Início » Computador » Brasil tem pior trimestre de vendas de PCs em 2016

Brasil tem pior trimestre de vendas de PCs em 2016

Diego Melo Por

O mercado brasileiro de PCs manteve a tendência de queda dos últimos quatro anos. De acordo com um relatório divulgado pela IDC, as vendas de PCs e notebooks foram 35% menores no terceiro trimestre de 2016 em relação ao mesmo período do ano passado. No segundo trimestre deste ano, a queda foi de 11% comparada ao mesmo período de 2015.

Cerca de 373 mil desktops e 674 mil notebooks foram vendidos no Brasil nos meses de julho, agosto e setembro. Segundo o relatório, estes números representaram queda de 39% nas vendas de desktop e 32% nas vendas de notebook se comparados ao mesmo período de 2015. De acordo com analistas, as vendas caíram mesmo com os preços dos computadores baixando cerca de 4% em relação ao ano passado, quando o dólar estava mais alto.

“O mercado brasileiro de PCs está canibalizado. É cada vez mais comum o consumidor preferir um celular com configuração robusta e boa qualidade de navegação a um computador”, diz Pedro Hagge, analista de pesquisa da IDC Brasil.

dell-xps-computador-pc

Segundo o analista, nem mesmo datas especiais como a Black Friday e o Natal ajudaram a movimentar o mercado. De acordo com Hagge, o fato de tanto as empresas privadas quanto os órgãos públicos estarem adiando os investimentos e a compra de computadores devido a diversos problemas políticos e econômicos, como troca de governos, eleições, e gestões endividadas, também influenciaram na queda apontada pela estudo. “Não há expectativas de melhoras”, completa o analista.

Por outro lado, a Dell divulgou que, de acordo com o mesmo estudo da IDC, manteve a liderança de vendas de computadores no Brasil no terceiro trimestre de 2016. A companhia foi responsável por 24,5% do total de unidades vendidas no período, liderando as vendas tanto de desktops (22,7%), quanto de notebooks (25,6%) e workstations (61,7%).

Ainda de acordo com o estudo da IDC, a previsão é que a venda total de PCs no Brasil em 2016 caia 31% em relação a 2015.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo

"O uso hoje fica muito concentrado em redes sociais e IMs, e tudo isso dá pra fazer de forma confortável num smartphone. "

Forma confortável?? Eu acho bizarro uma pessoa ter paciência pra digitar nesses tecladinhos de smartphone. É horrível digitar até em tablet. O melhor teclado é o de desktop. Grande, com teclas largas.
Uso o Whatsapp no Nox app player e só vejo o pessoal me mandando áudio. Não querem digitar nem 2 linhas de texto.

Paulo
"O uso hoje fica muito concentrado em redes sociais e IMs, e tudo isso dá pra fazer de forma confortável num smartphone. " Forma confortável?? Eu acho bizarro uma pessoa ter paciência pra digitar nesses tecladinhos de smartphone. É horrível digitar até em tablet. O melhor teclado é o de desktop. Grande, com teclas largas. Uso o Whatsapp no Nox app player e só vejo o pessoal me mandando áudio. Não querem digitar nem 2 linhas de texto.
Gui Soares

Para o brasileiro médio praticamente tudo isso não faz diferença nenhuma. O uso hoje fica muito concentrado em redes sociais e IMs, e tudo isso dá pra fazer de forma confortável num smartphone. Antes muita gente também usava o computador pra assistir filmes e séries, só que com smart TVs a preço de banana e devices como o Chromecast, tá cada vez mais perdendo o sentido.

Gui Soares
Para o brasileiro médio praticamente tudo isso não faz diferença nenhuma. O uso hoje fica muito concentrado em redes sociais e IMs, e tudo isso dá pra fazer de forma confortável num smartphone. Antes muita gente também usava o computador pra assistir filmes e séries, só que com smart TVs a preço de banana e devices como o Chromecast, tá cada vez mais perdendo o sentido.
Arnoldo Maciel

o mesmo, jamais trocaria meu pc por um smartphone

Arnoldo Maciel
o mesmo, jamais trocaria meu pc por um smartphone
Arnoldo Maciel

o mesmo, prefiro comprar as peças e montar além de ser gratificante e econômico agrega expertise

Arnoldo Maciel
o mesmo, prefiro comprar as peças e montar além de ser gratificante e econômico agrega expertise
Arnoldo Maciel

Não troco meu PC por um smartphone, pra quem gosta de usar muitos apps e "necessitam" até vai, mas como plataforma de trabalho e gaming ainda é melhor o pc, além disso o mercado de peças têm crescido muito, pagar caro por desktop que só serve para acessar a internet e o básico para trabalho não compensa.

Arnoldo Maciel
Não troco meu PC por um smartphone, pra quem gosta de usar muitos apps e "necessitam" até vai, mas como plataforma de trabalho e gaming ainda é melhor o pc, além disso o mercado de peças têm crescido muito, pagar caro por desktop que só serve para acessar a internet e o básico para trabalho não compensa.
Leonardo de Pádua

Baratinhos demais, rsrrsrrsrs! https://uploads.disquscdn.c...

Leonardo de Pádua
Baratinhos demais, rsrrsrrsrs! https://uploads.disquscdn.com/images/2722d3fef5d362961e7aa94943a0ece441b8a8439cfa77cad46f61e808ced01f.png
Leonardo de Pádua

Desktops e Notebooks não morrerão tão cedo... São superiores aos Smartphones em tudo; Games; Consumo de mídia; Produtividade...

Leonardo de Pádua
Desktops e Notebooks não morrerão tão cedo... São superiores aos Smartphones em tudo; Games; Consumo de mídia; Produtividade...
Souza
Valeu pela experiência passada aqui. Vou ficar mais esperto com a Dell. Tem muito tempo que não indico notebooks pois as pessoas ultimamente estão só com a cara no celular. E celular prefiro não indicar.
Exibir mais comentários