Início » Antivírus e Segurança » AdultFriendFinder sofre ataque e mais de 400 milhões de contas caem na rede

AdultFriendFinder sofre ataque e mais de 400 milhões de contas caem na rede

Por
3 anos atrás

Chegou mais gente para a lista dos maiores vazamentos do ano: a rede da companhia Friend Finder Network, que controla alguns dos maiores sites de relacionamento e entretenimento adulto do mundo, como AdultFriendFinder e Cams.com, sofreu um ataque que vazou mais de 412 milhões de contas.

Segundo o LeakedSource, que obteve acesso exclusivo aos dados, os hackers obtiveram informações básicas como nomes de usuário e e-mails, informações mais detalhadas, como o último endereço IP utilizado para login e se o usuário era um assinante VIP, além de informações de navegação. No caso das senhas, o dano foi ainda pior: o LeakedSource afirmou ter conseguido decifrar 99% das senhas, sendo que muitas delas sequer utilizavam algum tipo de criptografia.

ataque-hacker-adultfriendfinder

Porém, ao contrário do que ocorreu com o Ashley Madison, aquela outra rede social para adultos, desta vez os dados expostos não contém muitas informações sigilosas ou mais sensíveis (como preferências sexuais), o que tornou o outro vazamento, apesar de menor (“apenas” 32 milhões de contas expostas), muito mais perigoso.

O maior afetado pelo vazamento, com aproximadamente 339 milhões de contas expostas, foi o site AdultFriendFinder, que se classifica como “a maior comunidade para sexo e swinger do mundo”. Já o Cams.com, segundo site mais afetado pelo ataque, teve 62 milhões de contas vazadas.

O ataque ocorreu em outubro, na mesma época em que um pesquisador de segurança conhecido como “Revolver” descobriu uma falha que permitia a execução de código malicioso nos servidores do AdultFriendFinder. No entanto, o pesquisador negou envolvimento com o ataque, e ainda não se sabe quem foi o responsável pelo vazamento.

Ashley Madison

Ashley Madison é outro site de “entretenimento adulto” que teve dados vazados por hackers

Outro dado que chamou a atenção dos especialistas foram as mais de 15 milhões de contas marcadas como “apagadas”. Ou seja: usuários que aparentemente solicitaram a exclusão de suas informações, mas que não tiveram seus dados realmente removidos do banco de dados da empresa. Outras 7 milhões de contas fazem parte do site Penthouse.com, que já não é mais controlado pela Friend Finder Network.

Contatada por Wired e ZDNet, a companhia não quis dar muitos detalhes sobre o ocorrido, limitando-se a afirmar que tinha conhecimento das vulnerabilidades, e que já havia tomado as medidas necessárias para corrigi-las. Este foi o segundo vazamento de dados do site AdultFriendFinder: em maio de 2015, cerca de 3,5 milhões de contas foram expostas em outro ataque.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.