Início » Software » Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Por
18 semanas atrás
A nova extensão do Tecnoblog está pronta.Baixe Agora!

microsoft-linux

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (16), durante o evento para desenvolvedores Connect, que fará parte da Linux Foundation, organização sem fins lucrativos que atua com o intuito de padronizar e ajudar o Linux a crescer.

A empresa anunciou que será um membro Platinum. Como tal, doará à organização US$ 500 mil anualmente. Essa é a categoria mais alta da fundação. Ao fazer parte dela, a Microsoft se junta a companhias como HP, Intel, IBM e Oracle.

“Como uma empresa de plataforma em nuvem, nosso objetivo é ajudar os desenvolvedores a conseguirem mais usando as plataformas e linguagens que conhecem. A Linux Foundation é o lar não só do Linux, mas também de muitos dos projetos de código aberto mais inovadores da comunidade. Estamos entusiasmados por nos juntarmos à fundação e nos associarmos com a comunidade para ajudar os desenvolvedores a aproveitarem a mudança para experiências inteligentes em nuvem e mobile “, disse Scott Guthrie, líder da divisão de cloud computing e mercado corporativo da Microsoft.

O anúncio, apesar de parecer surpreendente, não é. Nos últimos anos, a Microsoft vem investindo pesado tanto no Linux quanto no universo do código aberto como um todo, chegando a lançar o .Net Core, o Visual Studio Code e o PowerShell para Linux e macOS, além de disponibilizar código fonte no GitHub numa das licenças mais abertas e permissivas do mundo open source: a MIT. A companhia tem até mesmo uma distribuição Linux voltada a servidores.

  • Péricles Cipriano

    Oloco

  • Velho, quando você acha que o Nadella já fez de tudo pra melhorar a Microsoft, ele reaparece e faz mais!

  • Weuller Faria

    Quem viu a Microsofot do fim dos anos 90 e vê essa de hoje, não acredita nem estar na mesma realidade.

    • Marcelo Almeida

      Culpa do Berry

    • Leonardo Caldas

      E como dá pra dizer mais ou menos o mesmo da Apple, é como se ambas estivessem seguindo caminhos opostos.

  • Leandro Santos

    não cara, não faz isso não!!

  • Quem diria que estaria vivo para ver a MS se unindo ao mundo do Linux. Só falta algumas empresas/desenvolvedores que trabalham só no Windows/Mac abraçarem a ideia também.

    • Mas a MS nunca foi contra o Linux ou o software livre.

      Já uma empresa que odeia visceralmente o software livre é a Oracle.

  • Nem imaginava que ia viver pra ver uma notícia como esta. O mundo realmente dá voltas.

  • M1209

    só falta trazer o Visual Studio Completo pro Linux, e não só o Code que é uma versão bem limitada

    • Alex Oliveira

      Já aconteceu pra mac os, acho que linux é o próximo

  • Diogo Nóbrega

    Nesse momento, Stallman se revira em seu tú… quero dizer, em sua caverna…

    • Luiz Claudio Eudes Corrêa

      Steve Ballmer será encontrado morto em sua residência após um enfarto fulminante, depois dessa! 😝

      • E Bill Gates dirá que é só mais umas de suas obras filantrópicas.

    • Os filhotinhos de Stallman devem estar se cortando com Gillette até agora.

  • Renato Dantas

    Que distribuição própria da MS é essa que usam nos servidores?

  • Rogério Santos

    Microsoft Office nativo? Nunca! Duvido.

    • Não duvide. A empresa está se voltando para a área de serviços e flexibilizando as assinaturas de suas soluções… Não deve ser uma prioridade por conta do market share do Linux no geral, mas eu arriscaria a dizer que já devem estar se preparando para isso… 😉

      Veja que na área mobile ela já cedeu aos players dominantes… (Google e Apple) Tudo bem que no desktop ocorre o inverso (ela domina o mercado pessoal), mas esta mudança na área móvel fez a empresa se reinventar e uma mudança como essa tende a ampliar os horizontes… A notícia recente do Visual Studio para macOS é uma boa indicação de como as coisas começaram a mudar. 😉

      • Luiz Claudio Eudes Corrêa

        Pega a versão pra Android e faz uma adaptação pra rodar no Linux.

      • Otávio C A Serra

        Cara a MS está indo para mensalidades mais em conta para o Office. Inclusive no Windows 10 tem um widget no menu iniciar que faz a oferta dele. A ideia das grandes de software da velha indústria é baratear as licenças e cobrar por mês e não mais uma licença cara para usar para sempre. A Adobe na sua Master Collection está indo para o mesmo caminho.

    • Matheus

      Duvido também. Essa aí é outra Microsoft. A Microsoft que abraça o Linux (há muito tempo, aliás) é a de ferramentas de desenvolvimento.

    • Alberto Prado

      Se as estações se integrarem perfeitamente a um AD já vai ser a coisa mais linda do mundo. Mas sinceramente isso é sonhar de mais. É mais fácil a MS vira um empresa de serviços pura e acabar com windows e office (software) e coloca-los na nuvem, do que isso acontecer.

    • Souza

      Basta a MS dar uma ajudinha no projeto open source Libre Office para que seja mais compatível.

      Pra ser sincero nem é tão relevante MSOffice para Linux Desktop por causa do baixo Marketshare.

      E tem o MS Office online que faz um bom trabalho para a maioria dos usuários.

    • Eduardo Spaki

      só lembrando que vc já consegue usar muita coisa pela web mesmo

    • rbsouto

      Acho que eles vão investir cada vez mais no Office 365 e rodar num browser. Aí tanto faz se é distro A, B ou C, nativo ou não.

  • Wellington Gabriel de Borba

    Microsoft cada vez mais uma empresa de serviços em nuvem ao invés de software.

  • Anakin

    Jurava que o Google e a Mozilla também faziam parte do Platinum

  • Vinícius Souza

    Por que isso é tão bom? N sei porquê.

  • Pio ♙

    É estranho,maaass….eu já sabia😉,kkk

  • tuneman

    Pff. Achei que já fosse.

  • Quem sabe desvendamos o FATAL ERROR (ou ao menos tenhamos o código aberto da tela azul…)

  • eliseu lopes

    A Microsoft já havia se aventurado no mundo Unix com o Xenix, nos anos 80.

  • Catena’s Beauty Atelier

    As coisas mudam pra melhor. Nunca deixem de acreditar.

  • Souza

    E pensar que tem uns evangelistas da MS que até o ano passado odiavam o Linux ou que elogiasse esse sistema.
    Será que vai continuar odiando?

  • dvieira

    Steve Ballmer se empolando todo em 3, 2, 1 …..

  • Não se enganem, ela quer o Linux se dane e o mercado de SL junto. O fato é que ela, através de guerra de patentes e muito FUD, se garantiu no mercado corporativo e desktops domésticos entre os anos 90 e o início deste século, mas perdeu feio a corrida nas plataformas móveis e internet. Justamente um mercado onde ela não conseguiu barrar o Linux. Agora se alia ao “inimigo” (Linux e comunidades de SL) pra tentar assimilá-lo e ou convertê-lo. Torço pra estar enganado, mas não acredito em boas intenções, quando se fala em Microsoft. Se ela tivesse conseguido alcançar um bom pedaço desse mercado, o estaria fechando com padrões proprietários e rosnando pra todo mundo.

  • Alexandre Saccol

    Faltou mencionar entre as investidas da Microsoft no mundo de Linux o próprio subsistema Ubuntu, que eles disponibilizaram no Anniversary Update do Windows 10.

  • Thiago dos Santos Nunes

    Vitor, a Microsoft NÃO TEM UMA DISTRO voltada para servidores.

    É falso. O que ela tem é um switch que roda em cima de Debian. Veja o faq do ACS.

  • Incrível esse apoio a fundação, espero que aumente cada vez mais, não seriamos nada sem o Linux.

  • Demir

    PESSOAL ,BOA TARDE ,PODE TER CERTEZA NADA NESSA VIDA SAI DE GRAÇA ALGUMA COISA A MICROSOFT TEM POR TRÁS DISSO O TIPO DE RETORNO QUE VAI QUERER EU NÃO SEI MAIS ISSO ESTÁ ME CHEIRANDO ”DOMÍNIO”.CONTUDO VAMOS AGUARDAR PRA VER.