanas. Por exemplo, o acesso restrito (pela carga tributária, pelo "lucro brasil", pelo poder aquisitivo cada vez menor, pela irresponsabilidade do governo, etc.) a produtos que lá fora são MUITO baratos (arduinos, raspberries, etc.) e o absoluto DESPREPARO de muitos educadores, faz com que ideias bacanas de uma boa parte garotada fique de fora. Os "privilegiados" (nada contra eles, mesmo) que conseguem montar seus case mods, robozinhos, etc, são um grupo pequeno, com recursos financeiros e conta pouco, na minha opinião. Temos é que deixar o acesso a determinadas tecnologias tão barato quanto é lá fora, educar bem e deixar a garotada "brincar" SEM RESTRIÇÕES, aí sim, veremos algum progresso. Matar aos poucos um evento como a CP, é... ah, tristeza, Brasil.
Leonardo Spricigo
Sendo bem sincero a organização já tinha matado a CP a partir do terceiro ano
MacielLucas
Ano passado estava impossível de usar wifi. Imagina agora sem patrocinador grande. '-'
Ricardo - Vaz Lobo
Uma CP sem banda larga...
Diogo

Acho que valeria a pena citar que essa edição será uma edição "weekend", ou seja, não será mesmo uma Campus Party comum. Já teve uma dessas no México, e vai ser a primeira vez aqui no Brasil, quem sabe podendo ir pra outras cidades nessa versão "pocket".

Diogo Nóbrega
Acho que valeria a pena citar que essa edição será uma edição "weekend", ou seja, não será mesmo uma Campus Party comum. Já teve uma dessas no México, e vai ser a primeira vez aqui no Brasil, quem sabe podendo ir pra outras cidades nessa versão "pocket".
vegbrasil
A crise bateu forte na Campus Party, que agora virou apenas um corujão.
abraaocaldas
É.... a campus morreu.