Início » Internet » Dropbox lança versão final do Paper, editor de texto que rivaliza com o Google Docs

Dropbox lança versão final do Paper, editor de texto que rivaliza com o Google Docs

Emerson Alecrim Por
3 anos atrás

Dropbox Paper

Em outubro de 2015, o Dropbox anunciou o Paper, serviço online para criação e edição de textos. O Google Docs (ou o Word Online) estava prestes a ter mais um rival, consequentemente. Só que o tempo foi passando e o projeto não saía da fase beta. Acabou que quase ninguém lembrava mais dele. Mas o Paper está bem vivo, tanto que acaba de ser disponibilizado em versão final. Antes tarde do que mais tarde.

O próprio Dropbox ressalta que o Paper foi desenvolvido para ser simples, mas isso não quer dizer que a novidade é pobre em funcionalidades. Todos os recursos de edição básica estão ali. Dá ainda para inserir vídeos e imagens com facilidade, integrar conteúdo de redes sociais (fotos do Instagram, por exemplo), sincronizar os documentos com agendas e notas compartilhadas, enfim.

Está bem claro que o Dropbox Paper também foi desenvolvido com foco em trabalho colaborativo. É fácil compartilhar documentos com outros usuários, assim como editá-los em grupo. Os recursos de revisão e organização ajudam muito nesse ponto. Até a comunicação foi pensada com cuidado: a função de comentários é organizada de um modo que lembra um chat.

Como o nome sugere, o Paper é um editor de textos, essencialmente. Mas o serviço também oferece um modo de apresentação que quebra um galho quando você precisa de slides. Não há um modo de planilhas, porém — no máximo, você pode inserir tabelas nos documentos.

Todos os documentos são guardados automaticamente no Dropbox, como é de se esperar. Você também pode acessá-los ou gerenciá-los diretamente do desktop: o Paper é compatível com o Smart Sync (antigo Project Infinite, lembra dele?), sistema de sincronização que mostra todos os arquivos da sua conta localmente, mas baixa somente aqueles que você quer abrir.

Smart Sync

O Dropbox Paper está disponível em 21 idiomas (português do Brasil no meio) e é gratuito para todos os usuários. A integração com o Smart Sync só está disponível para clientes corporativos, mas a empresa afirma que está estudando uma maneira de liberar o recurso para usuários individuais.

Mais sobre: , , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.