Início » Web » Facebook vai priorizar amigos no feed de notícias (de novo)

Facebook vai priorizar amigos no feed de notícias (de novo)

Segundo a rede social, mudança é para usuários não perderem posts que mais importam

Por
2 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Prepare-se: o seu feed de notícias do Facebook sofrerá alterações durante as próximas  semanas. A rede social anunciou nesta quarta-feira (29) que, novamente, vai priorizar posts de amigos e familiares para que “você não perca os posts de quem importa”. Às páginas, o Facebook avisa que as impressões e o tráfego pode cair.

facebook-news-feed

Segundo a rede social, a mudança vem por conta de demandas da comunidade, que se mostrou preocupada em perder o que seus amigos postam, em detrimento do conteúdo das páginas. “Nossa prioridade é manter você conectado com as pessoas, lugares e coisas que você quer se conectar — começando com as pessoas que são suas amigas no Facebook”, o que sempre foi o propósito inicial da rede social, segundo eles.

No ano passado, o Facebook já havia anunciado uma mudança no algoritmo para favorecer posts de amigos. Na época, a rede social defendia que era melhor para pessoas tanto com poucos amigos quanto com muitos contatos. O primeiro para continuar movimentando o feed de notícias mesmo sem tanta novidade, e o segundo pelo mesmo motivo da alteração de hoje. Aparentemente uma só atualização não foi suficiente.

O tamanho do impacto para as páginas é incerto porque depende da audiência de cada uma. Caso uma empresa tenha muitos posts compartilhados por seus amigos, ou faz sucesso em número de interações, o Facebook mostrará o conteúdo pois entende que as pessoas estão interessadas no que a página postou.

facebook-reactions

Em outro post sobre a alteração, o Facebook explicou quais são as prioridades da rede social na hora de construir o news feed, que são entreterinformar. Além disso, eles enfatizaram que o algoritmo se adapta ao longo do tempo. “Por exemplo, se você costuma curtir fotos da sua irmã, nós começaremos a colocar as publicações dela no topo de seu feed para que você não perca o que ela postou enquanto você esteve ausente”, segundo Adam Mosseri, gerente de produto do Facebook.

Apesar de estar tirando um pouco a atenção das páginas, a rede social enfatiza que os posts delas — assim como os de amigos — podem ser informativos (ou que se encaixa na categoria de entretenimento). Eles reconhecem que a definição de informativo, interessante ou divertido varia na perspectiva da pessoa. Aí que entram os algoritmos de aprendizagem de máquina e as novas reações, que devem ajudar o Facebook a entender o que a pessoa sentiu quando viu o post.

O motivo dessas alterações é bem simples: quanto mais conteúdo que as pessoas querem ver aparece no feed, mais tempo elas ficam conectadas e mais tempo elas passam usando o Facebook. Não é uma teoria de conspiração ou nada do tipo, o próprio Mosseri disse isso. De qualquer forma, o executivo ressalta que entregar conteúdo interessante, com base no resultado de algoritmos, também é bom para o usuário.