Início » Aplicativos e Software » O Spotify estava tentando matar o SSD do seu computador há meses

O Spotify estava tentando matar o SSD do seu computador há meses

Spotify para Windows, macOS e Linux gravou terabytes de informações desnecessárias em SSDs

Paulo Higa Por

As memórias flash têm vida limitada; elas aguentam um determinado número de ciclos de escrita antes de não conseguirem mais gravar dados. Em regra, você não precisa se preocupar com isso: é quase certo que você já tenha trocado seu computador muito antes do SSD morrer. Exceto se você é uma das milhões de pessoas que costuma ouvir músicas pelo Spotify no desktop.

Uma falha no Spotify estava fazendo os aplicativos para Windows, macOS e Linux gravarem quantidades absurdas de dados sem necessidade. Usuários mais atentos começaram a reclamar ao Spotify em junho, e o Ars Technica conseguiu reproduzir o bug com sucesso: o aplicativo gravava entre 5 e 10 GB de dados em menos de uma hora, chegando a 700 GB (!) quando deixado em plano de fundo por mais de um dia.

O pior é que a falha acontecia mesmo se o aplicativo estivesse completamente ocioso, e mesmo se você não armazena nenhuma música offline. Ou seja, é muito provável que o Spotify tenha gravado terabytes de informações inúteis no seu SSD, reduzindo drasticamente a vida útil do drive — é difícil saber quantos anos de vida foram tirados, ou quantos SSDs já morreram por culpa do Spotify.

spotify

Aparentemente, o bug estava relacionado a um arquivo chamado mercury.db, que era reescrito pelo Spotify a cada cinco minutos. Se você reinstalasse o aplicativo do Spotify, o banco de dados era limpo e o problema era amenizado. No entanto, à medida que você ouvisse mais músicas e o banco de dados fosse crescendo, a quantidade de bytes gravados subia.

Um usuário do Hacker News relata que o Spotify para macOS gravou 168 GB no mesmo período em que o Chrome gravou 51 GB. Outro diz que o aplicativo gravou 44 GB, mesmo gastando apenas 176 MB de tráfego de internet após ouvir “10 ou 20 músicas”. E outro confirma a fome do Spotify quando ocioso: “Abri o Spotify e fechei a janela. Nada tocando, nenhuma interação de usuário, nenhuma interface para exibir. 25 minutos depois, o Monitor de Atividade mostra que foi escrito 1,05 GB no disco”.

Quem possui apenas HD não precisa se preocupar com o bug do Spotify, já que a vida útil dos discos rígidos não é tão influenciada pela quantidade de escrita como no SSD. E quem ouvia músicas no computador apenas pelo player web do Spotify não foi afetado pelo bug. Ainda assim, é um problema sério para um serviço que é utilizado por mais de 100 milhões de pessoas.

Em nota, o Spotify se limitou a dizer que a falha foi consertada na versão 1.0.42, que está sendo distribuída automaticamente para todos os usuários. ¯_(ツ)_/¯

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Pereira Faroni
Até ontem eu estava usando o Spotify da web. Aí fui instalar o app na minha máquina (IMac). E hoje a máquina nao liga. Vendo essas discussões aqui, tenho quase certeza que foi conflito do Spotify com o SSD.
Anderson C. Sandes
Quando abro minha conta no navegador, aparece isso: Opa, algo deu errado. O que será? https://uploads.disquscdn.com/images/8b4561d52a56a073ae02946976f742fed52bc6bf017dafed1b58c52eb670cccc.png
Daniel Alencar

Pois é, olha que coisa... agora pesquisando de novo sobre esse problema achei vários sites estão sugerindo desligar o Superfetch, porém em vários notebooks aqui eu desliguei e não mudou nada. Desliguei o indexador do sistema tb e alguns outros serviços inúteis, programas na inicialização mas nada resolve. HDD é passado agora, ~100 IOPS contra +80k dos SSDs não da não 😂 esse é o problema do Windows 10 em HDD. Certeza!

Daniel Alencar
Pois é, olha que coisa... agora pesquisando de novo sobre esse problema achei vários sites estão sugerindo desligar o Superfetch, porém em vários notebooks aqui eu desliguei e não mudou nada. Desliguei o indexador do sistema tb e alguns outros serviços inúteis, programas na inicialização mas nada resolve. HDD é passado agora, ~100 IOPS contra +80k dos SSDs não da não ? esse é o problema do Windows 10 em HDD. Certeza!
Daniel Ribeiro

"Em nota, o Spotify se limitou a dizer que a falha foi consertada na versão 1.0.42, que está sendo distribuída automaticamente para todos os usuários. ¯\_(ツ)_/¯"

Bom, repor os SSDs de todo mundo eles obviamente não vão fazer... Dar um mês de Spotify grátis pra todo mundo também não podem, pois mal conseguem fechar as contas no mês.

O máximo que podem fazer é pedir desculpas vazias... O que sinceramente não difere nada de uma nota vazia dizendo que o problema foi corrigido.

Daniel Ribeiro
"Em nota, o Spotify se limitou a dizer que a falha foi consertada na versão 1.0.42, que está sendo distribuída automaticamente para todos os usuários. ¯_(?)_/¯" Bom, repor os SSDs de todo mundo eles obviamente não vão fazer... Dar um mês de Spotify grátis pra todo mundo também não podem, pois mal conseguem fechar as contas no mês. O máximo que podem fazer é pedir desculpas vazias... O que sinceramente não difere nada de uma nota vazia dizendo que o problema foi corrigido.
Ronaldo
Buenas, depois do TimBeta 10gb, só uso o Deezer. Não estou achando tão bom quanto o Spotify, mas de graça e sem descontar da franquia, mesmo usando a rede celular.
Laerte Victor

to ligado, mas eu nem tinha instalado no meu pc de casa

Laerte Victor
to ligado, mas eu nem tinha instalado no meu pc de casa
LekyChan

mas isso não era a internet, é que o programa ficava regravando o banco de dados eternamente

LekyChan
mas isso não era a internet, é que o programa ficava regravando o banco de dados eternamente
Alan Cesar

Spotify > Sobre o Spotify

Alan Cesar
Spotify > Sobre o Spotify
João Malaquias
'Fora' é pretérito mais-que-perfeito, que se refere ao passado do passado.
Tori

"distribuição feita nas coxas" diga isso para o ubuntu que usa versões antigas do GNOME para não quebrar o unity em si.

Exibir mais comentários