Início » Gadgets » Caderno que digitaliza suas anotações chega ao Brasil custando bem caro

Caderno que digitaliza suas anotações chega ao Brasil custando bem caro

A praticidade não é barata: o Smart Writing Kit, da Moleskine, não sai por menos de R$ 3 mil

Por
2 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Anotações digitais são legais. Mas nada supera papel e caneta para desenhos, diagramas e rabiscos. Como juntar os dois? A Moleskine, marca italiana de cadernos que quase ninguém pode pagar, criou uma solução igualmente cara. O Smart Writing Set, kit que envia suas anotações em tempo real para o celular, chega ao Brasil nesta quinta-feira (30) por R$ 3 mil (!). Nos Estados Unidos, o produto custa US$ 200.

Esse valor, no patamar de um smartphone premium, inclui o caderno, batizado de Paper Tablet, e a caneta, chamada de Pen+. O primeiro tem folhas com uma tecnologia especial, chamada de NCode e produzida pela NeoLAB Convergence, que permite que a caneta saiba exatamente onde está escrevendo para passar para o computador. A Pen+, por sua vez, tem uma câmera com sensor infravermelho para captar seus traços.

Com tecnologia Bluetooth, a Pen+ tem bateria que dura até cinco horas de uso contínuo, além de porta Micro USB na base para recarregar a bateria. Para ver as anotações digitalizadas em tempo real, o usuário precisará baixar o aplicativo Moleskine Notes para iOS ou o Neo Notes para Android. O caderno tem um botão para automaticamente transcrever suas anotações e colá-las no app de e-mail.

moleskine-principal

Apesar do preço salgado, os apps têm funções bem interessantes: usando uma tecnologia de reconhecimento de imagens, eles podem copiar o que você escreveu para um bloco de notas; ou usar um microfone embutido na caneta para gravar o som do ambiente enquanto você anota (muito útil para não perder informações enquanto anota o que o professor está dizendo na aula). As anotações podem ser compartilhadas em formato de imagem, PDF, texto ou SVG. Também dá para sincronizar com o Evernote.

moleskine-compartilhar

Caso você esteja longe do celular ou sem conexão, a caneta tem uma memória interna para gravar as anotações e depois enviar para o aplicativo e fazer a sincronização. É claro, há algumas falhas: se a sua caneta não estiver na posição certa ou ficar sem bateria, você vai perder as anotações. Observe abaixo como escrever corretamente:

moleskine-pen-plus moleskine-correto moleskine-errado

Nós já falamos aqui como escrever à mão pode ser melhor que o aprendizado que digitar. Vários estudos e testes conduzidos com grupos mostram que as pessoas que anotaram o conteúdo à mão absorveram melhor as informações de vários conteúdos que aqueles que usaram um laptop. O kit da Moleskine combina a praticidade de ter as anotações no computador com o “conforto” de escrever à mão. Mas ainda não é ideal para quem quer fazer anotações bem rápidas (talvez a função de gravação ajude nesse quesito).

Se você ficou interessado e tem (muito) dinheiro sobrando, o Smart Writing Set está disponível em pré-venda no site da Fnac por R$ 2.999, chegando apenas dia 31 de agosto. Como informa a Exame, o kit estará disponível em outras lojas a partir de agosto. Na caixa, além do kit, vem junto um carregador e uma ponta extra da caneta. Veja abaixo o produto em funcionamento:

Mais sobre: