Início » Celular » Alcatel Pop 4 traz bastante espaço por R$ 899

Alcatel Pop 4 traz bastante espaço por R$ 899

Paulo Higa Por

A Alcatel lançou nesta segunda-feira (25) o Pop 4, outro smartphone para concorrer na faixa dos aparelhos “não muito caros”, que traz opções como Quantum Müv, Galaxy J5 e LG K10. Por R$ 899, a Alcatel entrega tela de 5 polegadas com resolução de 1280x720 pixels, a última versão do Android e alguns mimos, como um flash LED na câmera para selfies.

A empresa destaca bastante a memória de 40 GB, que na verdade é uma combinação do armazenamento interno de 8 GB com microSD de 32 GB instalado de fábrica. No Android 6.0, as duas memórias podem ser unificadas para evitar que o usuário fique se preocupando em gerenciar o que vai para o smartphone ou para o cartão. É uma forma barata de aumentar o espaço — a Alcatel já havia feito algo semelhante no Pixi4, anunciado como tendo 24 GB (8 GB internos e 16 GB no microSD).

alcatel-pop-4

O hardware é bem simples: 1,5 GB de RAM, processador quad-core Snapdragon 210 de 1,1 GHz (os núcleos são Cortex-A7, os mesmos do velho Snapdragon 400) e bateria de 2.500 mAh. As câmeras têm resolução de 13 megapixels (traseira) e 8 megapixels (frontal). Na caixa, a Alcatel entrega uma película e três capinhas, sendo que duas possuem acabamento que imita madeira.

O modelo brasileiro tem suporte a dois chips de operadoras e conexão 4G. Ele já está disponível na loja da Alcatel. Com o desconto para pagamento à vista, o preço cai para R$ 809.

Um comentário sobre o mercado

A Alcatel é mais uma empresa chinesa que tenta conquistar um espaço no mercado brasileiro, junto com a ZTE (que trouxe recentemente uma nova linha de smartphones) e a Xiaomi (que morreu na praia), com a diferença de já ter alcançado um respeitável quarto lugar nas vendas, atrás de Samsung, Motorola e LG (e à frente de marcas famosas, como Apple, Asus e Sony).

A meu ver, a estratégia da Alcatel é “meio Samsung”: encher as lojas das operadoras e o varejo com inúmeras opções de aparelhos básicos e intermediários, o que ajuda a vender mais e aumentar o reconhecimento da marca. Inclusive, a Alcatel contratou recentemente funcionários de outras empresas para compor seu time de executivos no Brasil, como Roberto Soboll (ex-Samsung e Motorola), Fernando Pezzotti (ex-Sony, Samsung e Motorola), Andre Felippa (ex-Samsung) e Raphael Rocha (ex-LG e Samsung) — repare que existe uma empresa em comum entre eles.

E embora a Alcatel ainda não seja tão famosa quanto uma Samsung ou Motorola, ela tem lançado smartphones bem interessantes no Brasil — especialmente porque eles baixam muito de preço, como o OneTouch Idol 3, que ainda é uma boa opção pelos 700 reais que as lojas estão cobrando (no passado, houve promoções no varejo que derrubaram o valor para pouco mais de 500 reais, um custo-benefício quase imbatível).

Os chineses estão em segundo lugar em vendas na América Latina. Com as constantes quedas da LG, que já foi vice-líder no Brasil, será que teremos uma nova empresa no top 3? Eu acho que sim.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo Ditarso
Alcatel é francesa... O telefone é fabricado (pelo menos era) pela tcl que é chinesa... Mas nao sei se ainda usam a tcl ou ja wstao fabricando no Brasil.
Anderson Mansera
Eu sempre ignoro o preço de lançamento desses aparelhos. Em 2 meses já chegam no preço "justo". Ex.: o Pixi 4 de 6 polegadas, que foi rapidinho de R$ 899 para R$ 639 no varejo. O que mais me impressionou nos aparelhos da empresa que já testei foi a robustez da experiência.
Keaton
Eu estava usando um 4GB classe 4 (Sandisk, acho) pra tal fim... mas devido a carroça que ficou, troquei pra um Kingston 32gb classe 10.E ainda assim dá para notar os engasgos... tipo vários app levando 3-5x o tempo normal para abrir. O Moto E em questão é o X1514 com Android 6.
Franco Luiz
como eu disse em outro coments 1,5 de ram nao é ruim quem tem j3/j5 pode confirma aki pra vc , vai por mim eu mesmo seguro gta san andreas e mais outro jogo no meu j3 sem problema sem recarregar e apps comuns eu seguro ate 5 face/twitter/spotify/firefox/flipboard de boa
Franco Luiz
cara 1,5 de ram nem é ruim eu tenho um j3 e ele é otimo segura ate 2 jogos pesados sem recarregar ou ate 5 apps comuns entao dependendo da otimizaçao feita no sistema essa ram nao sera um problema , agora esse processador ai pqp e outra n sabemos a classe do sd provavelmente um 6 pq acho q eles n seriam loucos de vir com classe 4
Josias Pessanha
A ALCATEL PODE ATÉ PARECER BOA OPÇÃO PARA CONSUMIDORES MAS DEIXA MUITO A DESEIJAR PELA PESSIMA REPUTAÇÃO QUE TEM NA ASSISTENCIA TECNICA OS APARELHOS DELAS SUPERAQUECEM E PARAM DE FUNCIONAR AI QUANDO VOCE LEVA ATE A ASSITENCIA TECNICA ELES DIZEM QUE VOCE MOLHOU O APARELHO QUANDO NAO SE VE NEM MARCAS DE UMIDADE NAS FOTOS QUE ELES MANDAM. PESSIMA REPUTAÇÃO.
Matheus
Ele diz, você ignora.
Hudson Tan
E o IDOL 4S com óculos VR não será lançado aqui???? Tô no aguardo desse lançamento há meses!!!
Domingos Teruel
Pois é, e isso se percebe o efeito do marketing, por mais ruim que seja estão acertando nisso.
abraaocaldas
Pelo menos na última vez que testei ele não deixava, dizia que o SD card era lento demais para ser usado como interno...
Keaton
Então diga isso pro meu Moto E...
Keaton
Lenovo, né.
Luiz Henrique
Vibe K5 tem armazenamento interno lerdo também (e nem precisou de microSD pra isso)
Uberdam Andrade
Não vale o preço.
Matheus
Amigo, se for classe 4, só dá pra guardar mp3. É abismalmente lerdo para uso com memória integrada interna, o celular inteiro trava. E sendo assim, é totalmente desonesto. Não interessa se o usuário final não vai entender porquê, ele tem opções melhores e nós podemos ajudar potenciais compradores alertando dessa desvantagem - ter somente uns 700MB de espaço pro usuário, já que o marshmallow não tem menos de 7GB.
Henrique Ferreira Lima
Não creio que o público alvo se preocupe tanto com esse tipo de desempenho do celular. O máximo que pode acontecer é algum dono desse aparelho entregar pro sobrinho que entende de celular e perguntar porque ele está tão lerdo
Gertrudes, a Lhama
2016, Snapdragon 210, 1,5GB de RAM, 8GB internos por R$899... O triste é saber que muita gente vai deixar de comprar aparelhos mais baratos e bem melhores (Vibe K5, Redmi 2 Pro, Quantum GO/Müv) pra comprar isso.
Feripe Hatsune
Estou vendo um novo padrão de RAM nascendo, 1,5 GB. Olha, nem quero ver que microSD é esse que vem fornecido com o aparelho, aposto que é um classe 4, que segundo meus testes, deixou meu cel inutilizável com tamanha lentidão até para ligar. Boa sorte a nova estratégia (da Sammy) da Alcatel.
Feripe Hatsune
Fiz isso aqui também, foi a pior coisa que fiz, com muita paciência consegui voltar como era antes.
h1ghland3r
Deve ser um classe 4 fudido hehehe
Paulo Higa
Alcatel-Lucent é francesa. Alcatel é uma marca de smartphones da TCL, que é chinesa.
Matheus
Fiz o teste agora, inclusive.
Daniel
Alcatel chinesa???? Que eu saiba ainda é francesa!
Matheus
Permite sim. Fica muito lerdo, mas permite sim. Ele só avisa que vai ficar péssimo. (Uso um classe 4 no Style, mas só de zoeira já configurei como memória integrada, é infernal).
abraaocaldas
O Android não permite usar classe 4 como armazenamento interno.
Keaton
Deve ser 32GB classe 4 que está encalhado em algum estoque.... imagina só o desempenho... os classe 10 já são uma droga pra Android...
Matheus
Esse microSD nem deve ser dos bons, i.e., memória lerda e mais engasgos :(