Tecnoblog

Não compre nestas 519 lojas durante a Black Friday

Estamos chegando na última sexta-feira de novembro, o que significa que as lojas vão fazer grandes promoções para vender bem durante a Black Friday. Nem sempre é fácil aproveitar um preço bom antes que o estoque acabe, e nem sempre é fácil descobrir se uma promoção é verdadeira ou “metade do dobro” — por isso, eu instalaria o Assistente de Compras do Tecnoblog para Chrome, que mostra um histórico de preços e aplica cupons de desconto automaticamente no momento da compra.

Mas existem algumas lojas que você não deve comprar mesmo, de jeito nenhum. A Fundação Procon-SP mantém uma lista atualizada de sites que devem ser evitados por terem apresentado problemas no passado — eles receberam queixas de consumidores e foram notificados, mas não responderam ou não foram encontrados. A lista tem 519 sites e foi atualizada no dia 16 de novembro, há pouco tempo.

Estas são as 202 lojas problemáticas que ainda estavam funcionando até a última atualização (Ctrl+F é seu amigo!):

Também há 317 lojas que saíram do ar, mas que podem voltar a qualquer momento, principalmente em ocasiões especiais como a Black Friday. São estas:

Friday ou Fake?

Quer saber se uma promoção é friday ou fake? Criamos uma ferramenta bem simples: basta acessar fridayoufake.com.br, colar o link do produto e pronto.

O Friday ou Fake te mostra um histórico de preços para você saber se o produto realmente está barato ou se a loja aumentou o valor nos últimos dias para vender pela metade do dobro. Nosso robozinho monitora os preços de 265 lojas, e estamos trabalhando para trazer mais sites.

E não custa lembrar: nossa extensão Assistente de Compras para Google Chrome faz tudo isso automaticamente, então você nem precisa colar link nenhum — é só acessar a página do produto na loja que a gente te avisa se ele está caro ou barato.

Publicado originalmente em 24 de novembro de 2016. Republicado em 23 de novembro de 2017 com a lista de lojas atualizada.