Início » Curiosidades » Estas são as gigantes de tecnologia que mais ajudam o meio ambiente

Estas são as gigantes de tecnologia que mais ajudam o meio ambiente

Pela terceira vez seguida, Apple fica no topo da lista, seguida de Facebook e Google

Jean Prado Por

Todo ano, o Greenpeace libera um relatório sobre as empresas de tecnologia que adotam políticas favoráveis ao meio ambiente, contribuindo para a redução do aquecimento global e outros problemas ambientais. Pela terceira vez, a Apple ficou no topo da lista, com nota A e pontuação de 83% no índice de energia limpa. Google e Facebook também tiveram boas notas, enquanto Netflix e Amazon não se saíram tão bem.

No relatório, disponível em PDF, o Greenpeace enfatiza a importância da preocupação com o meio ambiente no meio tecnológico, principalmente na manutenção de datacenters e produção de eletrônicos. A avaliação leva em conta tanto as políticas de uso de energia renovável já implementadas quanto o comprometimento e transparência das empresas em disponibilizar informações sobre o assunto.

Muitas companhias conhecidas não tiveram exatamente uma boa nota no relatório. Destaques negativos ficaram para empresas de cloud computing e streaming de vídeo, com o último tipo sendo responsável por 63% do tráfego global da internet em 2015. Nomes como HBO, Netflix e Vimeo receberam nota F no relatório, como mostra a imagem abaixo.

A Netflix pontuou 17% no índice de energia limpa, com nota mínima (F) nas seções de transparência e comprometimento com políticas renováveis. Me surpreendeu o fato de a empresa ter 26% de energia nuclear em sua matriz energética, criticada pelo Greenpeace, por oferecer “risco inaceitável ao meio ambiente e à saúde humana”.

Ela também recebeu nota F no setor de advocacia por energia renovável, enquanto Apple e Google foram elogiadas no relatório. Segundo o Greenpeace, ambas as companhias utilizam a sua influência para pressionar governos e outros setores de TI a se importarem com energia renovável em suas operações.

No entanto, o Greenpeace expressou preocupação na presença cada vez maior da computação na nuvem em prol da local, por conta da demanda por datacenters cada vez mais gastões para armazenar e transferir grandes quantidades de dados. A organização enfatizou no relatório que o comprometimento com políticas renováveis é muito importante porque a transição para a nuvem também significa um aumento no consumo de carvão e outros combustíveis fósseis.

Uma das empresas mais criticadas, além da Netflix, é a Amazon Web Services (AWS), por continuar investindo em datacenters com energia não renovável apesar de ter se comprometido a adotar políticas de energia renovável. Não é à toa que o índice de energia limpa da empresa caiu em relação ao ano passado, pontuando em 17% no relatório, também com uso de 26% de energia nuclear.

Por fim, o Greenpeace ressalta no relatório que o setor de TI é responsável por 7% do uso de toda a energia elétrica global, com expectativa de continuar crescendo. A organização completa que, felizmente, a adoção de energia renovável vem sendo priorizada por grandes empresas do setor.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

George Schildth

Ufa, depois de conseguirem terceirizar este probleminha com a ecologia do planeta, vão finalmente se livrar também das acusações de trabalho escravo de uma vez por todas!

George Schildth
Ufa, depois de conseguirem terceirizar este probleminha com a ecologia do planeta, vão finalmente se livrar também das acusações de trabalho escravo de uma vez por todas!
Tom Lobato

com seu argumento irônico, entendi que vc entendeu q falou merda :)

Tom Lobato
com seu argumento irônico, entendi que vc entendeu q falou merda :)
Carlos Felipe

Bom precisamos investir mais em energia eólica e solara!!

Carlos Felipe
Bom precisamos investir mais em energia eólica e solara!!
Lucas Sandoval

Pesquisem sobre o baixo capacity factor das energias eólica e solar. Não existe nenhuma wind farm ou solar plant que não esteja conectada ao grid convencional. Por que? Já viu solar gerar eletricidade à noite? Mesmo durante o dia a produção média é muito baixa. O problema das turbinas eólicas é que ela geralmente geral bastante eletricidade fora de horários de pico. Ou vc paga pra alguém absorver ou enfrente um blackout. Empresas de carvão e gás natural apoiam abertamente energia solar/eólica pois sabem que nunca pederão market share significativo.

Lucas Sandoval
Pesquisem sobre o baixo capacity factor das energias eólica e solar. Não existe nenhuma wind farm ou solar plant que não esteja conectada ao grid convencional. Por que? Já viu solar gerar eletricidade à noite? Mesmo durante o dia a produção média é muito baixa. O problema das turbinas eólicas é que ela geralmente geral bastante eletricidade fora de horários de pico. Ou vc paga pra alguém absorver ou enfrente um blackout. Empresas de carvão e gás natural apoiam abertamente energia solar/eólica pois sabem que nunca pederão market share significativo.
Danilo Cursino

Fonte: Arial 12

Danilo Cursino
Fonte: Arial 12
Rodrigo Brim

Tem fontes para pautar essa afirmação?

Rodrigo Brim
Tem fontes para pautar essa afirmação?
biutas

Lembre-se que a Foxconn não fabrica apenas Apple, portanto divida a culpa para todos os clientes da Foxconn.

https://en.wikipedia.org/wi...

Gabriel Lopes
Lembre-se que a Foxconn não fabrica apenas Apple, portanto divida a culpa para todos os clientes da Foxconn. https://en.wikipedia.org/wiki/Foxconn#Major_customers
biutas

não da não, quem paga os impostos da Foxconn é a Apple? A Foxconn fabrica apenas para a Apple?

https://en.wikipedia.org/wi...

divida essa culpa da Foxconn entre todas essas empresas que são clientes.

Exibir mais comentários