Início » Gadgets » HDMI 2.1 virá com suporte a vídeos em 8K e HDR dinâmico

HDMI 2.1 virá com suporte a vídeos em 8K e HDR dinâmico

Mas você vai ter que comprar um novo cabo

Por
15 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Conector HDMI

Há várias TVs sendo apresentadas na CES 2017, como os modelos QLED, da Samsung. Nada mais oportuno para o consórcio responsável pelo HDMI, portanto, do que comparecer ao evento para anunciar oficialmente a nova versão da tecnologia: o padrão HDMI 2.1 está chegando.

Olhando por fora, a nova especificação não terá nada de diferente em relação ao HDMI 2.0: o conector será o mesmo. Mas, internamente, a evolução é significativa. O HDMI 2.1 foi preparado para suportar transmissões de conteúdo em 4K à frequência de 120 Hz ou em 8K à taxa de 60 Hz.

Isso é possível, entre outras razões, graças à nova largura de banda. Enquanto o HDMI 1.4 trabalha com até 10,2 Gb/s (gigabits por segundo) e o HDMI 2.0 suporta 18 Gb/s, o HDMI 2.1 vem para oferecer 48 Gb/s.

A oferta de conteúdo em 4K ainda é um tanto escassa. Vídeos em 8K são quase inexistentes. Mas isso não quer dizer que o HDMI 2.1 não será útil em um futuro próximo: o padrão também foi preparado para trabalhar com HDR dinâmico, um tipo que, basicamente, permite que o HDR seja ajustado quadro a quadro. Pois bem, a tendência é que TVs com HDR surjam aos montes nos próximos meses.

HDMI - largura de banda

Também há novidades para os jogadores de plantão. O HDMI 2.1 vai ter suporte ao Game Mode VRR. Recurso parecido já pode ser encontrado em alguns monitores para games. A ideia é que a taxa de atualização possa ser flexível. TVs normalmente trabalham com taxas fixas, como 50 Hz ou 60 Hz, mas com o Game Mode o usuário pode ativar facilmente a taxa mais adequada a cada jogo.

Mais uma coisa: o HDMI 2.1 terá eARC, o que significa que a especificação será compatível com os padrões de áudio com efeito 3D (você consegue notar a direção do som, basicamente) mais recentes, como Dolby Atmos e DTS:X.

Cabos HDMI 2.1 serão retrocompatíveis com equipamentos HDMI 2.0 e anteriores. Porém, nos aparelhos com HDMI 2.1, você precisará de um cabo específico para essa versão se quiser aproveitar todo o potencial da tecnologia (se cabos HDMI já são caros, imagine então os preços das opções 2.1). Também haverá suporte ao HDMI Alt, modo que possibilita a conexão entre portas HDMI e USB-C.

Os primeiros dispositivos com HDMI 2.1 devem chegar ao mercado no terceiro trimestre de 2017.

Mais sobre: , , , , , , , ,
  • Q tempo bom pra estar vivo e vendo essas tecnologias 🙂

    • E não poder comprar nada disso por ser pobre. Talvez só depois de uns 2 anos ou 3 anos qndo ficar obsoleto.
      :- (

      • palatoqueimado

        Obsoleto? Capaz. Quando surgiram as primeiras TVs full HD, mal se tinha conteúdo disponível no mercado pra assistir. O mesmo ocorre com as TVs 4K, e futuramente 8K. Com a popularização da tecnologia, o preço diminui e surge mais conteúdo pra assistir, o que é excelente 🙂

  • Wellington Gabriel de Borba

    Gente, isso é óbvio, quando as TVs 1080p surgiram, as pessoas sequer tinha TV digital em casa.

    • Hail Hidra

      No Brasil a maior parte da população ainda assisti tv em 480p no sinal analógico

  • palatoqueimado

    Acredito que o salto do 1080p > 8K terá maior impacto do que o salto do 1080p > 4K. Já assisti conteúdo em 4K, com certeza a imagem é mais nítida e detalhada, entretanto não é algo que faça o 1080p parecer um lixo. Tipo, não é a mesma coisa do que assistir um DVD regular (480p) e depois um Blu-ray (1080p), isso sim se percebe uma diferença bem maior.

    • ochateador

      Não sei se vi a notícia aqui ou em outro local.
      Mas o 4k foi criado pelas coreanas (lg, samsung), enquanto o 8k já vem sendo desenvolvido pelo japão antes dos anos 2000.

      Ou seja, 4k é apenas para forçar o povo a gastar mais dinheiro e o 8k é que será o padrão definitivo.

      • Barbosa

        Se o 4K já esbarra na largura da banda,imagine o 8K.Tenho 33 anos e talvez o 8K se torne popular na minha velhice.

        • Islan Oliveira

          Isso é coisa de coreanos e japoneses, que tem a internet lá nas alturas. Aqui, uma conexão com capacidade de aguentar 8K é artigo de luxo, talvez não se torne popular na tua velhice, mas põe aí uns 15 anos.

          • SiouxBR

            Também aposto em algo assim: 2030 será o Ano do 8K!!! 😉

        • palatoqueimado

          Olha cara, com o codec H265 saindo oficialmente e o crescimento da oferta de serviço por fibra óptica até o consumidor final, largura de banda não me parece ser um problema. Sei que em termos de Brasil isso parece meio longe ainda, porém nos últimos anos até pequenos provedores de pequenas cidades estão investindo em fibra óptica, dado o custo da tecnologia que baixou muito e a alta velocidade que ela pode entregar. O 8K pode, sim, levar um bom tempo até se tornar popular, mas não creio que seja por limitação tecnológica, e sim por decisões comerciais. Fazer o 4K gerar um dinheiro antes de lançar o 8K, como @ochateador:disqus disse.

          • Arley Martins

            Vdade a fibra tá sendo expandida bem rápido e o preço caiu bastante. Eu tenho 200mb de fibra no combo com a TV e pago 119 pela fibra e 129 pela TV. Não é barato mais a 2 anos atrás eu só tinha 10mb e meia dúzia de canais e pagava 189 por tudo.

          • Dark alliance

            Puta merda cara, que caralhos de lugar é esse que vc mora aqui no BR?

          • Arley Martins

            Ribeirão Preto. Aqui a metade da cidade ja tem Vivo Fibra desde fevereiro/2015.

            Planos iniciais partem de 100MB até 300MB. Claro que no combo fica mais barato. Assinei 200/100MB desde feveireiro de 2015 com combo e pago o mesmo preço até hoje porque fico em cima pedindo desconto sempre qdo aumenta e claro pago em dia pra argumentar os descontos.

        • ochateador

          DisplayPort suporta o 4k (e talvez 8k) a um tempinho já.
          Quando a largura de banda da internet, hoje temos conteúdos em 10bits (que transmite mais qualidade com o mesmo tamanho de um arquivo 8bit) e as velocidades estão aumentando (não por acaso, aumentm mais no japão e coréia do sul que é onde surgiu essas resoluções).

      • Angelo Terroso

        “8k é que será o padrão definitivo.” Dizer que alguma tecnologia será definitiva é complicado. Parece que todo produto tecnológico, quando chega a ser lançado comercialmente, já está obsoleto. Por outro lado, numa tela de 40″ acho muito difícil notar diferença entre 720p e 1080p (se não grudar o nariz na tela para perceber a diferença). 4k precisaria de uma tela de 80″ para ser realmente útil, 8k uma de 160″. Acredito que poucos tenham, algum lugar em casa, que comportem telas tão grande e que permitam a distancia necessária para as assistir, de maneira adequada.

        • ochateador

          Expliquei mal, mas o 8k será definitivo em relação ao 4k, pois como eu disse, os japoneses já estavam testando essa resolução antes do ano 2000, e os coreanos para ganharem uma graninha no meio do caminho inventaram o 4k.

    • Natthan Fruche Terzi

      Na verdade não, 4k só faz diferença entre 1080p em telas maiores que 32″, 8k deve fazer diferença para 4k em telas muito grandes, tipo 70″ ou mais. também conta a distancia da tela entre o espectador. Acredito que esse padrão vai favorecer mais as aplicações em VR por que a resolução sempre tem que ser dividida por 2, por exemplo um vídeo em VR em 4k é praticamente a mesma coisa que assistir em 1080p sem VR.

  • DumbSloth87

    Queria saber o que realmente mudam pra um cabo conseguir mais que dobrar a banda, aumentam a bitola? mais camadas de isolamento?

    • João Silverado

      Sei o básico que é melhorar a imunidade dele há ruídos.
      Qdo falam em um novo padrão, o cabo deve seguir uma forma de construção que permita maiores velocidades e blindagem contra ruídos vindos do exterior do cabo e tbm interferência entre as linhas internas de transmissão dele.
      Praticamente é o mesmo que aconteceu no passado qdo abandonaram os cabos de dados paralelos (como aqueles de impressora antigos) pelos seriais (primeiro o DB9, depois USB, Sata, HDMI, etc).

  • Alvaro

    Nego preocupado com o cabo… pfv pior é ter de trocar uma TV, receiver, bdplayer, console, setupbox, etc, para pegar o novo padrão

    • Lobo Solitário

      Só verdades.

    • Macgyver Freitas

      “se cabos HDMI já são caros, imagine então os preços das opções 2.1” cabo custa uns R$15, o foda é trocar o restante td. Sendo q pelo menos por agora, acho q a principal vantagem é o Game Mode VRR, assim a troca fica mais necessária na TV e na GPU/console.

  • Keaton

    se cabos HDMI já são caros, imagine então os preços das opções 2.1

    Ah… tem uns cabo HDMI que funcionam por 15 reais. (Claro, tem os da Monster que custam 900 reais, mas é igual uma certa empresa. Super faturado e não se justifica..)

  • Flavio Toledo

    Engraçado DisplayPort ja suporte resoluçao 8K ha 2 anos o_O

    https://tecnoblog.net/173770/novo-displayport-8k/

    • ochateador

      Mas só é usado em PC/note.
      Fora que a maioria das pessoas ainda preferem usar VGA(!) pois é de melhor qualidade de imagem (!!) e malemá usam um HDMI.

      • Dark alliance

        Poxa cara ai tenho que discordar, eu uso conexão por DisplayPort no meu monitor e a qualidade de imagem é de longe muito, mais muito superior a conexão por VGA, o Espectro de cores é muito maior.

        • ochateador

          Usei ironia. Porque em empresas é dureza o povo trocar/atualizar tudo de vga/dvi para hdmi/display-port.

          • Dark alliance

            Isso é verdade, trabalho na área de TI numa empresa e recentemente fui surpreendido com uma trapalhada da Dell, compramos Micros Da empresa supracitada e a placa mãe só vem com saída de vídeo nos padrões HDMI e DisplayPort, e por mais incrível (e Tbm Bizarro), que pareça ela enviou monitores com entradas de vídeo nos padrões VGA e DVI, ou seja estou com as maquinas paradas aqui e até agr não obtive uma solução da Dell quanto ao problema… detalhe é que cada maquina saiu por módicos R$: 4200,00!!!

          • ochateador

            Sò imagino sua cara ao ter que explicar isso para a diretoria da empresa…
            Aqui fizemos um comodato com a vivo (não curti muito…) e veio máquinas dell, só tem saida hdmi e DisplayPort e o monitor tem conector VGA e DisplayPort. Mas o que tem de monitor e cabo apresentando problemas….

          • Dark alliance

            Ah amiguinho, foi uma beleza, imagina vc chegar na sua sala e logo em seguida o telefone tocar, aí vc atende e é o presidente da empresa te convidando “gentilmente” a se dirigir a sala dele para prestar esclarecimentos…
            Bem o q posso dizer é q de fato as máquinas são muito boas em configurações, e elas estavam de 20% a 30% mais em conta que uma equivalente HP que é a marca q sempre usamos e nunca tivemos problemas, aí decidimos ariscar e mudar por conta de redução de custos, e na primeira oportunidade já tivemos uma péssima impressão.

          • ochateador

            EU achava as máquinas HP muito ruim, ainda mais após adquirir umas HP 402G1 SFF (configuração é excelente, mas a forma que as peças foram fabricadas e montadas….).

            Aí veio esse comodato com Dell Optiplex 3040. O vontade de pegar alcool e fósforo….

            A BIOS é uma merda de usar/configurar. Os filhos-da-mãe-que-não-conhece-o-pai não fornecem mídia de recuperação e não dizem como acessar a partição de recuperação. Fora os bloatware que conseguem ser pior do que os da HP.
            Depois dessa eu passei sugerir a HP como opção o tempo todo (mesmo sendo mais caro). Única coisa que acho que a Dell faz bem feito é os monitores.

            obs.: se bem que toda essa palhaçada na parte da BIOS começou com a maldita microsoft e seu “secure boot/UEFI” -.-“

      • Flavio Toledo

        Vc falou besteira quase ninguem usa VGA e tema diversas limitaçoes e ainda existem placa de video voltado para jogos tem saida DP+HDMI.

        • ochateador

          Quase ninguém usa ?
          Fala no uso caseiro ou uso corporativo ?

          • Flavio Toledo

            depende dos equipamentos da empresa se for antigos claro ira usar VGA caso contrario sera igual nossas casas HDMI.

          • ochateador

            pff…
            Tem uns equipamentos aqui que custam 6 dígitos.
            De dólares.

            São a última geração (ou pelo menos tem tudo o que foi inventado no mundo até 2015). E vem apenas com entrada VGA para vídeo e porta serial para impressora (obrigando eu a me foder para achar uma impressora matricial e seus toners que não duram 2 mil páginas).
            Não tem 1 maldita porta USB (o teclado e mouse é porta PS/2) e não conseguem fazer impressão via rede.

          • Flavio Toledo

            caramba qual tipo equipamento e esse ????

          • ochateador

            Equipamentos médicos.

  • Souza

    Deu um salto gigantesco em relação a tecnologia anterior.