Início » Celular » O Uber escondeu o preço dinâmico. Como saber se você está pagando caro demais?

O Uber escondeu o preço dinâmico. Como saber se você está pagando caro demais?

Atualização do Uber adota sistema de tarifa fixa e esconde o multiplicador de tarifa dinâmica

Por
2 anos e meio atrás

O Uber sobe o preço das corridas automaticamente quando a demanda por motoristas estiver alta. Quem estiver disposto a pagar mais, consegue um veículo na hora; quem não estiver, espera o preço baixar. A tarifa dinâmica era bem sinalizada no aplicativo, mas isso mudou nas últimas atualizações, quando o Uber passou a adotar um sistema de tarifa fixa e escondeu o multiplicador na interface.

uber-dinheiro-abre

Mas, pelo menos por enquanto, um aplicativo que você muito provavelmente já tem instalado no smartphone não foi afetado pela mudança: o Google Maps. Ele continua mostrando exatamente qual é a tarifa dinâmica em vigor e compara o preço do Uber com os concorrentes, para descobrir se você não está pagando caro demais.

Basta abrir o Google Maps, digitar o destino e obter rotas de transporte individual. Ele mostrará uma estimativa do preço da corrida e o multiplicador de tarifa dinâmica, se estiver em vigor. Você pode comparar diversas modalidades (há momentos em que o econômico uberX fica mais caro que o UberBlack) e com o concorrente 99, inclusive com o 99POP, que utiliza carros particulares para transporte de passageiros:

Foto: Lucas Braga/Tecnoblog

Foto: Lucas Braga/Tecnoblog

A mudança recente do Uber tem dois lados. O sistema de tarifa fixa permite que você saiba exatamente quanto vai pagar ao digitar seu destino — o preço não será afetado se o motorista pegar um caminho mais longo ou enfrentar um congestionamento inesperado, por exemplo. Isso já era adotado no UberPool: não importa quantos desvios o motorista fizer, você paga o que foi combinado.

No entanto, ao esconder o multiplicador, fica mais difícil saber quando você está pagando caro demais por uma corrida: agora, há apenas uma mensagem discreta avisando que “as tarifas estão mais altas devido à demanda”. Isso é bom para o Uber, já que nosso cérebro tende a aceitar melhor um preço fixo, mesmo que mais alto, mas é ruim para quem gostava da transparência do sistema antigo.

Como os principais concorrentes do Uber, incluindo o táxi, não adotam o sistema de preço dinâmico, eles podem ser mais vantajosos em situações de alta demanda. Além disso, em determinadas cidades, como São Paulo, os aplicativos de táxi estão oferecendo corridas com até 30% de desconto para conter a fuga de usuários para o Uber. Vale conferir.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.