Início » Mobile » O mercado brasileiro de smartphones encolheu em 2016

O mercado brasileiro de smartphones encolheu em 2016

Estudo prevê queda de 10% no volume de vendas de dispositivos móveis no país neste ano

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Um estudo publicado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) prevê que o mercado brasileiro de dispositivos móveis vai encolher em 2016.

Segundo a associação, o mercado de telefones celulares deve encerrar o ano com uma retração de 10% em volume, devido à queda de 11% na venda de smartphones. No entanto, o faturamento geral crescerá cerca de 2%, puxado, principalmente, pela venda de produtos de valor mais alto.

De acordo com o relatório, o declínio foi decorrente da recessão que afetou o país nos últimos dois anos. O crescimento do desemprego reduziu a renda disponível, aumentou o endividamento das famílias e fez com que os consumidores ficassem mais cautelosos com relação a novas compras.

A Abinee ainda sugere que as vendas de tablets no país irão despencar de maneira impressionante, com previsão de queda de 32% nas vendas. Também sofrerão quedas significativas as vendas de desktops (37%) e de notebooks (30%). O faturamento do setor de informática diminuirá 23%, a maior queda entre os segmentos que compõe a indústria eletroeletrônica nos últimos anos.

A associação também divulgou que o faturamento da indústria eletroeletrônica em geral sofreu queda de 8% neste ano. O segmento de informática perdeu o posto de maior gerador de receita do setor, que agora é do segmento de telecomunicações (que também encolheu 3% nesse ano).

Um outro estudo, realizado pela IDC, também apontou que 2016 não está sendo fácil para o mercado de informática no Brasil, com uma previsão de queda de 31% nas vendas de PCs em relação a 2015.

Mais sobre: ,