Navegador Opera com VPN

Cinco meses depois de ter sido anunciada, a VPN do Opera para desktops chegou à versão final do navegador. Até então, o serviço só estava disponível nas versões para desenvolvedores. A promessa foi mantida: o recurso é gratuito e ilimitado, como a própria Opera Software faz questão de destacar.

A VPN não vem ativada por padrão. Mas habilitá-la é fácil: abra o menu do Opera, clique em Configurações (ou Preferências) e, em Privacidade e segurança, marque a opção Habilitar VPN. Não é necessário fazer cadastro.

Navegador Opera com VPN

Para quem está por fora do assunto, uma VPN camufla o IP do seu computador usando o endereço de um servidor, fazendo a sua conexão parecer ser mantida de outro lugar. Como essa conexão é criptografada, a VPN protege seus dados de interceptações, recurso útil para quando você acessa uma rede Wi-Fi pública, por exemplo.

VPNs também podem ser usadas para outras finalidades, como acesso a serviços que só estão disponíveis em determinados países. Mas a segurança é mesmo o principal argumento da Opera: “se as pessoas soubessem como a internet realmente funciona, acredito que todo mundo usaria uma VPN”, afirma Krystian Kolondra, vice-presidente sênior do Opera para desktops. Todas as conexões são baseadas em criptografia AES de 256 bits.

No navegador, a VPN é fornecida pela SurfEasy, subsidiária da Opera. É possível escolher servidores de cinco locais: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Holanda e Singapura. Você pode fazer a seleção clicando no ícone de VPN ao lado da barra de endereços ou deixar o navegador fazer esse trabalho sozinho — ele usa critérios como velocidade e latência para definir o local.

Navegador Opera com VPN

E a privacidade? A Opera afirma que, como o serviço funciona sem login, informações sobre os hábitos de navegação do usuário não são coletadas. De fato, a política de privacidade da SurfEasy restringe esse tipo de atividade. A empresa explica que o seu interesse com o recurso está apenas em atrair mais usuários para o navegador.

Mesmo assim, é uma boa ideia tomar cuidado com eventuais alterações nos termos de uso do browser ou do serviço de VPN. Como já explicamos aqui, o app Opera VPN para iOS tem uma proposta semelhante, mas pode coletar e compartilhar dados gerados pelo usuário. Esse exemplo mostra que não dá para garantir que a sua privacidade será sempre mantida.

O Opera 40, a versão que incorpora a função de VPN, está disponível para Windows, OS X e Linux.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

NoobIsrael
Eu baixei a versão francesa do Dead Space na Origin, e agora só tem os idiomas francês e alemão kkk
Saullo Miguel
Vale a pena o uso.
NoobIsrael
Se o Opera tivesse um design melhor eu usaria, mas o já estou acostumado com o Chrome
Glauber Lima
Uma grande preocupação: A Opera foi comprada há alguns meses por uma empresa chinesa. https://www.engadget.com/2016/07/18/opera-browser-sold-to-a-chinese-consortium-for-600-million/
Tiago Faustino
@factoide:disqus aqui tmb!? Pensei q ele tinha contrato de exclusividade no Gizmodo.. Rs.
Marcogro
Confesso que fiquei com um pé atrás de voltar a usá-lo, pois o mesmo foi vendido para grupo chinês. Mas estou gostando da experiência... Não, não esse é o Vivaldi
Tiago Celestino
Se eu não me engano, parece que vai ser mantido por publicidade, não?
Eddy

Tinha dado uma nova chance ao Opera, mas desde o vazamento de senhas do mês passado, tive que voltar ao Chrome.

_KJ
Tinha dado uma nova chance ao Opera, mas desde o vazamento de senhas do mês passado, tive que voltar ao Chrome.
MRJ The 1 and only

Desde sempre. Melhor navegador nem lembro desde quando.

MalcriadoRJ
Desde sempre. Melhor navegador nem lembro desde quando.
Chicão ?????????
Está tendo A EXPERIÊNCIA?
MRJ The 1 and only

Atualizei e estou usando

MalcriadoRJ
Atualizei e estou usando
Panino, o Moço

7.5mb para carregar o Tecnoblog? Isso não é legal.

Exibir mais comentários