Os primeiros processadores da linha Ryzen serão lançados no próximo mês, mas você já pode comprá-los em pré-venda, inclusive no Brasil: por aqui, a loja Kabum é a parceira da AMD no lançamento dos novos chips. Só não espere preços lá muito convidativos.

AMD Ryzen 7

Como adiantei aqui, a AMD está lançando três processadores high-end, com o modelo Ryzen 7 1800X sendo o mais avançado nas especificações e, portanto, o mais caro. Estes são os preços na Kabum:

  • Ryzen 7 1800X: R$ 2.576,35 (US$ 499 nos Estados Unidos);
  • Ryzen 7 1700X: R$ 1.999,88 (US$ 399);
  • Ryzen 7 1700: R$ 1.646,94 (US$ 299).

Eu apostei que cada modelo iria custar uns R$ 500 a menos do que esses valores. Pois é, fui otimista demais. Mas pelo menos é possível obter 15% de desconto no pagamento à vista com boleto bancário. Assim, o Ryzen 7 1800X sai por R$ 2.189,90, por exemplo.

Temos que levar em conta, porém, que os três processadores são mais baratos que as opções equivalentes da Intel — e, segundo a AMD, mais rápidos também: em benchmarks recentes, o ganho de desempenho na comparação com os chips concorrentes variou entre 9% e 46%.

Lisa Su, CEO da AMD, apresentando o Ryzen

Lisa Su, CEO da AMD, apresentando o Ryzen

É prudente esperarmos por testes independentes para termos certeza do desempenho, mas, no quesito bolso, a linha Ryzen 7 realmente ganha. Os preços dos rivais diretos na Kabum são os seguintes:

  • Core i7-6900K (rival do Ryzen 7 1800X): R$ 5.882,24 (mais que o dobro!);
  • Core i7-6800K (Ryzen 7 1700X): R$ 2.294,00;
  • Core i7-7700K (Ryzen 7 1700): R$ 1.694,00.

Os três processadores da Intel também têm opção de 15% de desconto no boleto, mesmo assim, continuam sendo mais caros que os chips da AMD.

Se você acha que não precisa de tanto poder de fogo ou simplesmente quer algo mais em conta, basta esperar. Ao longo dos próximos meses, a AMD lançará processadores mais baratos. As linhas Ryzen 5 e Ryzen 3, que concorrerão com os chips Core i5 e Core i3, respectivamente, custarão entre US$ 129 e US$ 259, segundo estimativas. Poderemos encontrar opções por menos de R$ 1 mil, portanto.

De acordo com a Kabum, as unidades adquiridas agora, na pré-venda, deverão ser enviadas até 20 de março. Por enquanto, a loja é a única que está comercializando os novos chips no Brasil.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Helmut
Na verdade, não. Ontem vazou o primeiro teste.
nowinskit
Minha iGPU é pouco antiga e não tem o mesmo desempenho das mais novas, mas ela fez 60% do desempenho de uma r9 390/GTX770 no benchmark do CAD. Se pegar uma mais recente deve chegar uns 80% ou se igualar. Muita gente não vai querer gastar extra para ganhar pouco desempenho. Ainda mais em países pobres como Brasil que as pessoas precisam economizar bastante pelo alto custo de eletronicos. Minha iGPU é da geração Haswell e em edição de vídeo já ajuda muito comparado a ter somente o CPU. A iGPU não vai ter o mesmo desempenho de uma dedicada mas ela vai servir como custo x beneficio excelente para quem não precisa de uma dedicada para ganhar um pouco de desempenho. O CAD é um programa single-thread, o desempenho baixo dele com placa dedicada é por causa disso, ele atinge o teto no single-thread do CPU e não consegue extrair desempenho extra das GPU's fortes. Por isso uma simples iGPU consegue fazer 60% do desempenho de uma placa 10x mais forte. Na renderização de vídeo que usa a GPU para acelerar efeitos a iGPU entregou 70% do desempenho da r9-390. O programa usado foi o Vegas que faz uso de OpenCL e tem o código bem trabalhado para as placas da AMD. Só para comparar a HD4600 tem ~400Gflops de poder de computação, enquanto a GTX770 tem ~3Tflops e R9-390 tem ~5Tflops. O poder computacional acaba não se mostrando tão importante na prática, que fica limitado em muitos casos pelo nível da programação. Mesmo no teste pior em que a HD4600 foi 2x mais lenta que a 390 sendo que ela tem 12x menos poder computacional, se for ver o lado do CxB a iGPU é a melhor opção. Mas só frisar que meu comentário não foi em suporte a colocar iGPU nos Ryzen de 8 cores que é inviável, já que o espaço no die foi usado para os núcleos extras. A iGPU fica viável nos CPU's de 4 núcleos como a Intel faz, a linha extreme da intel não possui iGPU de qualquer modo. http://i.imgur.com/GSZjLxD.png http://i.imgur.com/BrGARVL.png
ばか

Pelo que sei, programas de edição de vídeo e cad tiram proveito dos núcleos CUDA ou SP para acelerar o desempenho, tanto que a própria AMD e nVidia vendem com marketing sobre estas duas aplicações, alias, iGPU no cad eu acho que só da conta em projetos simples, em algo mais complexo uma dGPU se torna realmente fundamental.

Bruno ?
Pelo que sei, programas de edição de vídeo e cad tiram proveito dos núcleos CUDA ou SP para acelerar o desempenho, tanto que a própria AMD e nVidia vendem com marketing sobre estas duas aplicações, alias, iGPU no cad eu acho que só da conta em projetos simples, em algo mais complexo uma dGPU se torna realmente fundamental.
nowinskit
No caso das APU's da AMD infelizmente quando se coloca uma GPU dedicada você perde acesso a GPU GCN integrada da APU porque AMD não se importa muito com isso. Mas esse não é o caso do vídeo integrado Intel que você pode manter ativo junto da placa dedicada. A AMD é mais avançada em 3D contra Intel, mas a Intel tem iGPU com codec no hardware que codifica H264, H265 e decodifica os 2 anteriores mais VP9 com qualidade e desempenho bem aceitos no setor entusiasta de vídeo. A AMD é o patinho feio nesse ramo. Muita gente que tem uma GPU dedicada da AMD tem um codec de vídeo melhor na GPU integrada da Intel. Eu mesmo faço uso da minha GPU integrada para gravar gameplays com minha placa dedicada ou mesmo na hora de editar vídeos usar ele para codificar pois a qualidade é superior ao que vem na GPU dedicada da AMD. Para quem vai ter um CPU com muitos núcleos ociosos que é o caso do Ryzen esses codecs de vídeo integrados não vão fazer tanta falta, mas ainda assim quem compra 1 CPU sem foco em jogos e apenas para outras tarefas profissionais especificas usar uma GPU integrada é suficiente. Acredito que depois AMD vá lançar APU's quad core com núcleo ZEN. Vou citar exemplos, aceleração de ediçao de vídeo e mesmo o CAD para engenharias encontram na iGPU poder suficiente para chegar próximo ao desempenho de placas dedicadas já que esses programas não conseguem utilizar todo poder de uma placa dedicada. Logo quem usa programas similares não tem tanta necessidade de placa dedicada.
Keaton
Queria ter cacife pro R7 1700, mas vou ter de esperar pelo R5 ou R3 :P
CtbaBr©

O calculo usado pode ser diferente, mas convenhamos, o resultado é sempre o mesmo... Preços exorbitantes!
Depois esses "senhores do poder" não entendem porque o Brasil parou! Nenhum País cresce ou se desenvolve no isolamento, esse nosso auto-embargo é um suicídio de Estado!

CtbaBr
O calculo usado pode ser diferente, mas convenhamos, o resultado é sempre o mesmo... Preços exorbitantes! Depois esses "senhores do poder" não entendem porque o Brasil parou! Nenhum País cresce ou se desenvolve no isolamento, esse nosso auto-embargo é um suicídio de Estado!
Rafael Andrade
Realmente, pessoa jurídica é diferenciada. Empresas são obrigadas a fazer o desembaraço alfandegário, nacionalizando o produto importado, e, portanto recolhendo todos os impostos. Incidem: Imposto de Importação (II), PIS, COFINS, ICMS (ISS em caso de serviço), IPI, além claro do IOF, taxas aduaneiras, entre outras. Os impostos devem ser pagos a cada órgão competente. (Os produtos podem ter isenção. Ai cada caso deve ser analisado. Não é o caso de componentes eletrônicos finalizados.) O valor declarado do produto devem ser condizentes com o valor comercializado no exterior ou possuir provas que justifiquem o valor declarado. Outra que para empresas não existe limite de isenção. O que existe são opções. Caso seja uma pequena existe o Importa Fácil dos Correios, mas o valor é limitado a US$ 3000.00. Nesse caso a liberação do produto não precisa ser feita por um agente alfandegário. As taxas são pagas nos correios que nacionaliza a mercadoria. O @robsonc:disqus apenas simplificou para dar uma ideia da dimensão dos nossos impostos. Todos os impostos acima descritos, são, em média, 60% do valor do produto, mas pode chegar até 100%. Eu achei os preços a vista anunciados pela Kabum até que condizentes com os preços praticados lá fora. Acho que a AMD realizou um bom trabalho pra trazer esses processadores pro Brasil. Hoje o dolar está cerca de 3,066. O processador mais baixo sairia cerca de R$ 1008,00. Com os 60% de impostos (pra ficar mais fácil mensurar) ficaria cerca de US$ 527.00 ou R$ 1615,00. Isso sem contar as margens de lucro e tal. Esse caso é totalmente diferente da Apple com seus Macbooks e da Sony no PS4 que sai R$ 4000,00 reais.
Guaip
A taxa de importação depende do tipo de item importado, não sei qual é no caso. Não é esses 60% genéricos, mas pode ser que seja 60%, 40%, 20%, 100%... enfim. Mas tem que levar em consideração que não pode-se colocar a taxa em cima do preço de varejo dos EUA, pois isso vem do fornecedor, logo, não tem a margem de lucro do vendedor final do preço exportado. No fim das contas, o valor alto é uma combinação de hype de lançamento, impostos e custo Brasil.
Rangel Xneko
hmm minha vida toda todas as lojas praticam preços que "coincidentemente" bate com os 60% de imposto emeletrônicos, tem certeza disso? Pois nenhuma vez na minha vida toda vi preços que cairiam abaixo da regra dos 60%, e sempre são levemente acima, seria coincidencia então e as lojas estão praticando 70-80% de lucro? interessante... Não leve a mal, mas tem algo errado nessa história, tenho quase certeza que os 60% se aplicam igual, talvez as lojas sempre comprem bem acima dos 500 dolares para conseguirem repor estoque por exemplo? Mas a conta sem os 60% não fecha em nenhum produto, pode me dar um exemplo se for o caso.
Cvrtlik
Alguém falou que pode nem vir Apu Zen agora....não entenderia por quê?
Cvrtlik
A questão é que o tal preço que esperávamos só veio no 1800x, nos outros quase não há diferença. Para quem precisa provar é ruim no mercado...Espero que os preços caiam.
Cvrtlik
Se o R5 1300 tiver o mesmo desempenho mesmo com clock abaixo, ok, mas ainda preciso de provas. Realmente a AMD até agora em questão de preço está me decepcionando. Há u ma vantagem grande no 1800x, mas nos outros não.
Cvrtlik
Que multilpicar por 60% o quê!? Pessoa jurídica é diferenciada, e os 60% é sobre o que exceder a 500 dólares..., então não faça conta sem saber direito.
Exibir mais comentários