Olha a gente aqui!

Sabe aquele seu post feito no Twitter em uma madrugada qualquer, em que relembra o quanto gostava da música de abertura do programa TV Colosso? Pois bem, agora ele faz parte do acervo da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, a maior do mundo, e poderá ser consultado por historiadores no futuro. A novidade foi anunciada na conferência Chirp, em que foram apresentadas uma série de novidades para o serviço de microblog.

“Todos os tweets públicos já postados desde a criação do Twitter em 2006 serão arquivados digitalmente pela Biblioteca do Congresso. É uma quantidade MUITO GRANDE de postagens, diga-se de passagem: todos os dias são feitos mais de 50 milhões de posts, o que faz que os números totais estejam na casa dos bilhões”, escreveu o governo norte-americano em sua página no Facebook.

Para botar um pouco de ordem na coisa haverá uma lista com postagens “históricas”, como o primeiro tweet, feito por Jack Dorsey no início do funcionamento do serviço, o post de Obama em que ele agradece a seus eleitores por ter vencido a eleição de 2008 e dois tweets em que um fotojornalista é preso no Egito e outro em que é solto por conta de uma série de protestos feitos via internet, por exemplo. Já as atualizações feitas por usuários que têm contas fechadas ao acesso público não serão arquivadas pela biblioteca. [DVICE]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arimathéia
E os usuários deram permissão para isso? Meus pensamentos pertencem a eles agora?
Rafael
Achei isso um desrespeito... Os tweets são meus, não do Twitter (para que ele possa vendê-los desse jeito). Algumas pessoas comparam isso ao Google indexar os tweets, que não faz nenhuma diferença essa história pra do Google, mas faz sim! O Google armazenará o index até que eu delete o tweet mas a Biblioteca vai armazenar pra sempre!!!! :x
Hernani
Será que seu eu xingar o Obama meu tweet será histórico?
Rafael Silva
Junto com a cor da sua cueca, hahahahah!
tplayer
Agora minha mãe já pode ficar orgulhosa de mim, fiz minhas opiniões chegarem em um local importante.