Início » Gadgets » Moto 360 original não terá atualização para Android Wear 2.0

Moto 360 original não terá atualização para Android Wear 2.0

Paulo Higa Por

Eis um problema dos smartwatches em relação aos relógios tradicionais: eles ficam obsoletos tão rapidamente quanto o seu smartphone. O Moto 360 de 1ª geração, um dos primeiros relógios com Android Wear, lançado no final de 2014, é um exemplo: ele não receberá a atualização para a versão 2.0 do sistema operacional, segundo um tweet da Motorola.

A notícia não é exatamente uma surpresa, já que o primeiro Moto 360, que ainda é comercializado no Brasil, tem baixo poder de processamento desde a época do lançamento: ele utiliza um chip Texas Instruments OMAP3630, da mesma geração de aparelhos como o Motorola Milestone 2, de 2010 (!). Os novos relógios com Android Wear vieram com processadores Snapdragon 4xx.

moto-360-amarela

O Android Wear 2.0 é a primeira grande atualização do sistema operacional do Google para relógios. Ele adiciona o suporte a aplicativos nativos, que podem se comunicar por Bluetooth, Wi-Fi ou 4G sem depender do smartphone; traz mostradores que podem exibir dados de vários aplicativos simultaneamente; automatiza o reconhecimento de atividades físicas pelo Google Fit; e inclui um questionável teclado virtual.

A atualização para o Android Wear 2.0 será liberada para todos os usuários até o final do ano. As fabricantes não confirmaram quais smartwatches receberão a atualização, mas o Google já liberou versões de teste para o LG Watch Urbane 2ª edição com 4G e Huawei Watch. Nenhum deles foi lançado oficialmente no Brasil.