Início » Carro » Alemanha quer banir carros a gasolina e diesel até 2030

Alemanha quer banir carros a gasolina e diesel até 2030

Motores de combustão interna podem ser proibidos em toda a União Europeia

Paulo Higa Por

O Bundesrat, conselho federal alemão, votou pela proibição dos motores de combustão interna até 2030. A partir desse ano, todos os carros vendidos na Alemanha deveriam ter motores alimentados a eletricidade, hidrogênio ou outras fontes de energia limpa. Mas a medida pode não ficar restrita ao país: os legisladores querem levar a resolução para toda a União Europeia.

De acordo com a revista alemã Der Spiegel, o incentivo aos veículos elétricos é uma das medidas tomadas para reduzir as emissões de dióxido de carbono na Alemanha em 95% até 2050. Uma possibilidades para acelerar o fim dos carros movidos a gasolina e diesel é aumentar os impostos para os motores de combustão interna (que, olha só, foram inventados por Nikolaus Otto, um alemão).

combustivel-gasolina-diesel-carro-automovel

A resolução do Bundesrat, que representa os 16 estados alemães, não tem efeito legislativo: a medida precisa ser aprovada pela União Europeia para valer. No entanto, como lembra a Forbes, “as regulações alemães tradicionalmente têm moldado as regulações da União Europeia e da UNECE [Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa]”.

Metade dos carros que circulam na Europa são movidos a diesel, já que o combustível é mais barato e rende mais por quilômetro rodado (o Brasil é o único país do mundo onde o diesel é proibido para veículos de passeio). Desde o escândalo da Volkswagen, que implementou um software para distorcer resultados de testes de emissão de poluentes, as vendas de diesel caíram 5% na Alemanha e 12,9% nos Países Baixos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lauro A Castro Jr
no brejil temos o pré-sal, que vai nos garantir a nossa riquesa, desenvolvimento e todo o blá blá blá que os políticos adoram.
Engenheiro Web

Mais informações a respeito desse assunto em: https://engenheironaweb.com... Vale a pena ler!

Engenheiro Web

Mais informações a respeito desse assunto em: https://engenheironaweb.com...

Luiz Paulo Kenny
o BMW i3 possui um gerador de energia elétrica FLEX {GAsolina e Etanol}... vc pode colocar 90% de Etanol e 10% de gasolina .... e este gerador gera enegia de 380 volts.... o suficiente pra tocar o motor elétrico de 170 CV do BMW i3 .... de modo que o BMW i3 faz 48km por litro.... só isto já resolve o problema..... mas eles {por burruce} incluiram tambem baterias no carro pra ele ser um elétrico como os elétricos tradicionais... porem, só as baterias custam 180 mil reais dos 235 mil reais que o carro Custa.... ou seja.... sem as baterias o carro custaria 55 mil Reais... ou seja... custaria menos que um Gol 1.6 completinho de 86 CV ... e um GOL faz apenas 8 KM por litro da cidade e 11 KM/L na estrada.... contra 48 KM/L do BMW i3 .. fora o ASR, ESC, EBD, controle de tração e estabilidade, suspenção independente nas 4, freio a Disco nas 4 rodas... etc coisas boas que BMW tem... seria pedir muito que pessoas inteligente de outras Marcas {e inclusive a BMW tambem} façam logo o carro elétrico poder ser vendido barato só com gerador À combustivel e não mas com baterias? além disso baterias são mesmo demoradas de recarregar, elas não duram mais que 3 anos, e descarregam rapido, fazendo o carro eletrico ficar fraco... já o gerador não estraga facil, dura mais anos que um motor a combustão normal, e gera 100% do tempo energia maxima, dando assim ao motor do carro eletrico torque e força maxima o tempo todo, numa viagem longa isso é fundamental, fora que o uso do ETANOL continuaria.... ou seja... a industria do ETANOL se fortaleceria em vez de acabar... e a da gasolina e diesel diminuiria mas não de acabar.... ia diminuir em 90% em vendas.... dando assim a chance aos governos de estocar para a posteridade... para durante séculos ainda ter a certeza de que não vai acabar rapido.... isto sim seria uma boa...
Tiago Celestino
Em um país aonde o preço da gasolina é usado para controlar o consumo, aonde as industrias tem o poder, com certeza não daria certo, mas na Alemanha, acredito que mesmo com o prazo "apertado", farão avanços significativos.
Tiago Celestino
O governo está pensando em economizar tirando da educação e saúde, você acha que vai se importar com ciência e tecnologia? Infelizmente, vivemos em um país que é rico em cultura e de pessoas inteligentes, mas governado por pessoas mediócres.
Airton Tobaru
Muito boa a ideia da União Europeia, deixar a casa limpa e sujar os outros quintais, ou seja; continuar faturando produzindo automóveis poluentes nos países de terceiro mundo. Muito bem!
Fabio Montarroios
Fico surpreso com esse tipo de comentário... Me parece mais q ele parte te uma opinião pessoal ou uma opinião compartilhada por um grupo (algo totalmente legítimo nesse tipo de espaço de comentário) e q, de algum modo, passa a ser válido pra todas ocasiões. Não é assim, felizmente ou infelizmente...
Fabio Montarroios
Q interessante isso. Onde vc leu ou viu sobre isso?
Fabio Montarroios
Li em algum lugar q qdo o petróleo acabar, por ter sido todo queimado em veículos, teremos dificuldades em, por exemplo, produzir material utilizado em salas de cirurgia de modo corrente...
joserocha
Bons exemplos podem e devem ser copiados / adaptados. Aliás, não vejo o menor problema de fazer uma comparação entre algum país da Europa com o Brasil. Há países que possuem o mesmo clima tropical que o nosso e há países que possuem clima sub-polar e em todas, há ciclovias e bastante utilizadas. Ciclovias compartilhadas são utilizadas em diversos lugares do mundo, aliás o uso compartilhado entre ciclista e pedestre é algo incentivado. Mais, a "contrapartida" para o transporte público deve ser feita e isso independe de ciclovia. Se ambas, melhor.
Johnny Walker

Sinceramente acho um prazo muito apertado, o investimento terá de ser gigantesco em vários campos da ciência, principalmente em P&D nas diversas áreas relacionadas para o desenvolvimentos destes carros e não será pouco o que terá de ser investido.
Bem, se for levar em conta que o Brasil nem se quer tem uma ciência adequada e falta investimentos em P&D, isto demorará um século para chegar ao Brasil.
Nem investimentos em ciência, como na energia nuclear em colaboração com os europeus no projeto ITER o Brasil foi capaz, mas gastar bilhões em uma copa e olimpíadas que somente levaram o país ao buraco ninguém fala nada.
Uma tristeza ver que o país não investe em ciência e intercâmbio como os chineses, olhem eles agora como aparecem em quase toda pesquisa de ponta hoje em dia. O Brasil tem seus méritos em ciência também, mas é pouco perto da quantidade da população.

Johnny Walker Junior
Sinceramente acho um prazo muito apertado, o investimento terá de ser gigantesco em vários campos da ciência, principalmente em P&D nas diversas áreas relacionadas para o desenvolvimentos destes carros e não será pouco o que terá de ser investido. Bem, se for levar em conta que o Brasil nem se quer tem uma ciência adequada e falta investimentos em P&D, isto demorará um século para chegar ao Brasil. Nem investimentos em ciência, como na energia nuclear em colaboração com os europeus no projeto ITER o Brasil foi capaz, mas gastar bilhões em uma copa e olimpíadas que somente levaram o país ao buraco ninguém fala nada. Uma tristeza ver que o país não investe em ciência e intercâmbio como os chineses, olhem eles agora como aparecem em quase toda pesquisa de ponta hoje em dia. O Brasil tem seus méritos em ciência também, mas é pouco perto da quantidade da população.
Johnny Walker

Eu adoraria o silêncio, apesar que no Japão discutiram a respeito dos carros elétricos não terem ruídos e tem proposta de colocar tipo alto-falantes para imitar os sons dos carros, isto para evitar acidentes.

Johnny Walker Junior
Eu adoraria o silêncio, apesar que no Japão discutiram a respeito dos carros elétricos não terem ruídos e tem proposta de colocar tipo alto-falantes para imitar os sons dos carros, isto para evitar acidentes.
Exibir mais comentários