Início » Segurança » A autenticação em duas etapas do Google está bem mais prática

A autenticação em duas etapas do Google está bem mais prática

Recurso chamado "solicitação do Google" permite que você faça login na sua conta pelo smartphone

Por
2 anos e meio atrás
2fa-google-celular-capa

Normalmente, ativar a autenticação por duas etapas na sua conta significa abrir mão da comodidade. Não mais: uma atualização do aplicativo do Google agora permite que você use o próprio celular para verificar o login, precisando de apenas um toque para autenticar. Sem códigos chatos!

Para fazer a configuração, basta clicar aqui ou ir em Minha Conta > Login e segurança > Como fazer login no Google > Verificação em duas etapas. Logo abaixo, você verá Configurar uma segunda etapa alternativa, que abriga os códigos de backup e a chave de segurança. Basta clicar em Solicitação do Google, que é o nome da nova função, e selecionar o seu dispositivo.

2fa-google-celular 2fa-google-celular-3

Obviamente, para usar esse recurso, você precisa ter um smartphone conectado à conta do Google. Ele pode ser um Android (compatível em todos que têm a última versão do Google Play Services) ou um iPhone (5s ou superior). No caso do iOS, também é necessário ter o aplicativo de busca do Google instalado. Caso você tenha mais de um dispositivo, pode configurar em todos sem problema algum.

Apesar de estar sob o menu de segunda etapa alternativa, a solicitação do Google será o método de autenticação de duas etapas padrão (mas obviamente você não precisa descartar o seu método principal). É um recurso interessante porque muitas formas de autenticação são um pouco engessadas, como SMS (que depende da boa vontade da sua operadora) e Google Authenticator (que é bem limitado).

Leia também: Como usar autenticação em duas etapas de uma forma menos dolorosa

Existe uma alternativa melhor: o Authy, como já indicamos aqui, é uma boa opção para ter sincronização das chaves entre dispositivos, mas até agora não tinha como fugir do código de seis dígitos de uma forma tão fácil. A chave de segurança, que permite a autenticação por meio de um dispositivo USB, era um meio interessante. Mas fique avisado: você não pode usar a chave de segurança e a solicitação do Google ao mesmo tempo.

Quanto tempo até outras empresas implantarem algo parecido? Precisamos.

Mais sobre: