Início » Software » Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Microsoft é a mais nova integrante da Linux Foundation

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

microsoft-linux

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (16), durante o evento para desenvolvedores Connect, que fará parte da Linux Foundation, organização sem fins lucrativos que atua com o intuito de padronizar e ajudar o Linux a crescer.

A empresa anunciou que será um membro Platinum. Como tal, doará à organização US$ 500 mil anualmente. Essa é a categoria mais alta da fundação. Ao fazer parte dela, a Microsoft se junta a companhias como HP, Intel, IBM e Oracle.

“Como uma empresa de plataforma em nuvem, nosso objetivo é ajudar os desenvolvedores a conseguirem mais usando as plataformas e linguagens que conhecem. A Linux Foundation é o lar não só do Linux, mas também de muitos dos projetos de código aberto mais inovadores da comunidade. Estamos entusiasmados por nos juntarmos à fundação e nos associarmos com a comunidade para ajudar os desenvolvedores a aproveitarem a mudança para experiências inteligentes em nuvem e mobile “, disse Scott Guthrie, líder da divisão de cloud computing e mercado corporativo da Microsoft.

O anúncio, apesar de parecer surpreendente, não é. Nos últimos anos, a Microsoft vem investindo pesado tanto no Linux quanto no universo do código aberto como um todo, chegando a lançar o .Net Core, o Visual Studio Code e o PowerShell para Linux e macOS, além de disponibilizar código fonte no GitHub numa das licenças mais abertas e permissivas do mundo open source: a MIT. A companhia tem até mesmo uma distribuição Linux voltada a servidores.