fish

Um usuário do Reddit identificado como FiletOfFish1066 compartilhou uma história pra lá de curiosa, que pode ser verdade ou inventada, mas nossos leitores que trabalham com programação e testes vão se identificar.

Quando ainda era um recém-formado, há seis anos, ele foi contratado para trabalhar em uma empresa que na época era pequena, mas que hoje é um dos maiores nomes de tecnologia de San Francisco, muito provavelmente uma gigante do Vale do Silício. E com um salário equivalente a R$ 26 mil por mês.

Seu trabalho? Testar o que os outros programadores criavam. E, para quem não conhece essa parte do processo de desenvolvimento de software, o pessoal de Quality Assurance (QA) valida, por exemplo, se um campo de data aceita apenas datas e não texto, se campos de texto permitem SQL Injection, se os usuários possuem acesso a determinado recurso, se um botão está realizando a tarefa esperada, se a resposta do sistema está correta e afins.

CS3Rp2TUwAIyRrE

Uma vez que esses testes são padronizados, o trabalho do QA se torna uma repetição de validações. Nosso nobre Filé de Peixe precisou de 8 meses para perceber isso, e resolveu criar um programa que automatizou suas tarefas. Como todo bom profissional, ele avisou seus superiores sobre sua excelente ferramenta, pedindo mais trabalho para ocupar seu tempo livre, certo?

Pois é… não. O desgraçado ficou quieto. E passou seis anos dentro da empresa jogando League of Legends, navegando pelo Reddit, indo para a academia ou qualquer outra coisa que desse na telha. Como os testes funcionavam sem problemas toda vez que precisavam dele, nunca ninguém reclamou.

Isso, claro, até alguém descobrir a mamata e avisar o chefe. Evidentemente, o maluco foi demitido no mesmo instante. E o pior: por ter passado tanto tempo sem trabalhar, ele esqueceu o que sabia sobre programação!

bttf-fired-culturageek.com_.ar_

Hoje o rapaz tem 28 anos, acumulou US$ 200 mil na poupança, mas está desempregado. E quais serão seus passos agora? Tirar férias. “Essa pausa é necessária. Eu preciso repensar tudo na minha vida. Quando eu voltar, vou reaprender tudo que esqueci, estudar algoritmos novamente e ler Cracking The Coding Interview“, concluiu.

Se isso tudo for mesmo verdade, potencial ele tem, só precisa deixar de ser preguiçoso. E se você pensa em trabalhar nessa área, confira todos os links aqui em cima. Vai por mim.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Guimarães Barbosa
Antony eu no lugar do patrão daria um aumento para o cara pois ele sabe trabalhar, não importa se ele ficou à toa o que importa é que funciona, digamos que eu sou dono de uma construtora, meu empregado, um simples pedreiro inventa uma maquina que faz todo o trabalho automaticamente e ele passa o dia todo sentado só monitorando, eu deveria dar um aumento para ele
Rafael Guimarães Barbosa
Olhem aqui mais um Brasileiro burro decepcionado com a política do país
Rafael Guimarães Barbosa
ele pode alegar que foi feito na casa dele, ele não trabalha 24horas por dia
Rafael Guimarães Barbosa
Cara digamos que uma empresa me contrate para eu fazer 100 pacotes de sorvete por dia, eu vou e crio uma maquina que faz todo o trabalho automaticamente, não interessa como eu fiz o sorvete, o que interessa é que foi entregue a tempo e sem erros
Jürgen Weichert
Na verdade, o que mais importa são os resultados. Se jogou "League of Legends" ou foi pra academia, não importa quando se traz resultados (mesmo que automatizados). Mas tudo que é automatizado, precisaria sempre ser aperfeiçoado com atualizações ou updates. Ficar estagnado, pode até parecer uma excelente alternativa, mas na realidade você estará andando para trás enquanto que o mundo vai andando para frente.
mac
Bom, prefiro meu funcionário automatizando tudo e indo embora mais cedo e FELIZ com tempo livre. Do que um monte de burro fazendo tudo na mão perdendo tempo e reclamando. Agora o mais inteligente vai trabalhar mais que todo mundo? HHAHAHAHAHahhAhahHAhahahahaHAHaah
Renato Corrêa Arrieche
Programação é para preguiçosos que não querem fazer tudo à mão ou do modo mais exaustivo possível
Renato
Difícil julgar o cara. Há muitos anos criei uma solução para uma empresa onde trabalhava que poupava 90% do meu trabalho diário e de outros 5 programadores. Acabamos ganhando mais trabalho e quem levou um dinheirão de gratificação foi o gerente. Eu não vi uma moeda sequer. Nem um tapinha nas costas ou elogio. Bem motivador isso. No caso do sujeito da matéria, o maior erro dele foi não ter estudado ou feito alguma coisa produtiva (para ele mesmo) com o "tempo livre".
Fabricio Carvalho
O erro dele foi em não avisar, blz. Mas se ele pelo menos estivesse fazendo outros trabalhos e assim fosse evoulindo cada vez mais, seria uma jogada de gênio.
Leandro
so vim aqui dizer que tem certos sites de tecnologia ai... que ficam copiando notícia daqui do TB. pronto falei! #OD
Jan Cordeiro
O cara juntou 200Mi na poupança, agora só trocar o investimento e pra que trabalhar, se pode deixar o dinheiro trabalhando por ele... Concordo, há invejosos em relação a ideia brilhante do rapaz. E não é negativo o fato dele estar desempregado, apenas não está gerando mais lucros para o patrão, e como muitos sabem, investimentos em títulos e créditos bancários são mais lucrativos, e pode-se sim ganhar muito dinheiro sem trabalhar, basta procurar o conhecimento adequado e certo acerca de tal assunto.
Abraão Alves
Gostaria muito de conhecer esse case, mesmo! Isso vai de encontro a tudo que já trabalhei e estudei, realmente gostaria de conhecer um script generalista que não precisou de ser tocado em 2 anos. A não ser que o software que você tenha aplicado esse script generalista se encaixe no case abaixo: "Meu software não tem bug, pq ninguém usa". Ai sim, tudo começa a fazer sentido.
Ewerton Silva
Correto. Caso semelhante aconteceu na série Silicon Valley, onde o Pied Piper foi feito parcialmente na Hooli. rsrs...
PPKX XD ?????????
Enfim, boa sorte na sua vida.
Tiago César
Exato. Só faria sentido se o trabalho dele for testar interface e nada mais.
Exibir mais comentários