Início » Games » Ancine vai destinar R$ 10 milhões para desenvolvimento de jogos no Brasil

Ancine vai destinar R$ 10 milhões para desenvolvimento de jogos no Brasil

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) anunciou nesta segunda-feira (5) seu primeiro edital para jogos eletrônicos independentes. Serão R$ 10 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para a produção de até 24 jogos para consoles, computadores e dispositivos móveis.

“O Brasil é um importante mercado consumidor de jogos eletrônicos, mas são poucos os jogos brasileiros existentes. Com esta ação estamos estimulando o desenvolvimento de mais jogos no Brasil e esperamos contribuir para o fortalecimento dos desenvolvedores brasileiros independentes”, afirmou o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel.

ancine-games

Os investimentos serão distribuídos em três categorias. A categoria A contemplará até dois projetos com R$ 1 milhão cada; a categoria B selecionará até 10 projetos, que receberão R$ 500 mil; e a categoria C oferecerá R$ 250 mil a até 12 projetos.

Assim como nos demais editais do Programa Brasil de Todas as Telas, o regulamento prevê que ao menos 30% dos recursos sejam destinados para projetos de empresas sediadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e no mínimo 10% para produtoras da região Sul e dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Representando a Abragames, Ale McHaddo, saudou a iniciativa: “Hoje é um dia histórico para quem produz jogos no Brasil. O edital é importante, mas o mais significativo é ver que os jogos foram inseridos na política pública de audiovisual do Brasil. Os jogos são um vetor importante na construção de identidade e temos muito a contribuir com a indústria criativa no Brasil”.

Poderão participar do edital produtoras audiovisuais ou desenvolvedoras de jogos registradas na Ancine como agente econômico brasileiro independente. O valor corresponde a 12,5% do fundo FSA, que visa aumentar todo tipo de produção audiovisual brasileira.

Mais sobre: , ,