Início » Negócios » Uber começa a oferecer viagens de helicóptero em SP

Uber começa a oferecer viagens de helicóptero em SP

Nova modalidade, batizada de UberCopter, comporta até cinco passageiros e não é barata

Por
2 anos e meio atrás

Com o crescimento do Uber no Brasil, a empresa parece pronta para investir em modalidades de luxo. Essa é a proposta do UberCopter, serviço de viagens de helicóptero (!) que começa a operar em São Paulo às 14h desta segunda-feira (13). O usuário que solicitar uma viagem recebe as informações do voo no celular e será levado até o heliponto por um UberBlack, sendo cobrado pelo trajeto em terra e no ar.

Robinson R44, modelo de helicóptero projetado para transporte executivo oferecido pela Helimarte.

Robinson R44, modelo de helicóptero projetado para transporte executivo oferecido pela Helimarte.

Os helipontos do UberCopter estão localizados em hotéis e aeroportos. São nove locais: Sheraton WTC, Blue Tree Faria Lima, Aeroporto de Viracopos, Hangar ABC, Hotel Transamerica, Aeroporto de Guarulhos, Helicentro Morumbi, Aeroporto de Congonhas e Campo de Marte. A cidade de São Paulo tem a maior frota de helicópteros do mundo, tendo ultrapassado Nova York em 2013.

Esse serviço é interessante para evitar o trânsito de São Paulo e chegar a compromissos a tempo (claro, se você puder pagar). Um voo do hotel Blue Tree da Faria Lima (zona oeste) até o Aeroporto de Guarulhos (27 km pelo ar), por exemplo, dura 13 minutos e custa R$ 271. Sem congestionamentos, esse trajeto seria feito em cerca de 1h de carro.

O helicóptero comporta 5 pessoas, mas o valor cobrado é por assento (ou seja, nada de juntar seus amigos e pagar menos de 100 reais para andar de helicóptero). Também dá para ir do Campo de Marte (zona norte) até o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, por R$ 750. Esses valores têm validade apenas até quinta-feira (16), por serem “promocionais”.

É assim que você pede um UberCopter. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

É assim que você pede um UberCopter. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

As informações foram reveladas pelo jornal Folha de S.Paulo, que também teve acesso a uma viagem de teste. Eles foram do Campo de Marte até o Instituto Tomie Ohtake (zona oeste) em sete minutos, em uma distância de 8,5 km pelo ar. De carro, o trajeto levaria 36 minutos.

Antes de entrar no helicóptero, o Uber pede que o passageiro faça um cadastro no site da Airbus, informando RG, CPF, celular e peso. O próprio aplicativo decide qual é o heliponto mais perto do usuário. A bagagem tem limite de 5 kg (mão) e 25 kg (bagageiro).

Eurocopter Ecureuil, mais conhecido como Esquilo, que transporta cinco passageiros na Helimarte.

Eurocopter Ecureuil, mais conhecido como Esquilo, que transporta cinco passageiros na Helimarte.

O preço, apesar de alto, é compatível com o mercado de táxi aéreo em São Paulo (e por vezes até mais barato). A Helimarte, por exemplo, oferece voo panorâmico compartilhado com até cinco passageiros por R$ 600, em um voo de apenas 30 minutos. O voo sai do Campo de Marte e passa por 20 pontos turísticos da cidade.

A modalidade é fruto de uma parceria entre a Airbus e o Uber, divulgada em janeiro. Os helicópteros são licenciados por três empresas parceiras da Airbus em São Paulo, como a própria Helimarte, a Airjet e a UniAir.

Esta não é a primeira vez que o Uber mexe com helicópteros: a empresa chegou a testar o UberCopter durante o Festival de Cannes, na França, em maio de 2015. Em São Paulo, o serviço também é experimental e deve durar um mês.

Mais sobre: ,