Início » Celular » Xiaomi Mi Mix: o smartphone quase sem bordas

Xiaomi Mi Mix: o smartphone quase sem bordas

Paulo Higa Por

Direto de Las Vegas — A Xiaomi não deu muito certo no Brasil, tendo lançado apenas dois smartphones de entrada no país, o Redmi 2 e o Redmi 2 Pro, mas a empresa continua fazendo aparelhos bem interessantes. O mais diferentão é o Mi Mix, um smartphone que chamou a atenção nos últimos meses por ter um design praticamente sem bordas em volta da tela.

Eu fui conferir de perto o Mi Mix, que ganhou uma versão branca na CES 2017. Mas antes de ir para o que interessa, é curioso notar como a gente conhece a Xiaomi especialmente por causa dos smartphones, que são apenas um dos inúmeros tipos de produtos que a empresa vende — além de fones de ouvido, televisores, drones, purificadores de ar e até uma chaleira elétrica (!).

Em vídeo

Mi Mix

Não há bordas na parte superior e nas laterais no Mi Mix, apenas na base, que também abriga a câmera frontal. Aliás, tirar uma foto com a câmera frontal do Mi Mix é meio estranho; o Xperia ZQ da Sony também tinha esse posicionamento de câmera e até se acostumar demorava um pouco. Mas é claro que você resolver o problema simplesmente girando o aparelho.

O Mi Mix tem uma tela de 6,4 polegadas de 2040×1080 pixels, mas é mais compacto por ter um design minimalista. Continua bem grande — não é um smartphone que eu acho confortável de segurar, além de ser um pouco pesado, com 209 gramas. Mas o espaço é muito bem aproveitado, sendo que 91,3% da parte frontal é ocupada pela tela.

Para remover a parte superior, a Xiaomi teve que colocar um alto-falante meio diferente: há um componente atrás da tela que converte os sinais elétricos de áudio em energia mecânica; isso faz a carcaça vibrar com as ondas sonoras e então você consegue escutar a pessoa do outro lado da linha. Além disso, há um sensor de proximidade ultrassônico escondido embaixo da tela, para evitar que o touchscreen seja acionado com a sua bochecha.

Ele está disponível em duas variantes: o Mi Mix, com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento; e o Mi Mix 18K, com 6 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, que também se diferencia por ter detalhes em ouro de 18 quilates (!) em volta do leitor de impressões digitais e da câmera traseira. Completam o conjunto uma bateria de 4.400 mAh, processador quad-core Snapdragon 821 e câmeras de 16 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal).

Ambas as versões têm acabamento de cerâmica, tanto na traseira quanto nos botões. Como a cerâmica é mais dura que um vidro normal, ela é mais resistente contra arranhões — mas não necessariamente é mais resistente contra quedas (e eu não gostaria de ver um Mi Mix caindo de quina no chão duro).

O Mi Mix já está sendo vendido em lojas chinesas, custando até 1.000 dólares para a versão de 256 GB.

Paulo Higa viajou para Las Vegas a convite da Huawei.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel S. Magalhães

...e eu gostaria de saber o que fazer com meu Redmi 5 Plus que está dando defeito de congelamento de tela desde o primeiro dia que importei da XXXIIINNNAA no ano passado. A Xiaomi nem respondeu a qquer questionameto, ou seja, nada ter a fazer, assim como a Bangood... MI fuck....(problema este que foi relatado por diversos blogs aqui no BR), e a Xiaomi nem aí !!! E eu que fui naquela merda de festinha da enganação do Hugo Barra !

Biiel
2400 reais... é, custa caro http://www.banggood.com/Xiaomi-Mi-MIX-6_4-inch-Edgeless-Display-4GB-RAM-128GB-ROM-Snapdragon-821-Quad-Core-Smartphone-White-p-1123785.html?p=NF280675894462016119
Daniel Lima

Qualquer um espera um celular assim

Daniel Lima
Qualquer um espera um celular assim
Flavio Toledo

Depende do uso tinha um aparelho da nokia com WP com carcaça traseira de plastico nunca quebrou no maximo marcas de uso mesma coisa com iPhone 5c coloquei somente pelicula vidro.

Flavio Toledo
Depende do uso tinha um aparelho da nokia com WP com carcaça traseira de plastico nunca quebrou no maximo marcas de uso mesma coisa com iPhone 5c coloquei somente pelicula vidro.
Flavio Toledo

tambem pensei mesma coisa borda na parte de cima seria ideial mas e para ser radical comprava se fosse frente inteira uma tela com mesmo recurso som direto da tela.

Flavio Toledo
tambem pensei mesma coisa borda na parte de cima seria ideial mas e para ser radical comprava se fosse frente inteira uma tela com mesmo recurso som direto da tela.
Cristina Nascimento

Aquela borda debaixo poderia ir pra cima, embaixo não precisa dakilo, ali poderia ficar tela com botões capacitivos virtuais como nos Nexus. Aí em cima fica a tela e o alto falante para ligações.

Cristina Nascimento
Aquela borda debaixo poderia ir pra cima, embaixo não precisa dakilo, ali poderia ficar tela com botões capacitivos virtuais como nos Nexus. Aí em cima fica a tela e o alto falante para ligações.
Cristina Nascimento

Plástico racha, arranha, fica feio tb com o tempo.
Quem tem top de linha tem q usar case, só celular abaixo do intermediário q dá pra arriscar. Parece q qnto mais caro o aparelho, pior é o material q o compõe. Eles já fazem justamente pra gente quebrar e comprar outro rápido. Não botam pra perder.
Não consigo viver sem case e película, dá medo. Não sou de derrubsr telefone, mas nunk se sabe,

Cristina Nascimento
Plástico racha, arranha, fica feio tb com o tempo. Quem tem top de linha tem q usar case, só celular abaixo do intermediário q dá pra arriscar. Parece q qnto mais caro o aparelho, pior é o material q o compõe. Eles já fazem justamente pra gente quebrar e comprar outro rápido. Não botam pra perder. Não consigo viver sem case e película, dá medo. Não sou de derrubsr telefone, mas nunk se sabe,
Flavio Toledo

sinceramente nao gosto de capas por isso sempre escolhi modelos com acabamento de plastico em vez de aluminio mas pelicula e dificil dispensar tela fica toda riscada alem proteçao mesmo minima.

Flavio Toledo
sinceramente nao gosto de capas por isso sempre escolhi modelos com acabamento de plastico em vez de aluminio mas pelicula e dificil dispensar tela fica toda riscada alem proteçao mesmo minima.
Cristina Nascimento

Fala isso pros caras q vejo comentando por aki e em outras postagens pela net afora q só usam o celular nu. Só de imaginar, meu coração dói. A gente nunk sabe qndo um acidente pode acontecer.

Exibir mais comentários