Início » Telecomunicações » AT&T anuncia compra da Time Warner (e o que os brasileiros têm a ver com isso)

AT&T anuncia compra da Time Warner (e o que os brasileiros têm a ver com isso)

O negócio de US$ 85,4 bilhões pode comprometer toda a operação da Sky no Brasil

Lucas Braga Por

Uma grande fusão está para acontecer nos Estados Unidos. A AT&T, operadora americana de telecomunicações que tem a maior receita do mundo, anunciou a compra da Time Warner, terceiro maior conglomerado do mundo do ramo de entretenimento para TV, por US$ 85,4 bilhões. Por sua vez, a AT&T recentemente comprou a DirecTV, que era a dona da Sky no Brasil. E tudo isso pode gerar uma confusão ainda maior.

Foto: Bill Bradford/Wikimedia Commons

O negócio pode comprometer toda a operação da Sky no Brasil. Isso porque a lei 12.485/2011 impede que uma controladora de telecomunicações também seja dona de uma produtora de conteúdo ou vice-versa, e vários canais pagos disponíveis no Brasil, como Warner Channel, Cartoon Network, Boomerang, HBO ou mesmo o Esporte Interativo fazem parte do conglomerado da Time Warner.

Com isso, restariam duas opções para a AT&T: se desfazer da operação da Sky ou se desfazer dos canais pagos da Time Warner no Brasil. E é bem provável que a Sky seja vendida mesmo, uma vez que a especulação da venda ocorre desde quando a AT&T anunciou a compra da DirecTV.

Atualmente, é difícil de pensar em qualquer tipo de fusão da Sky com outra empresa atuante no mercado de telecom brasileiro. Dados da Anatel de agosto apontam que o grupo Sky/AT&T tem 5,2 milhões de clientes, o que representa 28,16% do market share brasileiro.

A operadora que provavelmente teria mais interesse seria a Claro/NET, mas seria uma fusão que o Cade não permitiria: juntas, as operadoras somam 80,33% de todo o mercado de TV paga, o que geraria alta concentração de mercado. Como a Oi passa por recuperação judicial e está cheia de dívidas, restaria o grupo Telefônica, que atualmente possui apenas 9,32% desse mercado.

Também é necessário lembrar que o negócio entre AT&T e Time Warner não está 100% concretizado. Nos Estados Unidos, nem todo mundo está contente com a possível fusão. Donald Trump assumiu que impediria que a fusão acontecesse caso fosse eleito, enquanto os democratas de Hillary Clinton insinuam preocupações acerca do acordo. Se tudo der certo, quem vai comprar a Sky?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vagabond

E eles ainda querem comprar a Fox... como faz sentido isso?
Se nesse caso já está feita a treta...

Ed. Blake
WhiteLion

incompetente é você que vive na merda seu trouxa

Marcelo Nunes Costa
Interessante
Fernando Gedeon
eu tenho netflix,não é ele o responsável pelo sinal de internet.
Giovanni Lima
"a internet não tem capacidade de transmitir um sinal de qualidade" já ouviu far da Netflix?
Fernando Gedeon
a net e vivo são cabos, quando chove o sinal não cai. quanto a sky, só uma chuva muito forte pra cair.
Sad Eric
Pelo menos quando chove eu ainda posso usar a internet mas o sinal da Sky 8 de 10 vezes vai pra casa do caralho.
Jefferson Rodrigues
Kkkk
Fernando Gedeon
só se for na sua cabeça, a internet não tem capacidade de transmitir um sinal de qualidade como o sinal de tv nunca vai acabar. seu modinha.
Fernando Gedeon
o sinal de streaming, não tem a mesma eficiência e qualidade do sinal de tv.
Fernando Gedeon
só se for você que não assiste, não fale pelos outros.
Deilan Nunes

ninguem mais assite tv .. se os canais fosse exclysivos da sky as outras teriam um incentivo maior para investir ate em conteudo rxclusivo tbm

Deilan Nunes
ninguem mais assite tv .. se os canais fosse exclysivos da sky as outras teriam um incentivo maior para investir ate em conteudo rxclusivo tbm
Hemerson Silva

não deve ter é lei alguma

Exibir mais comentários