Início » Negócios » Surpresa: Intel vai fabricar processadores ARM para smartphones

Surpresa: Intel vai fabricar processadores ARM para smartphones

Por
3 anos atrás

Depois de perder o bonde dos smartphones e continuar insistindo na arquitetura x86, sem sucesso, a Intel anunciou na terça-feira (16) que fechou um acordo para produzir chips ARM em suas fábricas. Com a nova estratégia, a Intel vai fornecer processadores para outras empresas de hardware, passando a competir diretamente com nomes como Samsung e TSMC.

A ARM, empresa britânica que foi comprada recentemente pela SoftBank por US$ 32 bilhões, não fabrica chips. Em vez disso, ela licencia sua arquitetura para outras empresas, como a Qualcomm, que aproveita as especificações da ARM como base para os chips Snapdragon. Outros clientes da ARM incluem a Samsung, Apple, MediaTek, Nvidia, AMD (para servidores) e… Intel.

intel-processador-cpu-chip

Algumas empresas que licenciam a tecnologia ARM também fabricam seus próprios processadores, como a Samsung. Outras desenvolvem os chips, determinando as especificações e fechando parcerias com empresas de smartphones, mas não têm fábrica própria, caso da MediaTek.

Pelo acordo, a Intel pode fabricar chips ARM de 64 bits em suas linhas de produção. Um dos primeiros clientes será a LG, que vai utilizar chips com sua própria marca nos smartphones, mas fabricados pela Intel, de acordo com o Recode. A chinesa Spreadtrum, que não possui fábrica própria, também deve confiar seus chips à Intel. Os chips mais avançados terão fabricação em 10 nanômetros, o que deve trazer boas expectativas com relação à eficiência energética.

Mas a notícia reacendeu uma velha discussão. Faz tempo que existem rumores de que a Apple estava conversando com a Intel para produzir chips para iPhones e iPads, como aponta o The Verge. Só que os gadgets têm chips ARM, e a Intel só trabalhava com x86 até então. Agora, não existem mais empecilhos para as duas fecharem parceria — o que pode ser um duro golpe para Samsung e TSMC, que fabricam os chips desenvolvidos pela Apple. Com mais de 1 bilhão de iPhones vendidos, é desnecessário dizer que a Apple é um cliente bem interessante para qualquer um.

As vendas de computadores estão caindo, e os chips ARM podem ser o futuro da Intel: a arquitetura está presente em nada menos que 95% dos smartphones (!!) e 35% de todos os dispositivos eletrônicos (!!!), entre câmeras, roteadores, impressoras e qualquer outra coisa que você possa imaginar. Nada menos que 86 bilhões de chips ARM já foram produzidos no mundo.

Sempre dá para mudar de ideia, né?

Mais sobre: , ,