Início » Computador » Apple remove estimativa de tempo restante de bateria no macOS

Apple remove estimativa de tempo restante de bateria no macOS

Falta de precisão ou tentativa de mascarar autonomia ruim?

Por
2 anos e meio atrás

A atualização para a versão 10.12.2 do macOS Sierra lançada nesta terça-feira (13) trouxe melhorias de desempenho e correções de bugs da Touch Bar, mas uma outra novidade está chamando a atenção: a remoção da indicação de quanto tempo de bateria ainda resta no MacBook.

Segundo notou o The Verge, essa mudança poderia ser uma tentativa de “mascarar” os recentes problemas de desempenho da bateria dos novos MacBooks Pro. Muitos usuários têm reclamado da duração da bateria, e alguns sites especializados que avaliaram o aparelho da Apple, como o próprio The Verge, relataram não ter conseguido atingir as 10 horas de utilização prometidas pela companhia.

(Foto: 9to5Mac)

Apesar da Apple não revelar o verdadeiro motivo da mudança, o 9to5Mac apurou que o indicador pode ter sido removido por não conseguir oferecer uma estimativa realmente precisa. Como os processadores dos novos MacBooks Pro podem ter uma variação alta de performance de acordo com a tarefa que está sendo executada, a estimativa de consumo da bateria não conseguiria acompanhar essas variações de maneira satisfatória nas novas máquinas.

Segundo o site, há outros fatores que também podem influenciar no cálculo da estimativa, como os recursos de sincronização e backup com o iCloud. Como eles são executados em segundo plano, nem sempre o usuário percebe o aumento no consumo de bateria. Isso estaria afetando especialmente os novos MacBooks Pro no início da vida útil, quando os donos dos aparelhos sincronizam todos os seus dados na máquina nova.

Ainda de acordo com o 9to5Mac, a Apple executou inúmeros testes de duração nas baterias dos novos MacBooks Pro nas últimas semanas e chegou à conclusão de que elas estavam funcionando conforme o esperado. Por isso, a gigante de Cupertino decidiu remover a indicação de estimativa do tempo restante de bateria do seu sistema operacional, exibindo apenas a porcentagem de carga, como já acontece no iOS, que pode oferecer uma informação mais “precisa” ao usuário.

Mais sobre: ,