A Samsung causou uma situação, no mínimo, curiosa no mercado de smartphones (e não estamos falando do Galaxy Note explosivo).

Segundo reportagem da Forbes, a gigante sul-coreana encomendou tantos processadores Snapdragon 835 para o futuro Galaxy S8, que não está sobrando nenhuma unidade para o resto da indústria. Outras empresas estão tendo que optar por modelos mais antigos, como o Snapdragon 821 ou, em casos extremos, adiar o lançamento de aparelhos.

Samsung Galaxy S8?

Citando fontes não reveladas, a publicação afirma que essa situação seria uma das causas que motivaram a HTC a decidir por incluir o Snapdragon 831 na sua nova linha de smartphones U Ultra. Ainda de acordo com a Forbes, esse também seria o motivo para a LG não ter adicionado o novo processador da Qualcomm no futuro LG G6.

As fontes da matéria também afirmaram que, por conta disso, o mercado dificilmente verá muitos aparelhos com o novo processador “até o Galaxy S8 ser lançado”. A “preferência” pela companhia, no entanto, não chega a ser surpresa, afinal, a Qualcomm já havia divulgado que os processadores serão produzidos pela própria Samsung.

Apesar de estar provocando uma aparente “escassez” no mercado de processadores de última geração, o novo Galaxy S8 ainda vai demorar um pouco para ser lançado. Segundo rumores recentes, o lançamento foi adiado para abril deste ano. Há relatos de que esse tempo adicional será utilizado para testar melhor o Galaxy S8 antes de colocá-lo no mercado, evitando, assim, que um novo fiasco “exploda” nas mãos da companhia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João lucas
Eu sou super fã da samsung, mas, o mercado é para todos. Se eu fosse dono das outras empresas como a LG, só pra bater de frente com os próximos s8 é s8 edge, eu faria alguma negociação com a maçã ``Apple'' pra usar o A10 fusion que é bemmmm melhor que o snepdragom 835
LuizF
Por isso a google ta testando processadores da Intel nos novos pixel
Mario Junior ?????????
Não tem nada de "fanfic" nisso. A Samsung fabrica o Snap 835 e aproveita a parceria que tem com a Qualcomm pra ter prioridade no uso do processador. E não tem lógica nenhuma afirmar que isso é um "marketing". Afinal de contas a Qualcomm é uma empresa mundial, que quer lucro e não deixaria de ganhar rios de dinheiro com a venda dos processadores para as mais diversas fabricantes em troca de "marketing".
Raphael
Esqueci de mencionar q fora isso, nao trocaria esse telefone por nada!!! Foi o único smartphone até hoje, que a bateria dura o dia inteiro! E quando ta em 4% ainda dura pra caralho!!! Celular é um monstro!
Raphael
Tenho o Galaxy 7 edge... e pau a pau a camera do meu edge 6 era melhor! O que o 7 ganha é nas fotos noturnas!
ZiNani
É sua chance mediatek!!!
Kalifaz Ali
O proletariado geralmente não consegue desfrutar dessa maravilha da tecnologia, o meu lg prime duos esta firme e forte.
Rodrigo Brim
Não acredito que elas vão reduzir o ritmo. Pelo contrário. Demonstram ter estreitado o relacionamento, e desenhado boa parte das especificações juntas. Se isso se confirmar, a Samsung será a fabricante que vai extrair melhor a performance. Vamos acompanhar para ver o que acontece.
Panino, o Manino
Também quero saber se não terá Exynos para alguns mercados. Se a Samsung não vai continuar atualizando sua própria arquitetura que se provou ser boa. Será muito decepcionante se ela usar apenas o Snapdragon 835 porque apesar das atualizações na GPU e em outras áreas é uma ameaça de jogar a toalha da Qualcomm. Esse chip não usa a arquitetura dela, ele usará cores A72 (quase certo) "genéricos". Depois da boa demonstração de competitividade que ambas empresas deram vão as suas simplesmente jogar fora todos os esforços? É uma situação ridícula.
Jorge Luis
tb já li isso.
Rafael
Hahahaha
Rafael
Pelo que se lê por aí, a câmera do Google Pixel é a melhor existente.
Murilo Aquino
Fanfic ou não, JOGADA DE MESTRE
Don Ramón
Só por curiosidade, o que vc faz com as fotos feitas com o celular?
Rodrigo Brim
Imagino que ela tenha sido ouvida pela Qualcomm. Ficou clara a posição incorreta da Qualcomm no passado, se limitando a 4 núcleos. O Exynos provou isso. Dessa vez, a Samsung não deve visualizar nenhum ganho que justifique fazer o seu.
Exibir mais comentários