Certa vez li um post, que ironizava uma série de coisas que todo blogueiro passa depois de um tempo de blog. Uma delas é que – a maioria um dia aprende na prática, que ainda não precisavam de um servidor dedicado.


A frase se referia a blogueiros que, depois de atingir o limite de planos de hospedagem mais simples, partiam direto para servidores parrudos, achando que precisariam mesmo de tudo aquilo.

Depois de um ou dois meses o cara sacava que a contratação daquele plano foi precipitada, e aí além do dinheiro desperdiçado, toca fazer toda a migração de novo.

Mas há algumas coisas que você pode fazer para deixar o seu blog mais leve, e adiar ainda mais o uso de servidores parrudos. É sabido que, quanto mais plugins você instala, mais código seu servidor vai processar antes de entregar cada página. Mas existe um plugin que serve exatamente para amenizar este processamento todo: o WP-Cache.

E para quem não o conhece, vai uma breve explicação de seu funcionamento abaixo.

Funcionamento básico do WP-Cache

Quando um leitor acessa um post, o servidor processa o PHP, e devolve apenas o HTML para ele. O WP-Cache entra no meio deste processo todo, pega uma cópia do HTML e salva em uma pasta dele. Assim, se aquela página for requisitada novamente em um certo período de tempo, o WP-Cache vai te manda o arquivo que ele já salvou pronto, mastigadinho.

Assim o servidor não tem que processar aquela página em cada carregamento, resultando em uma queda drástica no consumo de recursos, e aumento na velocidade de carregamento das páginas.

E qual o diferencial do WP Super Cache?

Para saber se aquela página que o leitor está acessando já está salva lá no servidor em HTML, o WP-Cache precisa fazer algumas requisições ao server. Desta forma, o servidor ainda precisará processar alguns scripts, mesmo que seja uma quantidade bem inferior de código.

O WP Super Cache é um plugin que utiliza todo o sistema de cacheamento do WP-Cache, mas trabalha diferente no último passo. Ele cria algumas regras no .htaccess indicando o diretório onde as páginas em HTML estão armazenadas, fazendo com que ele entre na mediação do usuário para com o servidor.

Give me numbers!

Eu uso o WP-Cache no TecnoBlog há anos. Migrei para o WP Super Cache sexta-feira, e me surpreendi bastante com os resultados.

Em geral, o processamento diminuiu 64%. Isso significa que -teoricamente- o número de acessos do TecnoBlog pode dobrar, que eu vou poder continuar no mesmo plano. Sem falar na velocidade de carregamento das páginas, que está muito mais rápida.

Concluindo…

Se você usa WordPress, fica a dica. Seu bolso e seus leitores agradecem. 😉

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mega Filmes4k
KaMiNa

O TecnoBlog não usa o WP Super Cache...

#TheMediaFire | WebMaster
O TecnoBlog não usa o WP Super Cache...
Marcelo
Oi amigo tenho uma dúvida, eu atualizo o site diariamente, qual número(segundos) devo colocar na parte de expiração do cache? e qual seria o melhor hórário para publicar os posts diariamente , de um jeito que apoveitasse o tempo de expiração do cache( menos gasto de CPU tendo que atualizar o cache novamente)? grato!
Fred
Fiz a instalação e me parece que está ok. Só essa mensagem que aparece como alerta no Directly Cached Files: "Warning! /home/meusite/public_html/ is writable. Please make it readonly after your page is generated as this is a security risk." É normal ou preciso fazer alguma alteração?
Douglas Costa
Amigo estou tentado em usar esse plugin, ainda mais após ler seu excelente artigo. Uma dúvida é necessário instalar algum outro plugin para limpar de tempos em tempos os caches gerados pelo WP Super Cache? Grato
thebuffalo
Estou usando. Mas dizem tantas coisas deste plugin que não da pra saber as verdades. Uns dizem que é só instalar e pronto, outros afirmam que precisa de uma série de configurações.. estou usando ele tmb agora no http://www.universorico.net e vou monitorar os resultados..
Paulo Henrique
Muito bom esse plugin. Parabéns pelo post! Abração. www.agenciadda.com.br/servicos
weber
Cara, ta tudo rodando 100%... Mas ainda não vo muita diferença, o uso de CPU caiu pouquissimo, nada consideravel, demorou pra você ver bons resultados no seu blog?
weber
Cara, problema de novo, o cached files fica sempre no 0, acho que não ta funcionando: Cached files All files 0 files aved in your cache directory (0 KB = 0 MB) Expired files 0 expired files aved in your cache directory (0 KB = 0 MB) buaaaaaaaaaaaaaaa que merda, que será isto?
weber
Cara, desisti do wp super cache, não funcionou, encontrei o blog do jânio e ele e alguns grandes bloqueiros não teve o correto funcionamento do wp super cache também, eles recomendaram o 1 blog cacher, e até explicaram porque o 1 blog cacher é melhor que o wp super cache, e realmente é muito bom e FUNCIONA de primeira! Abraços
Weber
Cara, realmente não está funcionando, não aprece aquele comentário do wp super cache que te falei, mas no manager está tudo ok, mas tem este lance que ta tudo 0: Cache Contents WP-Cache (0KB) * 0 Cached Pages * 0 Expired Pages WP-Super-Cache (0KB) * 0 Cached Pages * 0 Expired Pages List all cached files Tem alguma coisa a ver?
Weber
resolvi! Valeu!!
Weber
Cara, me da uma mão por favor no manager do wp super cache, no Mod Rewrite Rules, acusa isso: Mod Rewrite rules cannot be updated! You must have BEGIN and END markers in /var/www/vhosts/suamente.com.br/subdomains/site/httpdocs/.htaccess for the auto update to work. They look like this and surround the main WordPress mod_rewrite rules: # BEGIN WordPress RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d RewriteRule . /index.php [L] # END WordPress Refresh this page when you have updated your .htaccess file. Mas no .htaccess já tem isso, e instalei conforme o manual do plugin. O plugin não está funcionando, vejo isso porque no código fonte das páginas do meu site não aparece o comentário do wp super cache no final da pagina: **Peguei o comentário do wp s. cache do código fonte da sua pagina** Me ajuda por favor! abraços!
Eduardo
Recentemente meu blog saiu do ar por estar utilizando recursos do servidor em demasia, causando lentidão e indisponibilidade, recorri ao Google e encontrei esta dica valiosa. Agora estou utilizando o WP-Super Cache, espero que eu tenha feito tudo direitinho. Valeu a dica!
Exibir mais comentários