Os processadores Snapdragon 615 (MSM8939), 616 (MSM8939v2) e 617 (MSM8952), da Qualcomm, são voltados para smartphones intermediários, normalmente com preços entre 1.000 e 2.000 reais. Por contarem apenas com os econômicos núcleos Cortex-A53, eles são significativamente inferiores aos Snapdragon 650 e 652, que equipam aparelhos mais caros.

qualcomm-snapdragon

Características e aparelhos

O Snapdragon 615 (MSM8939) tem CPU octa-core, com quatro núcleos Cortex-A53 de 1,7 GHz (alto desempenho) e quatro núcleos Cortex-A53 de 1,0 GHz (baixo consumo de energia). Alguns smartphones que possuem o Snapdragon 615 são: Sony Xperia M4 Aqua, Moto X Play, Asus Zenfone Selfie, Moto G Edição Turbo, Samsung Galaxy A7 e Xiaomi Mi 4i.

O Snapdragon 616 (MSM8939v2) tem CPU octa-core, com quatro núcleos Cortex-A53 de 1,7 GHz (alto desempenho) e quatro núcleos Cortex-A53 de 1,2 GHz (baixo consumo de energia). Alguns smartphones que possuem o Snapdragon 616 são: Lenovo Vibe K5, Xiaomi Redmi 2 e Asus Zenfone 2 Laser.

Ambos os chips são fabricados em processo de 28 nanômetros e contam com GPU Adreno 405, que suporta telas de até 2560×1600 pixels. Eles são capazes de capturar vídeos em 1080p . Outras tecnologias suportadas pelos Snapdragon 615 e 616 são:

  • Memórias LPDDR3 de até 800 MHz em single-channel;
  • Câmeras de até 21 megapixels;
  • Modem 4G LTE de categoria 4 (até 150 Mb/s de download e 50 Mb/s de upload);
  • Conectividade Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.0;
  • Carregamento rápido de bateria Quick Charge 2.0.

O Snapdragon 617 (MSM8952) tem CPU octa-core, com quatro núcleos Cortex-A53 de 1,5 GHz (alto desempenho) e quatro núcleos Cortex-A53 de 1,2 GHz (baixo consumo de energia). Alguns smartphones que possuem o Snapdragon 617 são: Lenovo Moto G4, Lenovo Moto G4 Plus e Alcatel Idol 4.

Ele possui pequenas diferenças em relação aos Snapdragon 615 e 616:

  • Memórias LPDDR3 de até 933 MHz em single-channel;
  • Câmeras de até 21 megapixels;
  • Modem 4G LTE de categoria 7 (até 300 Mb/s de download e 100 Mb/s de upload);
  • Conectividade Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.1;
  • Carregamento rápido de bateria Quick Charge 3.0.

Performance e concorrentes

Nos benchmarks, os Snapdragon 61x têm desempenho de CPU até 10% inferior ao Snapdragon 800, processador bastante utilizado em smartphones topo de linha de 2013. Eles são upgrades significativos em relação aos Snapdragon 410, que normalmente equipa smartphones intermediários mais baratos, inferiores a 1.000 reais, oferecendo mais que o dobro de desempenho bruto.

Os concorrentes diretos dos Snapdragon 615, 616 e 617 em desempenho são MediaTek MT6750, MT6753, Intel Atom Z3560 (utilizado no Asus Zenfone 2) e Apple A7 (utilizado no iPhone 5s, iPad Air e iPad mini 3).

Benchmarks

Os números do Geekbench 3, benchmark que mede o desempenho bruto da CPU, desconsiderando o sistema operacional, são:

  • Snapdragon 410: 472 single-core e 1.462 multi-core (Samsung Galaxy J5)
  • Intel Atom Z3560: 737 single-core e 2.226 multi-core (Asus Zenfone 2)
  • Snapdragon 616: 535 single-core e 2.315 multi-core (Lenovo Vibe K5)
  • Apple A7: 1.402 single-core e 2.480 multi-core (Apple iPhone 5s)
  • Snapdragon 615: 654 single-core e 2.589 multi-core (Samsung Galaxy A7)
  • MediaTek MT6753: 598 single-core e 2.770 multi-core (Lenovo Vibe A7010)
  • Snapdragon 617: 723 single-core e 3.053 multi-core (Motorola Moto G4)
  • Snapdragon 650: 1.382 single-core e 3.894 multi-core (Sony Xperia X)
  • Snapdragon 652: 1.461 single-core e 4.825 multi-core (Samsung Galaxy A9)
  • Snapdragon 810: 1.310 single-core e 4.886 multi-core (Motorola Moto X Force)

Quanto maior, melhor. Resultados ordenados por pontuação em multi-core.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Neo Neoo
E não é que o snap 800 veio de guerra do meu Z1 ainda dá um caldo???!!! por isso sou a favor de esperar o preço baixar um pouco e comprar um top de uma vez, que se vc nao for modinha vai durar uns 3 anos na sua mao.