Início » Mobile » Xiaomi Mi Mix: o smartphone quase sem bordas

Xiaomi Mi Mix: o smartphone quase sem bordas

Por
07/01/2017 às 23h29
A nova extensão do Tecnoblog está pronta.Baixe agora!

Direto de Las Vegas — A Xiaomi não deu muito certo no Brasil, tendo lançado apenas dois smartphones de entrada no país, o Redmi 2 e o Redmi 2 Pro, mas a empresa continua fazendo aparelhos bem interessantes. O mais diferentão é o Mi Mix, um smartphone que chamou a atenção nos últimos meses por ter um design praticamente sem bordas em volta da tela.

Eu fui conferir de perto o Mi Mix, que ganhou uma versão branca na CES 2017. Mas antes de ir para o que interessa, é curioso notar como a gente conhece a Xiaomi especialmente por causa dos smartphones, que são apenas um dos inúmeros tipos de produtos que a empresa vende — além de fones de ouvido, televisores, drones, purificadores de ar e até uma chaleira elétrica (!).

Em vídeo

Mi Mix

Não há bordas na parte superior e nas laterais no Mi Mix, apenas na base, que também abriga a câmera frontal. Aliás, tirar uma foto com a câmera frontal do Mi Mix é meio estranho; o Xperia ZQ da Sony também tinha esse posicionamento de câmera e até se acostumar demorava um pouco. Mas é claro que você resolver o problema simplesmente girando o aparelho.

O Mi Mix tem uma tela de 6,4 polegadas de 2040×1080 pixels, mas é mais compacto por ter um design minimalista. Continua bem grande — não é um smartphone que eu acho confortável de segurar, além de ser um pouco pesado, com 209 gramas. Mas o espaço é muito bem aproveitado, sendo que 91,3% da parte frontal é ocupada pela tela.

Para remover a parte superior, a Xiaomi teve que colocar um alto-falante meio diferente: há um componente atrás da tela que converte os sinais elétricos de áudio em energia mecânica; isso faz a carcaça vibrar com as ondas sonoras e então você consegue escutar a pessoa do outro lado da linha. Além disso, há um sensor de proximidade ultrassônico escondido embaixo da tela, para evitar que o touchscreen seja acionado com a sua bochecha.

Ele está disponível em duas variantes: o Mi Mix, com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento; e o Mi Mix 18K, com 6 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, que também se diferencia por ter detalhes em ouro de 18 quilates (!) em volta do leitor de impressões digitais e da câmera traseira. Completam o conjunto uma bateria de 4.400 mAh, processador quad-core Snapdragon 821 e câmeras de 16 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal).

Ambas as versões têm acabamento de cerâmica, tanto na traseira quanto nos botões. Como a cerâmica é mais dura que um vidro normal, ela é mais resistente contra arranhões — mas não necessariamente é mais resistente contra quedas (e eu não gostaria de ver um Mi Mix caindo de quina no chão duro).

O Mi Mix já está sendo vendido em lojas chinesas, custando até 1.000 dólares para a versão de 256 GB.

Paulo Higa viajou para Las Vegas a convite da Huawei.

  • PG

    Mi Mix, o smartphone ideal pros gagos!

    • Arthur Dubeux

      Designed by “Mi”

      • LessTech

        Chega de Mi Mi Mi

  • Wendel Schelhan

    O problema é que esse aí foge daquela filosofia de “custo benefício” da Xiaomi.
    Aliás, vejo pessoas querendo importar e acho um absurdo: é muito caro, tem uma câmera ruim e se cair no chão, um abraço. Até porque a produção não dá conta e peças de reposição são raríssimas e devem custar os olhos da cara!

    • Yago Oliveira

      Câmera não é o forte da Xiaomi, infelizmente. Mas se até a Google aprendeu, há esperança.

      • Bruno

        Realmente a Xiaomi decepciona nesse quesito, porém eu que não sou um usuário que usa muito a câmera estou bem contente com o MI5s, custo benefício absurdo

      • Deibson Wagner

        Realmente câmera não é o forte dela até conhecer o Mi 5s e depois que o meu chegou constatei que ela aprendeu, câmera muito boa, inclusive a noite.

        • Mickael Fernandes

          O sensor é bom, mas acho que o software poderia ser melhor. Agora pecaram muito em não colocar OIS nesse sensor, não gostei das filmagens.

    • Matheus

      Enfim, sensatez.

  • Barbosa

    Smartphone sem bordas na tela,ou seja,praticamente impossivel usar capa para proteção.Não é um smartphone para pessoas com problemas cardiacos,pois na primeira queda o dono morre.De resto o aparelho é TOP.

    • Krosna Terrestre

      Se tiver a resistência do moto x force , não.

      • Pelo q aparenta, não tem nenhuma. Não se comenta nada sobre resistência a quedas. O jeito é por uma bumber case específica + película de vidro.

        • Flavio Toledo

          pelicula de vidro e obrigatorio para qualquer smartphone.

          • Fala isso pros caras q vejo comentando por aki e em outras postagens pela net afora q só usam o celular nu. Só de imaginar, meu coração dói. A gente nunk sabe qndo um acidente pode acontecer.

          • Flavio Toledo

            sinceramente nao gosto de capas por isso sempre escolhi modelos com acabamento de plastico em vez de aluminio mas pelicula e dificil dispensar tela fica toda riscada alem proteçao mesmo minima.

          • Plástico racha, arranha, fica feio tb com o tempo.
            Quem tem top de linha tem q usar case, só celular abaixo do intermediário q dá pra arriscar. Parece q qnto mais caro o aparelho, pior é o material q o compõe. Eles já fazem justamente pra gente quebrar e comprar outro rápido. Não botam pra perder.
            Não consigo viver sem case e película, dá medo. Não sou de derrubsr telefone, mas nunk se sabe,

    • pedroca

      a propria xiaomi manda uma capa na embalagem dele, como é impossivel usar capa?

    • Mikael Maya

      É só não ter mãos de alface, o meu Moto Maxx (2014) nunca levou nenhuma queda.

    • Flavio Toledo

      hahahahah dahora seu comentario por isso gosto de celular com acabamento de plastico nao escorrega e nao precisa de capa. Mas por outro lado se deixar um espacinho na borda e possivel sim utilizar capa.

  • Higa, o Mi 5S não deu as caras por aí? Ele tem especificações muito boas também.

    • Gertrudes, a Lhama

      O meu deve chegar na semana que vem, saiu sexta de Curitiba.

      Posso postar minhas impressões sobre ele

    • Bruno

      Estou com o meu faz pouco mais de um mês e não tenho nada a reclamar do smartphone, ainda mais considerando que paguei cerca de 1200 reais no celular que é um top de linha, acabamento, software e hardware incríveis, o único “ponto negativo” pode ser a câmera que é boa, mas não disputa com os grandes nomes do mercado.

      • Mickael Fernandes

        Mas, cara, Mi5s disputa sim com os maiores do mercado. Tem o mesmo sensor do Pixel.

  • Melocoton Loko

    Queria ver um desses ao vivo deve ser muito bonito.

    • Mickael Fernandes

      O branco pelas imagens odiei, mas o preto é lindo cara. Ainda tem o fator novidade, gostei demais! Uma pena custar tão caro ou eu relevaria o fator câmera e compraria um.

      • Depois de um ano abaixa o preço!

        • Mickael Fernandes

          Aí acaba o fator novidade, aliado a câmera com desempenho a desejar, facilidade de quebrá-lo, etc, etc, e não compraria mais do mesmo jeito. Talvez a segunda geração desse aparelho vem com um preço mais amigável.

          • Não muda nada absurdamente em um ano não. Mas a menos q vc seja rico, é impossível pegar um smartphone top no lançamento. Já foi o tempo de pelo menos em 6 meses pegar, eu já fiz isso, agora levo quase 2 anos ou mais pra pegar um aparelho top de linha. 4k num aparelho, com esse valor pego um notebook de responsa, q é o q tou fazendo no momento, Lá pra depois de abril eu pego o Nexus 6P, meu sonho de consumo, rsrs!

          • Mickael Fernandes

            Os tops da China dá sim, peguei o OP3, quase peguei o OP3T (até mais barato que o primeiro). No Brasil, nem pensar mesmo. Gostava e ainda gosto – tanto é que uso – iPhone também, mas ficou inviável ficar atualizando o aparelho…
            Também estou precisando de um note na faixa de 4k, espero conseguir em breve um foda no PY.

          • O q é PY?

          • Paraguai => PY

          • Mickael Fernandes

            O amigo já respondeu, mas é uma abreviatura do Paraguai, assim como BR é a abreviatura do nosso país.

  • Zé das Covi

    Ainda esperando um aparelho com uma integração software + hardware de um iphone , resistência de um moto x force, bateria de um oukitel k10000 , design de um xperia e preço de um xiaomi .

    • Mikael Maya

      Espera sentando, sem nenhuma expectativa.

    • Um belo sonho. kkk

  • Zé das Covi

    Smartphone perfeito para atores do monty python

  • Flavio Toledo

    Ja tinha visto varias informaçoes interessante sobre esse aparelho so compraria se parte frontal fosse todo uma tela mesmo sem camera frontal.

    • Aquela borda debaixo poderia ir pra cima, embaixo não precisa dakilo, ali poderia ficar tela com botões capacitivos virtuais como nos Nexus. Aí em cima fica a tela e o alto falante para ligações.