Início » Aplicativos e Software » Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Avatar Por

microsoft-linux

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (16), durante o evento para desenvolvedores Connect, que fará parte da Linux Foundation, organização sem fins lucrativos que atua com o intuito de padronizar e ajudar o Linux a crescer.

A empresa anunciou que será um membro Platinum. Como tal, doará à organização US$ 500 mil anualmente. Essa é a categoria mais alta da fundação. Ao fazer parte dela, a Microsoft se junta a companhias como HP, Intel, IBM e Oracle.

“Como uma empresa de plataforma em nuvem, nosso objetivo é ajudar os desenvolvedores a conseguirem mais usando as plataformas e linguagens que conhecem. A Linux Foundation é o lar não só do Linux, mas também de muitos dos projetos de código aberto mais inovadores da comunidade. Estamos entusiasmados por nos juntarmos à fundação e nos associarmos com a comunidade para ajudar os desenvolvedores a aproveitarem a mudança para experiências inteligentes em nuvem e mobile “, disse Scott Guthrie, líder da divisão de cloud computing e mercado corporativo da Microsoft.

O anúncio, apesar de parecer surpreendente, não é. Nos últimos anos, a Microsoft vem investindo pesado tanto no Linux quanto no universo do código aberto como um todo, chegando a lançar o .Net Core, o Visual Studio Code e o PowerShell para Linux e macOS, além de disponibilizar código fonte no GitHub numa das licenças mais abertas e permissivas do mundo open source: a MIT. A companhia tem até mesmo uma distribuição Linux voltada a servidores.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

pAz+OU-

A M$ está prevendo o futuro em cima do presente. A maioria dos usuários de Ruindows é pirata e ela não ganha nada com isso, acredito eu. Sendo assim, vai usar o Linux para acessar os seus produtos nas Nuvens, claro cobrando por isso e garantindo o futuro, enquanto a comunidade Linux desenvolve e concorre com as diversas distros que existem e que existiram. Claro, penso eu assim, talvez seja isso ou não... hahahahahahahahahaha

Demir
PESSOAL ,BOA TARDE ,PODE TER CERTEZA NADA NESSA VIDA SAI DE GRAÇA ALGUMA COISA A MICROSOFT TEM POR TRÁS DISSO O TIPO DE RETORNO QUE VAI QUERER EU NÃO SEI MAIS ISSO ESTÁ ME CHEIRANDO ''DOMÍNIO''.CONTUDO VAMOS AGUARDAR PRA VER.
Feliphe Queiróz

Incrível esse apoio a fundação, espero que aumente cada vez mais, não seriamos nada sem o Linux.

Feliphe Queiróz
Incrível esse apoio a fundação, espero que aumente cada vez mais, não seriamos nada sem o Linux.
rbsouto

Acho que eles vão investir cada vez mais no Office 365 e rodar num browser. Aí tanto faz se é distro A, B ou C, nativo ou não.

rbsouto
Acho que eles vão investir cada vez mais no Office 365 e rodar num browser. Aí tanto faz se é distro A, B ou C, nativo ou não.
Thiago dos Santos Nunes

Velhino, você se confundiu. Não é uma distro. Veja o FAQ do esquema e se possível corrija a notícia.

Thiago dos Santos Nunes
Velhino, você se confundiu. Não é uma distro. Veja o FAQ do esquema e se possível corrija a notícia.
Thiago dos Santos Nunes

Vitor, a Microsoft NÃO TEM UMA DISTRO voltada para servidores.

É falso. O que ela tem é um switch que roda em cima de Debian. Veja o faq do ACS.

Thiago dos Santos Nunes
Vitor, a Microsoft NÃO TEM UMA DISTRO voltada para servidores. É falso. O que ela tem é um switch que roda em cima de Debian. Veja o faq do ACS.
Lucho

Mas a MS nunca foi contra o Linux ou o software livre.

Já uma empresa que odeia visceralmente o software livre é a Oracle.

Lucho
Mas a MS nunca foi contra o Linux ou o software livre. Já uma empresa que odeia visceralmente o software livre é a Oracle.
Lucho

Os filhotinhos de Stallman devem estar se cortando com Gillette até agora.

Lucho
Os filhotinhos de Stallman devem estar se cortando com Gillette até agora.
Alexandre Saccol

Faltou mencionar entre as investidas da Microsoft no mundo de Linux o próprio subsistema Ubuntu, que eles disponibilizaram no Anniversary Update do Windows 10.

Exibir mais comentários