Início » Comportamento » Novo Dell XPS 13 tem bateria de 15 horas, tela de 3200×1800 pixels e vira tablet

Novo Dell XPS 13 tem bateria de 15 horas, tela de 3200×1800 pixels e vira tablet

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O notebook ultrafino e ultracaro da Dell ganhou uma atualização de hardware em novembro, com os novos processadores Kaby Lake e baterias de longa duração. Mas a empresa revelou nesta segunda-feira (2) mais uma mudança: os novos XPS 13 são híbridos e se transformam em tablets com Windows 10, passando a competir diretamente com modelos como o Lenovo Yoga 910 e o HP Spectre x360.

Não há muitas novidades por dentro: o XPS 13 híbrido tem processadores Intel Core i5 ou i7 de sétima geração, até 16 GB de RAM e até 1 TB de armazenamento. A tela de 13,3 polegadas tem bordas extremamente finas (por isso a webcam fica na parte inferior) e opções de resolução de 1920×1080 pixels ou 3200×1800 pixels. São 13 mm de espessura e peso de apenas 1,2 kg.

O display é sensível ao toque e gira 360 graus. Houve pequenas atualizações no design: segundo o Engadget, o teclado possui teclas mais baixas que o modelo tradicional, provavelmente para torná-lo mais confortável enquanto estiver no modo tablet. Já o Ars Technica nota que a nova versão virá com leitor de impressões digitais como item opcional para funcionar com o Windows Hello.

A webcam do XPS 13 continua lá embaixo (Foto: Ars Technica)

O novo XPS 13 tem uma porta Thunderbolt 3, uma porta USB 3.0, um leitor de cartões microSD e um conector de fones de ouvido de 3,5 mm. De acordo com a Dell, a bateria dura até 15 horas e, por causa dos novos processadores da Intel, ele não possui nenhuma ventoinha.

As vendas começam nos Estados Unidos na quinta-feira (5). A Dell ainda não revelou as datas de lançamento para outros países, mas a empresa costuma ser bem rápida para atualizar suas máquinas no Brasil. Ele vai custar a partir de US$ 999, ou seja, 200 dólares mais caro que a versão não híbrida, que continuará sendo vendida normalmente. Você pagaria a mais por um 2 em 1?

Mais sobre: , , , , ,