Início » Computador » Você ainda tem computador?

Você ainda tem computador?

O número de domicílios com PCs no Brasil caiu pela primeira vez na história

Por
3 anos atrás

Novos tempos: pela primeira vez na história, o número de residências com PCs diminuiu no Brasil. A informação é do IBGE, que publicou nesta sexta-feira (25) os resultados da PNAD 2015 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios). Entre 2014 e 2015, a quantidade de casas com PCs caiu 3,4%, mesmo com o aumento do número de moradores com acesso à internet.

pc-velho-bege

É um reflexo da mudança na forma como acessamos a internet: estamos deixando de lado os desktops e notebooks para, cada vez mais, navegarmos pelo celular. Aqui no Tecnoblog, a maioria dos acessos (50,97%) se deu pelo smartphone nos últimos 30 dias, contra 46,80% de computadores e 2,23% de tablets. No Facebookmais de 90% dos usuários ativos acessam a rede social por dispositivos móveis.

Um dado curioso é que o número de domicílios sem computador aumentou já em 2014, indicando a redução no interesse dos brasileiros por essas máquinas complexas, com teclado físico, tela grande e ventoinhas que ficam fazendo barulho quando você exige mais do processador.

A mudança do computador para o móvel fica mais claro quando vemos a quantidade de pessoas que acessaram a internet nos últimos três meses. Em 2014, pela primeira vez, o número de brasileiros conectados ultrapassou os que não estavam conectados, representando 54,4% da população. Em 2015, essa taxa subiu para 57,5%, o que significa que já somos mais de 102 milhões de brasileiros por aqui.

Vale lembrar que o IBGE considera apenas as pessoas com mais de 10 anos de idade no número de brasileiros conectados à internet, então aquele seu sobrinho que acessa o YouTube com o smartphone nas costas não está sendo considerado — ou seja, a quantidade pode ser ligeiramente maior. O acesso à internet é maior na faixa de 15 a 17 anos (82,0% estão conectados) e 18 ou 19 anos (82,9%).

E, surpreendendo um total de zero pessoas, o Brasil está cada vez mais móvel também nas ligações. A quantidade de telefones (celulares ou fixos) vem aumentando nos últimos anos, mas só por causa dos celulares — o número de residências com ambas as tecnologias está estagnado desde 2008, enquanto a porcentagem de casas que contam apenas com fixo só cai.

Você ainda tem computador? Que coisa antiga.