Início » Software » Uber começa a esconder tarifa dinâmica no app

Uber começa a esconder tarifa dinâmica no app

Por
2 anos e meio atrás

Quando a demanda por carros está muito alta, o Uber sobe as tarifas automaticamente para que sempre haja motoristas disponíveis: quem estiver disposto a pagar mais, consegue um veículo na hora; quem não estiver, espera até o preço baixar. O multiplicador da tarifa dinâmica é sempre bem sinalizado na interface do aplicativo, mas isso está prestes a mudar.

uber-app

A empresa anunciou nesta quinta-feira (23) que está testando em cidades dos Estados Unidos e Índia um sistema de tarifa fixa. Ao digitar o endereço de destino e escolher o uberX, modalidade mais barata, o usuário saberá exatamente o quanto vai pagar pela corrida, centavo por centavo. É diferente do modelo atual, no qual você recebe apenas uma estimativa de preço (nem sempre tão precisa) que pode mudar se ficar preso num congestionamento ou o motorista optar por uma rota mais longa.

A mudança é boa, mas pode trazer um efeito colateral para os usuários: em vez de indicar claramente qual é a tarifa dinâmica em vigor, o Uber passará a mostrar apenas uma mensagem discreta na interface do aplicativo, logo abaixo do preço da corrida, dizendo que “as tarifas estão mais altas devido ao aumento da demanda”.

Hoje é assim. Primeiro, você nota um raio quando a tarifa dinâmica está ativada:

uber-raio

Se o preço da corrida estiver o dobro (2,0x) ou mais, é apresentada uma tela avisando que você se tornará muito pobre em breve:

uber-maior-2

E depois outra tela, onde você precisa digitar a tarifa dinâmica em vigor para confirmar que entendeu o funcionamento do Uber:

uber-digitar-tarifa-dinamica

Como mostra o The Verge, isso vai ficar assim:

uber-tarifa-dinamica-nova

Obviamente, essa mudança torna as tarifas dinâmicas bem menos ruins para o nosso psicológico — você provavelmente ficará mais propenso a aceitar a corrida mais cara, especialmente se estiver fazendo o trajeto pela primeira vez e não souber quanto a tarifa normalmente sai.

Em comunicado, o Uber afirma que “centenas de milhares de usuários” já testaram o novo modelo, que será expandido para outras cidades em breve. “E quando as tarifas subirem devido ao aumento da demanda, em vez de raios e telas pop-up, os usuários poderão ver a tarifa real antes de solicitar a corrida. Não há matemática complicada e nem surpresas”, diz a empresa.

Mais sobre: