Início » Celular » Mi Mix é o smartphone quase sem bordas da Xiaomi

Mi Mix é o smartphone quase sem bordas da Xiaomi

Emerson Alecrim Por

Mi Mix

Para quem acha que os smartphones atuais são grandes demais, uma tela de 6,4 polegadas parece um desaforo, não? Esse é o tamanho da tela do Mi Mix, uma das novidades que a Xiaomi anunciou nesta terça-feira (25). Mas não pense que o modelo é gigantesco. Ele é grande, mas dentro de patamares aceitáveis. O truque está no aproveitamento de espaço: o display do Mi Mix ocupa 91,3% da área frontal, ou seja, a tela quase não tem bordas.

As bordas das laterais são muito finas e a área que normalmente fica acima da tela foi totalmente ocupada pelo display. Essas características exigiram algumas mudanças um tanto inusitadas. A câmera frontal, por exemplo, foi parar na parte inferior, a única área livre ali na frente.

A tela tem resolução de 2040x1080 pixels

A tela tem resolução de 2040×1080 pixels

O desenho do Mi Mix foi elaborado por Philippe Starck, renomado designer francês, que apostou em traseira e botões de cerâmica. Outra mudança notável é o sensor de proximidade, que agora funciona a partir de um mecanismo de ultrassom.

Também chama atenção a substituição da tradicional saída de áudio por um alto-falante piezoelétrico, que aproveita a estrutura de metal do aparelho para gerar som.

Mi Mix - áudio

Por dentro, o Mi Mix também faz bonito. O modelo conta com processador Snapdragon 821, GPU Adreno 530, 4 GB de RAM, 128 GB de espaço interno para armazenamento de dados (não expansíveis com microSD), câmera traseira de 16 megapixels com LED duplo, câmera frontal de 5 megapixels, bateria de 4.400 mAh (com recarga rápida), leitor de impressões digitais, NFC e porta USB-C. As fotos não mostram, mas a conexão para fones de ouvido está lá, o próprio Hugo Barra fez questão de dizer.

As dimensões são de 158,8 x 81,9 x 7,9 mm; o peso, de 209 gramas

As dimensões são de 158,8 x 81,9 x 7,9 mm; o peso, de 209 gramas

Há ainda uma versão do Mi Mix chamada 18K que vem com 6 GB de RAM e 256 GB de memória interna. O nome é uma referência ao revestimento de ouro que circula a câmera e o leitor de impressões digitais na traseira.

As vendas do Mi Mix devem começar em 4 de novembro, na China, com preço equivalente a R$ 1,6 mil para a versão com 4 GB de RAM e R$ 1,8 mil para a versão 18K. Não há informação de disponibilidade em outras partes do mundo (isso vale para o Brasil, obviamente).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Flavio Toledo

Muitas vezes e lançado primeiro por outro fabricante porem nao e bem implementado mais importante nao e quem faz primeiro e sim quem faz direito a ponto da concorrencia preocupar levar para os propios produtos.

Flavio Toledo
Muitas vezes e lançado primeiro por outro fabricante porem nao e bem implementado mais importante nao e quem faz primeiro e sim quem faz direito a ponto da concorrencia preocupar levar para os propios produtos.
Indisposed

Que doente.

Indisposed
Que doente.
Marcos Drawer

Deixe ver... equivalente a 1,6K, + tributos, IPI, ICMS, CSLL, IPTU, IPVA, CPMF, PQP, VSF + custo BR x taxa de importação = 6,5k ou melhor, 6.499,00 à vista.

Marcos Drawer
Deixe ver... equivalente a 1,6K, + tributos, IPI, ICMS, CSLL, IPTU, IPVA, CPMF, PQP, VSF + custo BR x taxa de importação = 6,5k ou melhor, 6.499,00 à vista.
Rodrigo Cerqueira

Achei com bastante borda, para um aparelho dito borderless...

Rodrigo Cerqueira
Achei com bastante borda, para um aparelho dito borderless...
Birovisky

Caraca maninho, chapei kkkkkkk aproveitando lê oq falei sobre: http://rezenhando.wordpress...

Tiago Síria Lisboa

Como faz pra importar?

Tiago Síria Lisboa
Como faz pra importar?
henriquecd

Tem a mesma espessura do Galaxy S7, 7,9 mm e a mesma altura do iPhone 7 plus, 158 mm

henriquecd
Tem a mesma espessura do Galaxy S7, 7,9 mm e a mesma altura do iPhone 7 plus, 158 mm
Pio ♙

É;não tem essa coisa de "ganhar da Apple";sería se fosse feito pela Samsung,kkk.A Xiaomi fez pq teve a capacidade,o q não é o caso da Apple q nem mesmo sequer ainda conseguiu se livrar de vez do seu botão "home",por mais q ela queira.(Também não entendo pq quer tanto isso,se o botão é uma marca registrada do iPhone,o deixando tão bonito e único)

Pio ?
É;não tem essa coisa de "ganhar da Apple";sería se fosse feito pela Samsung,kkk.A Xiaomi fez pq teve a capacidade,o q não é o caso da Apple q nem mesmo sequer ainda conseguiu se livrar de vez do seu botão "home",por mais q ela queira.(Também não entendo pq quer tanto isso,se o botão é uma marca registrada do iPhone,o deixando tão bonito e único)
Exibir mais comentários