O que faria você perder a confiança em uma marca? Para os fãs da Samsung, parece que nem mesmo um smartphone que explode consegue abalar esta relação.

É o que aponta uma pesquisa online realizada pela Reuters/Ipsos, divulgada nesta semana. O questionário, aplicado entre os dias 26 de outubro e 9 de novembro, mostrou que os atuais donos de celulares Samsung são tão fiéis à marca quanto os donos de iPhone.

galaxy-note-7-6

Segundo a pesquisa, os usuários que sabiam do recall mundial do Galaxy Note 7 – aquele smartphone que pegava fogo e que chegou a ser proibido em aviões antes de ser descontinuado – têm o mesmo interesse em continuar comprando aparelhos Samsung do que consumidores que não sabiam do problema.

Entre aqueles que souberam do recall, 27% considerariam um smartphone Samsung como sua primeira opção de compra. Entre os que não sabiam, 25% teriam preferência por um aparelho da marca, apontou o relatório. A pesquisa também mostrou que os consumidores da fabricante sul-coreana são realmente fiéis: 91% dos atuais donos de um smartphone Samsung comprariam outro aparelho da marca, e 92% deles considerariam comprar outro tipo de produto da companhia.

Entre os donos de iPhone, a “fidelidade” também atingiu níveis similares: 92% dos consumidores da Apple que responderam ao questionário comprariam outro smartphone da empresa, enquanto que 89% deles cogitariam comprar outro produto qualquer da marca.

galaxy-note-7-explosao

A pesquisa foi realizada online, em inglês, em todos os 50 estados dos Estados Unidos. Ela foi respondida por 2.375 donos de smartphone Samsung e 3.158 donos de smartphones da Apple, com uma margem de erro de 2 pontos percentuais.

De acordo com a Reuters, não é possível mensurar exatamente o quanto o recall do Galaxy Note 7 impactou a imagem da Samsung com seus consumidores. A pesquisa foca em quanto estes consumidores são interessados em comprar os smartphones da empresa. Ainda assim, ela é um bom indicativo do quão importante é o trabalho de aproximação e fidelização do consumidor com a marca – e que, quando esse trabalho é bem feito, nem mesmo uma explosão consegue abalar.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

danielnbl

pois é, uma coisa é problema no sinal outra é o produto explodir :P

daniel
pois é, uma coisa é problema no sinal outra é o produto explodir :P
Marcus Pessoa

Acho que a forma como a empresa lidou com o caso, primeiro fazendo um amplo recall, depois retirando o aparelho do mercado, fez os consumidores perceber que ela corrige seus erros com prontidão.

Eu lembro quando, há alguns anos atrás, alguns lotes de água Perrier estavam com níveis de mercúrio acima do tolerado para consumo humano. Era algum problema nas nascentes de água de propriedade da empresa. Eles retiraram TODAS as suas garrafas no mercado, no mundo inteiro, depois fizeram uma revisão geológica nas nascentes, e só depois voltaram a vender.

Nenhuma empresa está imune ao erro, mas o público percebe se ela responde prontamente aos problemas que aparecem.

Marcus Pessoa
Acho que a forma como a empresa lidou com o caso, primeiro fazendo um amplo recall, depois retirando o aparelho do mercado, fez os consumidores perceber que ela corrige seus erros com prontidão. Eu lembro quando, há alguns anos atrás, alguns lotes de água Perrier estavam com níveis de mercúrio acima do tolerado para consumo humano. Era algum problema nas nascentes de água de propriedade da empresa. Eles retiraram TODAS as suas garrafas no mercado, no mundo inteiro, depois fizeram uma revisão geológica nas nascentes, e só depois voltaram a vender. Nenhuma empresa está imune ao erro, mas o público percebe se ela responde prontamente aos problemas que aparecem.
Marcus Pessoa

Isso não é verdade. As pesquisas não erraram, tavam dando apenas 1% de dianteira pra ela, e de fato ela teve mais votos que Trump.

Algumas pesquisas estaduais erraram, como em Wisconsin e mais um que eu não estou lembrado agora, mas ninguém falava em "vitória esmagadora de Hillary" na semana da eleição.

Marcus Pessoa
Isso não é verdade. As pesquisas não erraram, tavam dando apenas 1% de dianteira pra ela, e de fato ela teve mais votos que Trump. Algumas pesquisas estaduais erraram, como em Wisconsin e mais um que eu não estou lembrado agora, mas ninguém falava em "vitória esmagadora de Hillary" na semana da eleição.
André G

iPhone 6 Plus entortando e iPhone 4 com problema da antena não foram suficientes para mudar a imagem da empresa. Casos como o Apple Maps também não, geralmente são apenas críticas temporárias.

André G
iPhone 6 Plus entortando e iPhone 4 com problema da antena não foram suficientes para mudar a imagem da empresa. Casos como o Apple Maps também não, geralmente são apenas críticas temporárias.
Jorge Luis

nenhuma fabricante praticamente dá atenção para mid-end. Quem usa android tem que se acostumar com isso.

Jorge Luis
nenhuma fabricante praticamente dá atenção para mid-end. Quem usa android tem que se acostumar com isso.
Keaton
Você meio que a palavra "adianta". :p
Keaton

Você meio que a palavra "adianta". :p

David Diniz
De nada adianta lançar 20 ou 1000 aparelhos por dia se a empresa só da a atenção para a 2 linhas apenas e essas linhas são High end e o resto que se dane no limbo.
GigoCAP

Não fazem isso nem ferrando (tirar a entrada P2). Se queimar com 2 flagships consecutivamente é pedir pra cair na merda e ficar lá.

GigoCAP
Não fazem isso nem ferrando (tirar a entrada P2). Se queimar com 2 flagships consecutivamente é pedir pra cair na merda e ficar lá.
Exibir mais comentários