“Decidimos parar de oferecer suporte a anúncios de 30 segundos não puláveis a partir de 2018 e focar em formatos que funcionem bem tanto para usuários quanto para anunciantes”. Foi isso o que um porta-voz do Google declarou ao Campaign.

Dois pontos:

  1. O YouTube também suporta anúncios de 15 e 20 segundos que não podem ser pulados. 15 e 20 são menores que 30, então eles continuarão existindo. Mas a expectativa é que haja um aumento das propagandas de 6 segundos, menos ruins.
  2. O ano de 2017 só começa de verdade, mesmo, daqui a duas semanas, então ainda teremos que esperar bastante até 2018.

Mas é melhor que nada.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leila Cristina da Conceição
É uma verdadeira bosta ter que pular 7,8vezes anuncios dd videos no youtube
Joao Paulo Andrade
Visto que o assunto é propaganda, gostaria de fazer uma pergunta para vocês. Já procurou alguma vez um hotel na internet? Você reparou a quantidade de preços diferentes que o mesmo quarto pode ter? . Trivago compara os preços de mais de setecentos mil hotéis e mais de duzentos sites de reserva de uma só vez, é só acessar trivago.com.br, digitar o lugar para onde quer viajar. Hotel? Trivago.? ;)
Adriano Matos
Ah sim! Tem que estar com o controle na mão para pular no final dos 5 segundos ou é aquele momento "de volta a tv aberta", esperando o fim do comercial :D
Carlos Taylor
me refiro aquela hora que o controle ta longe e da preguiça de ir pegar sabe.. Acontece quando estamos assistindo alguns vídeo grandes ou a uma programação feita pela gente mesmo no "assistir mais tarde"..
Adriano Matos
Dá pra pular!
Antony
Passei só pra lembrar que a MS continua cobrando patentes do Android que nunca foram divulgadas publicamente de todos principais fabricantes. Sim, se a Google puder fod** com a MS, ela vai f**er
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

Lógica sanguinária de mercado. A Microsoft fez uma merda igual com o Netscape... Enfim.
O Tubecast ainda não apresentou uma solução própria, e por isso estou pensando em usar a contra gosto o myTube, por ter um histórico próprio

Jack Silsan
Lógica sanguinária de mercado. A Microsoft fez uma merda igual com o Netscape... Enfim. O Tubecast ainda não apresentou uma solução própria, e por isso estou pensando em usar a contra gosto o myTube, por ter um histórico próprio
Marcos Oliveira
eles tem todo o direito de fazer isso e blábláblábláblá... mas essas travadas que foram minando o Windows Phone, quem usava os serviços da google (o mundo todo) se estrepavam na plataforma e eles eram obrigados a manter suporte no iOS. Foram muito canalhas nesse ponto
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

E é verdade - o Google alterou a API e não é mais possível ver o histórico por meio de apps de terceiros. Acho que o myTube criou uma solução própria para resolver esse problema, não sri bem como. O Tubecast deverá seguir o mesmo caminho

Jack Silsan
E é verdade - o Google alterou a API e não é mais possível ver o histórico por meio de apps de terceiros. Acho que o myTube criou uma solução própria para resolver esse problema, não sri bem como. O Tubecast deverá seguir o mesmo caminho
Carlos Felipe
tem anuncio que passa praticamente em todos os vídeos....persegue a porcaria!!!!
Marcos Oliveira
vc está conseguindo ver o histórico no app? A um tempo atrás, alegaram que a Goolge barrou isso na API...
Theo Queiroz
Tem já um tempo que quero assinar o Spotify ou o Deezer, mas é exatamente por isso que não cancelo minha conta do Google Play Music: Youtube sem propagandas. Acho que tem uns 3 anos que não sei o que é assistir propaganda no começo dos vídeos.
@Sckillfer

Essas propagandas seriam melhores se não cortasse o video do nada... Fossem inseridas num momento mais propicio.

Exibir mais comentários