Início » Computador » Efeito AMD: Intel reduz preços de todos os processadores

Efeito AMD: Intel reduz preços de todos os processadores

Por
17 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Faz tempo que a Intel não tem concorrentes à altura para seus processadores: os AMD FX, que até pareciam promissores, não vingaram e continuaram afundando a fatia de mercado da empresa, que já era baixa. Parece que isso está começando a mudar: na mesma semana do lançamento dos AMD Ryzen, a Intel decidiu reduzir os preços de todos os seus chips.

Os principais chips da Intel sofreram cortes substanciais nos preços, do fraco Pentium G3248 ao poderoso Core i7–6950X. Uma das maiores reduções foi no Core i7–6900K, apontado como concorrente direto do Ryzen 7 1800X, que caiu de US$ 1.199 para US$ 999. Ainda assim, o preço está bem acima do processador mais caro da AMD, que foi lançado por US$ 499.

AMD Ryzen

Esta lista, compilada pelo Wccftech, mostra todas as reduções nos Estados Unidos:

  • Intel Core i7–6950X: US$ 1.599 (redução de US$ 300)
  • Intel Core i7–6900K: US$ 999 (redução de US$ 200)
  • Intel Core i7–6850K: US$ 549 (redução de US$ 150)
  • Intel Core i7–6800K: US$ 359 (redução de US$ 140)
  • Intel Core i7–5820K: US$ 319 (redução de US$ 100)
  • Intel Core i7–7700K: US$ 299 (redução de US$ 80)
  • Intel Core i7–6700K: US$ 259 (redução de US$ 140)
  • Intel Core i7–4790K: US$ 279 (redução de US$ 90)
  • Intel Core i7–7700: US$ 289 (redução de US$ 50)
  • Intel Core i7–6700: US$ 259 (redução de US$ 90)
  • Intel Core i5–7600K: US$ 199 (redução de US$ 70)
  • Intel Core i5–6600K: US$ 179 (redução de US$ 90)
  • Intel Core i5–4690K: US$ 189 (redução de US$ 70)
  • Intel Core i5–7500: US$ 189 (redução de US$ 30)
  • Intel Core i5–6500: US$ 179 (redução de US$ 50)
  • Intel Core i5–4590: US$ 159 (redução de US$ 60)
  • Intel Core i3–7350K: US$ 159 (redução de US$ 20)
  • Intel Core i3–7100: US$ 114 (redução de US$ 15)
  • Intel Core i3–6100: US$ 109 (redução de US$ 20)
  • Intel Pentium G4400: US$ 49,99 (redução de US$ 20)
  • Intel Pentium G3258: US$ 49,99 (redução de US$ 27)

Mesmo os processadores de gerações passadas, como o Core i5–4690K, se tornaram mais competitivos com os cortes. E, embora o Ryzen 7 1800X ainda seja bem mais barato que o equivalente da Intel, os outros chips Ryzen agora ficaram mais caros e vão ter que enfrentar a forte guerra de preços. Estes eram os processadores concorrentes dos novos Ryzen 7, segundo a AMD:

  • Ryzen 7 1800X: US$ 499 (R$ 2.576) contra US$ 999 do Core i7–6900K
  • Ryzen 7 1700X: US$ 399 (R$ 1.999) contra US$ 359 do Core i7–6800K
  • Ryzen 7 1700: US$ 329 (R$ 1.646) contra US$ 299 do Core i7–7700K

A AMD deve revelar mais processadores nos próximos meses, que deverão carregar os sugestivos nomes Ryzen 5 e Ryzen 3 — sim, você acertou, eles serão concorrentes diretos dos Core i5 e Core i3. A empresa anda bem animada com seus novos chips, tendo divulgado que eles são até 46% mais rápidos que os equivalentes da Intel. Benchmarks independentes ainda não foram divulgados.

Ah, a concorrência…

  • Marcus Araújo

    Espero que agora vá. Está na hora de termos um novo “Athlon XP” com a AMD… A Intel tem se acomodado bastante, cobrando o mesmo ou mais caro em processadores praticamente equivalentes que não trazem muito poder real de processamento em relação às gerações anteriores. Fato é que ninguém nota muitas diferenças práticas entre um i3 de terceira e sexta gerações.

    • Diego Oliveira

      Na verdade nem precisa ser de 3ª geração, comprei um notebook antigo com um i3 de 1ª geração de um amigo, coloquei mais ram e um ssd e sinceramente, na pratica está tão rápido quando o meu pc fixo (sem ssd) e com processador i3 de 4ª geração.

      • Marcelo Mosczynski

        SSD reviveu um notebook i3 de 4 anos, fazia tempo que não mexia com computador (montar), quando reclamei com meu irmão. (Que agora é o responsável pelo hardware aqui!!!), só me recomendou trocar o HD pelo SSD.

  • Luiz Henrique

    “sugestivos nomes Ryzen 5 e Ryzen 3 — sim, você acertou, eles serão concorrentes diretos dos Core i5 e Core i3”

    Criatividade 10/10

    • Paul

      Mas deve ter sido proposital.E sinceramente, é até mais fácil pra nós consumidores, que estamos familiarizados com a linha da Intel.

    • Não é de hoje que a AMD faz isso. Na época dos Athlon XP, os modelos eram tudo Athlon XP 2400+, Athlon XP 2800+, para indicar que eram concorrentes do Pentium 4 de 2,4 ou 2,8 GHz (mas os Athlon tinham frequências mais baixas; entregavam mais desempenho por clock que os Intel).

      Bons tempos.

      • Helbert Luiz Paulino

        A AMD sempre fez isso, desde a época dos k6 (performance reference)

    • John Smith

      Às favas com a criatividade. O que importa é a facilidade de compreensão pelo consumidor.

    • Eduardo Alvim

      Criativo foi nomear de Intel 64 o conjunto de instruções AMD 64, criado por esta última e licenciado pela primeira.

      • Antony

        Na verdade o Intel 64 tem (ou tinha?) diferenças, inclusive inicialmente eram incompatíveis (softwares compilados pra amd64 são diferentes de softwares compilados para ia64). Lembro especificamente desses problemas na transição das distros linux para 64 bits.
        — Fui pesquisar mais sobre o assunto, e verifiquei que a primeira arquitetura 64 bits da Intel não foi a Intel 64, e sim Itanium (ia64). As arquiteturas Intel 64 e amd64 sempre foram compatíveis

        • Eduardo Alvim

          Isso aí. Intel 64 e ia64 são bichos distintos.

  • Paul

    Ah, a concorrência…
    Só faz bem pro mercado e principalmente para nós, consumidores:mais opções de produtos e preços.
    Torcendo pra que dê tudo certo pra AMD e que esses processadores sejam tudo isso msm.

    • Bruno Sousa

      Livre concorrência. ❤️

  • Gabriel B.R.

    A solução para o preço alto dos processadores Intel em terras tupiniquins seria aprovar uma lei pra ampliar o poder de uma Anatel da vida pra “proteger” o consmuidor. É isso que fazem com operadoras de telefonia, planos de saúde e etc.

  • Fábio

    A boa e velha concorrência…

  • Alberto Prado

    Realmente, agora o 1700/1700x deixaram de ser interessantes. Isso era o que eu não queria exatamente. Entra em uma guerra de preços com a Intel é muito ruim. A Intel tem poder de fogo pra leva prejuízo por anos a fio e pode deixa a AMD como um zumbie. Nem morta, nem vivo, só suficiente para dizer que ela tem uma concorrente, mas que na realidade não tem capacidade reagir.

    • John Smith

      Não acho que deixaram de ser interessantes porque não é apenas o preço o fator determinante. Há de se pensar, por exemplo, que a Intel quase sempre troca de socket de ano em ano, ou dois em dois, enquanto a AMD tradicionalmente faz suas plataformas durarem mais tempo, o que favorece upgrades.

      Espero realmente que a AMD consiga manter uma concorrência férrea à Intel.

      • Alberto Prado

        Sim. Mas aí depende do cenário. Se a pessoa for troca a plataforma inteira e ela costuma fica um bom tempo com ela, talvez isso não faça muita diferença pois ela terá que troca tudo de novo.
        Eu tenho um Phenom II 1100T com DDR3 16000 até hoje e antes era um Athlon x4 com DDR2 1066. Ou seja, sempre troquei a plataforma inteira por conta da memos.
        Só se a placa mãe tiver bem mais recursos e for mais barata na AMD do que na Intel.

    • Fábio

      Exato. Provavelmente o plano em questão agora é fazer os processadores AMD encalharem.

    • godlass

      Como isso pode ser ruim? Deixa de ser bobo. Isso e ótimo pro cliente, pro consumidor final.

      • Alberto Prado

        A curto prazo é bom, mas no longo não.
        AMD não tem caixa pra competir com a Intel em uma guerra de preços. A Intel já quebrou as duas pernas da AMD antes fornecendo processadores a grande montadoras como Dell e HP com preços até abaixo do custo em alguns momentos e pode fazer isso novamente. E veja no que deu, a Intel reinando sozinha, ditando os preços e a evolução tecnológica nos últimos 6 anos.
        A AMD primeiro tem que coloca a empresa nos eixos, operar no azul, continuar fazendo bons produtos para puxa a evolução e quando tiver musculatura entra em uma guerra de preços.

  • Marcogro

    Minha expectativa era que isso acontecesse, seria o passo mais evidente por parte da Intel… Mas só não gostei que desvalorizou meu i5 4590… Pohha Intel?

    • Bruno Ribeiro da Silva

      Tenho um 4590 também. Estou com ele há quase um ano (tinha um 3330). I5 é excelente pra jogos, pois os mesmos não se beneficiam de threads, apenas cores e ainda nem dominaram 4 cores tanto assim.
      Mas é MUITO BOM ver a rival AMD lançando um produto realmente inovador em termos de tecnologia (litografia, tdp), especificação (números técnicos) e com quêm ela tá vindo pra brigar, no caso os flagship da Intel (os socket 2011 etc).
      Força AMD! Fan-choice à parte, é bom ter empresas brigando entre si.

      • Marcogro

        O i5 4590 é valente…

  • Bruno ✔

    Se não me engando a Intel não baixou o preço de nada, foi só uma loja nos EUA que esta fazendo uma promoção ai o wccf saiu dizendo que a Intel baixou os preços.

    • CtbaBr

      Bem… Se não baixar o preço e melhorar os produtos, a Intel perdera mercado, isso é certo!

      • Bruno ✔

        Duvido que abaixe o preço, ela prefere competir usando outros “métodos”, já tem rumores por ai dizendo que a Intel estaria tentando interferir em reviews do Ryzen e forçando contrato de exclusividade com algumas empresas na aquisição de Xeons, já que os AMD Naples deve chegar chutando o pau da barraca na area de servidores.
        Outras informações dizem que haverá um i5 com HT e novos i7 (1151 e 2011-3) sendo um deles de 12 núcleos, se isso for verídico ai sim deve ter um reajuste nos preços.

        • CtbaBr

          Cara, eu espero que essa “briga” dure muitos anos!
          Isso certamente trara novas tecnologias e “preços competitivos”!

    • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Exatamente! E pra completar, foi apenas na loja física..

  • Marlon André

    Espero que essa redução chegue para nós. 🙂

  • Fernando Ivanovitis

    Impresa mercenária essa intel, Não vê um centavo meu

  • Ainda bem que as picateragens da Intel na época do Pentium 4 não chegaram a matar a AMD, será que ela também voltará um para a arena dos processadores para notebooks?

    • Marcus Araújo

      Espero que sim, nos últimos anos não houve uma boa alternativa de notebook com processadores da AMD, só aqueles C-50/C-60 competindo com Celeron pra ver quem conseguia ser o pior.

    • Antony

      Processadores da AMD sempre tiveram problemas com aquecimento excessivo (desde o K5 até os FX), não sei se seriam uma boa opção para notebook.

      • McLovin

        Tiveram, não quer dizer que continuarão tendo. A linha Ryzen usa litografia de 14nm e têm TDP mais baixo, o que indica uma melhora significativa nesse aspecto.

      • Arthur Bittencourt

        fx nao esquenta, nunca tive problemas com fx8320e @4.0ghz

  • CtbaBr

    Sem a concorrência da AMD, a Intel andava apática, até já cogitavam focar somente no mercado corporativo (Xeon), agora com essa “Rayzada” da AMD acordaram!
    Espero que os “senhores” da Capital do Império (Brasília) se inspirem nesse exemplo!

  • ToxicBR

    Os da Intel ainda estão mais caros, por que a AMD foi esperta.
    Ela comparou os modelos dela com os ‘concorrentes’ da Intel na faixa de preço.
    O detalhe porem, é que os processadores da AMD dão uma surra nos da Intel do mesmo preço.

    Pelos testes vazados, bem verídicos, mas ainda não confirmados, o Ryzen 1700 (US$ 329) possui o desempenho superior ao i7 6800K (US$ 359).
    O Ryzen 1700X (US$ 399) superior ao i7 6850K (US$ 549)
    E por fim o Ryzen 1800X (US$ 499 ) superior ao i7 6900K (US$ 999).

    Para se ter uma ideia do desempenho desses Ryzen, o teste do modelo R5 1600X (somente US$ 259) teve desempenho entre o i7 6800K (US$ 359). e o i7 6850K (US$ 549).

    Para a Intel estar se movendo, é por que vem coisa boa aí.
    Edit: O Ryzen 7 1800X com overclock usando Nitrogênio Liquido quebrou o recorde mundial no Cinebench R15, e o mesmo, processador, com um overclock simples usando um bom Air Cooler, superou o I7 6950X (de 1700 f*cking dolares);

    • Antony

      “Testes vazados, bem verídicos, mas ainda não confirmados”
      ?!?

      • ToxicBR

        É por que os reviews não podem postar números reais de overclock e frequência enquanto estiverem com embargo da AMD, que termina dia 02/03.
        Eles podem apenas mencionar as perspectivas de resultados. E outras pesssoas acabam vazando scores de benchmarks que corroboram o que os reviewers falaram.

  • Souza

    Eu tenho um PC com uma ECS extreme black edition com um Phenom II X4 3.0 + 8 GB de RAM. Um conjunto de quase 7 anos.
    Enfim, valeu cada centavo.
    Na época esse AMD foi quase 400 reais mais barato do que um Intel de mesmo nível.
    Compro Intel também, mas é preciso comparar sempre pra não jogar dinheiro fora.

  • Keaton

    Finalmente a AMD parece ter acertado a mão dos processadores…

    Nota: i7-7×00 não tá nessa lista, só os da geração “passada”. o.x

  • Bruno Ribeiro da Silva

    Depois de muitos anos, sonhando montar um novo Setup com AMD (Ryzen 7 1800x) novamente, pelo menos na CPU.
    Sucesso AMD!

  • godlass

    Obrigado AMD. Agora posso comprar um processador mais barato e melhor.

  • Carlos Eduardo

    Ate quem fim esse Ryzen chegou pra abaixar os preços da Intel.. no final, nós que ganhamos com isso e to ansioso pra ver os bench real desses Ryzen 7 ( principalmente os 1800X )