Início » Internet » Google agora tenta adivinhar qual doença você tem

Google agora tenta adivinhar qual doença você tem

Buscador analisa os sintomas e diz se você precisa se preocupar com essa dor de cabeça que não passa

Jean Prado Por

Não é de hoje que o Google vem investindo em informações de saúde. Mas os dados sempre eram para doenças específicas, que depois mostravam os sintomas. Com esse novo recurso, o buscador fez o contrário: um paciente que procurar por sintomas no Google poderá se deparar com uma lista de doenças que ele pode ter.

google-busca-sintomas

Se você procurar por “dor em um lado da cabeça”, por exemplo, o Google mostrará as condições relacionadas, como dor de cabeça (óbvio), gripe, sinusite, enxaqueca, cefaleia de tensão (ou dor de cabeça vulgar) ou cefaleia em salvas (ou dor de cabeça suicida, por causa da vontade de morrer). Espero que essa última não deixe as pessoas preocupadas.

Segundo o buscador, essa ferramenta visa reduzir a ansiedade do usuário que acordou com uma dor de cabeça que não passa de jeito nenhum e quer saber se ele precisa procurar um médico. Em vez de procurar em fóruns de medicina com termos que ninguém conhece, o Google pretende entregar uma lista de doenças compatíveis com os sintomas mais comuns para, de acordo com a gravidade, incentivar uma consulta a um médico.

Recomendado: Precisamos tomar cuidado com o “Dr. Google”

Para levantar esses dados, o Google analisou quais são os sintomas mais procurados e se reuniu com uma equipe de médicos da faculdade de medicina de Harvard (HMS) e da Clínica Mayo, um dos principais hospitais dos Estados Unidos. Eles enfatizam que a busca de sintomas no Google é apenas informacional, então é fundamental que você consulte um médico antes de fazer qualquer coisa.

Quando o buscador anunciou a parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein aqui no Brasil, muitos médicos disseram que a medida era positiva para o usuário comum. Mas Marcos Knobel, cardiologista no hospital, lembrou que nada substitui a consulta médica. É papel do especialista “processar e validar essa informação que o paciente vai procurar na internet”.

Hoje em dia, o número de pesquisas por sintomas no Google já compõe 1% das pesquisas diárias (o que, ainda assim, resulta em milhões de pesquisas) e mostra por que o buscador investe nesse segmento. Por enquanto, a ferramenta só está disponível em inglês e para usuários dos Estados Unidos. “Ao longo do tempo”, a empresa planeja lançá-la em outros idiomas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo
Preocupante é a saúde pública no Brasil e o pensamento conservador do conselho federal de medicina que pra tudo que alguém sentir, repassa o bordão: "consulte o seu médico" ou "estes sintomas só podem ser avaliados pessoalmente". Muitas vezes é um problema simples e que não exige uma maratona em busca de médico.
Paulo
Isso é de extrema importância tendo em conta a soberba dos médicos. Se sentem reis. Seres difíceis de serem alcançados. Vamos a um posto de saúde, não tem médico ou ele não pode responder logo uma simples pergunta. Até quando precisamos só de algumas informações triviais, recomendam que "só podem avaliar pessoalmente". Uma vez paguei 100 reais pra uma otorrino colocar uma seringa no meu ouvido que estava impedindo minha audição. Resolveu em 5min. Isso é um abuso. É óbvio que existe aquele pensamento corporativista de que a pessoa estudou muitos anos e merece cobrar, tem que ser valorizada. Não é assim também. Eles sabem que existem muitas situações banais que o próprio paciente pode resolver. Dependência excessiva só traz é prejuízo, desgaste físico, emocional e financeiro.
Jefferson Silva
Sou da área de Suporte a servidores e a técnica para encontrar uma doença de médicos se baseada muito com a minha para localizar erro em servidores. E na dedução e tentativa erro. Logo as maquinas vão substituir os dois
Carlos Aurélio
É preocupante essas técnicas do google..
João

Com certeza um dia vai. Uma IA e/ou um aparelho q detecte doenças em segundos somente "escaneando" a pessoa seria o ápice da medicina.

Joaomanoel
Com certeza um dia vai. Uma IA e/ou um aparelho q detecte doenças em segundos somente "escaneando" a pessoa seria o ápice da medicina.
Vitor Mikaelson
E isso? https://tecnoblog.net/91385/google-busca-doenca/
Gabriel B.R.
Manchete sensacionalista ao melhor estilo Tecmundo.
X-Tudãoᴳᴼᵀ

Ainda vai demorar um bom tempo para a tecnologia substituir um bom médico, se é que um dia consiga.

Supersonic
Ainda vai demorar um bom tempo para a tecnologia substituir um bom médico, se é que um dia consiga.
X-Tudãoᴳᴼᵀ

Eu já pesquisei muita coisa por curiosidade mesmo, tanto é que geralmente pesquiso pelo nome da doença e não por sintomas.

Supersonic
Eu já pesquisei muita coisa por curiosidade mesmo, tanto é que geralmente pesquiso pelo nome da doença e não por sintomas.
Carlos Felipe de Matos
Caraca o Google quer ser tudo e fazer tudo guarde minhas palavras o google vai ser a skynet no futuro kkkkkkkk
Paul Gomes

gostei do assunto cara tambem falo um pouco sobre isso no meu site que vou deixar o link aqui em baixo
http://agenciadepublicidade...

Thiago Bomfim
Acho interessante ver que, aos poucos, o poder do ato médico vai se tornando mais insignificante. Foucault ficaria feliz de ver o neoliberalismo nos livrando do antigo saber-poder.
Exibir mais comentários