Início » Computador » Apple remove estimativa de tempo restante de bateria no macOS

Apple remove estimativa de tempo restante de bateria no macOS

Falta de precisão ou tentativa de mascarar autonomia ruim?

Diego Melo Por

A atualização para a versão 10.12.2 do macOS Sierra lançada nesta terça-feira (13) trouxe melhorias de desempenho e correções de bugs da Touch Bar, mas uma outra novidade está chamando a atenção: a remoção da indicação de quanto tempo de bateria ainda resta no MacBook.

Segundo notou o The Verge, essa mudança poderia ser uma tentativa de “mascarar” os recentes problemas de desempenho da bateria dos novos MacBooks Pro. Muitos usuários têm reclamado da duração da bateria, e alguns sites especializados que avaliaram o aparelho da Apple, como o próprio The Verge, relataram não ter conseguido atingir as 10 horas de utilização prometidas pela companhia.

(Foto: 9to5Mac)

Apesar da Apple não revelar o verdadeiro motivo da mudança, o 9to5Mac apurou que o indicador pode ter sido removido por não conseguir oferecer uma estimativa realmente precisa. Como os processadores dos novos MacBooks Pro podem ter uma variação alta de performance de acordo com a tarefa que está sendo executada, a estimativa de consumo da bateria não conseguiria acompanhar essas variações de maneira satisfatória nas novas máquinas.

Segundo o site, há outros fatores que também podem influenciar no cálculo da estimativa, como os recursos de sincronização e backup com o iCloud. Como eles são executados em segundo plano, nem sempre o usuário percebe o aumento no consumo de bateria. Isso estaria afetando especialmente os novos MacBooks Pro no início da vida útil, quando os donos dos aparelhos sincronizam todos os seus dados na máquina nova.

Ainda de acordo com o 9to5Mac, a Apple executou inúmeros testes de duração nas baterias dos novos MacBooks Pro nas últimas semanas e chegou à conclusão de que elas estavam funcionando conforme o esperado. Por isso, a gigante de Cupertino decidiu remover a indicação de estimativa do tempo restante de bateria do seu sistema operacional, exibindo apenas a porcentagem de carga, como já acontece no iOS, que pode oferecer uma informação mais “precisa” ao usuário.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

César Munhóz
Essa “feature” já vem desde o Mavericks, quando a Apple tirou o recurso chamado “Bluetooth DUN”. Eu pareava meu Nokia N8 via bluetooth e usava a internet dele sem fio na faculdade no meu MacBook Pro. Ele não tinha roteador wifi, então esse era um recurso perfeito! E ainda usava o Mac pra rotear o sinal para outras pessoas usarem a internet também. Tudo isso sem nenhum programa de terceiros. Tive que trocar de aparelho. E detalhe: tenho o Nokia desde 2009 intacto! Nunca troquei a bateria dele. A câmera dele ainda é fera, com flash Xenon e lentes Carl Zeiss (alemã). Agora tá aposentado, mas as fotos nunca foram as mesmas. Fiz um “upgrade” que piorou! Quero ver qual o próximo recurso que a Apple vai tirar num mercado onde a tendência não é tirar, mas aumentar, expandir, criar! No Monitor de Atividade ainda — AINDA — dá pra ver o tempo restante estimado. https://uploads.disquscdn.com/images/fd4c88ac2a3f4fd0f99300c04958519db38c368448628eb0d4352b0aa0570e6e.png
Pio ♙

Boa dica também 👌🏻

Thiago A. Klein

É a hora que será lançado um app pra isso.

Eduardo Alvim

Que exagero.

Luiz Henrique

COURAGE!

Alberto Prado

Os notes com qual eu já de alguma forma tivesse experiência com W10 a maioria indicava corretamente. Salvo exceção quando a bateria do note já não estava lá aquelas coisas depois de muito tempo de uso.
Tenta recalibrar a sua, quem sabe melhore. Já vi isso funciona.

@Sckillfer

Me explica que Windows 10 é esse seu que não tá condizendo com o meu não

@Sckillfer

Mas aí tem que se esforçar muito pra conseguir ser pior

Leon
Digoareal

Ainda bem que não atualizei, vi que apareceu uma nova atualização disponível mas esperei a tecnoblog e outros sites informações sobre esse assunto entre outros.

Fabio Alvez

Comecei a trabalhar esta semana num centro de reparação da FNAC francesa. Pra quem mora no Brasil, eu não recomendo comprar nenhum dos novos Macbooks Pro. Além dos preços serem ridículamente absurdos. Se não comprar com o AppleCare, nem pense em tentar repará-los, pois simplesmente não há reparo, upgrade, é tudo onboard.

Caio

Ainda acho o MacOS melhor do que o Windows, mas nessa passada logo logo não vai mais ser.

batboymac

Instala o Coconut battery que é grátis e ativa o Icon bar nele, resolvido! Trás até mais informações que o da Apple.

Matheus Siqueira Moreno

No mac OS nem tanto.

Matheus Siqueira Moreno

Que palhaçada hein Apple, achei que era um bug, mas não, é uma nova "feature".

Exibir mais comentários