Início » Internet » Hoje é o dia do adeus ao Vine

Hoje é o dia do adeus ao Vine

Por
2 anos e meio atrás

Vine

Em outubro do ano passado, o Twitter anunciou o plano de acabar com o Vine. Entre os usuários fieis ao serviço havia a esperança de que a empresa mudasse de ideia ou, ao menos, vendesse a rede social, mas não teve jeito: esta terça-feira (17) é o último dia de “vida” do Vine.

Arranjar um comprador para um serviço com queda no número de usuários e que nunca gerou lucro seria difícil, de qualquer forma. Fala-se que apenas o Pornhub fez uma oferta pelo Vine — para transformá-lo em algo oficialmente “NSFW”. Mas a proposta foi recusada, provavelmente porque a direção do Twitter não a levou a sério: o pessoal do Pornhub tem um humor ácido, digamos assim.

Eles não perderiam a oportunidade (de fazer piada). Conteúdo adulto, de fato, ajudou o Vine a ser popular no início. Na tal proposta, Corey Price, chefe de operações do Pornhub, foi ainda mais provocativo ao dizer que a pornografia de seis segundos é mais do que suficiente para as pessoas que desfrutam dela. Daí o suposto interesse.

Vine - app

O Vine foi um investimento relativamente caro. A plataforma foi criada em 2012 e, no mesmo ano, o Twitter a comprou por US$ 30 milhões. O lançamento oficial aconteceu em janeiro de 2013, até que com bastante barulho: a ideia de publicar e apreciar vídeos curtos — de seis segundos — era mesmo atraente.

Mas essa coisa dos vídeos curtos também chegou a serviços como Instagram e, claro, Snapchat. Essas plataformas têm mais apelo, razão pela qual o Twitter não pôde fazer frente a elas, apesar dos esforços. Uma das últimas medidas adotadas foi o aumento do limite da duração dos vídeos para até 140 segundos. Não adiantou.

Com o término do serviço, os usuários não poderão mais publicar conteúdo ou interagir na plataforma, obviamente, mas os vídeos já produzidos ficarão disponíveis no site vine.co por tempo indeterminado.

Quanto ao aplicativo do Vine, bom, ele continuará existindo, mas passará a se chamar Vine Camera. Você poderá usá-lo para gravar vídeos curtos, mas só para publicá-los no Twitter ou armazená-los no seu smartphone para aproveitá-los de outra forma.

Descanse em paz, Vine.

Hoje é o dia do adeus ao Vine

Mais sobre: , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.