Você pagaria o dobro do preço para ouvir músicas de alta fidelidade no Spotify? O serviço de streaming começou a testar um recurso chamado Spotify Hi-Fi com um pequeno grupo de usuários, para concorrer com opções como o Tidal. A novidade acrescenta músicas com “qualidade de CD” e outros benefícios para quem pagar um valor adicional na assinatura.

Nem o preço e nem as vantagens do Spotify Hi-Fi estão definidas. O serviço parece estar fazendo testes de “aceitação” com vários usuários. O The Verge publicou uma oferta que inclui música de alta fidelidade por US$ 10 a mais por mês — basicamente dobrando o valor da assinatura, que é de US$ 9,99 nos Estados Unidos.

Mas outro usuário recebeu uma oferta diferente: por apenas US$ 5 a mais por mês, ele ganharia, além das músicas sem perda de qualidade, um vinil gratuitamente e descontos na compra de vinis de edição limitada. Parece bem mais interessante, mas essa oferta provavelmente ficaria restrita a poucos mercados, se realmente for a opção escolhida pelo Spotify. Outro preço que está sendo testado é o de US$ 7,50.

Um plano mais caro pode ser uma trégua para o Spotify, que sangra dinheiro a cada ano e ainda não conseguiu lucrar, mesmo depois de mais de 10 anos de operação. O grande problema do Spotify é que, quando o número de usuários aumenta, os gastos com royalties de músicas crescem numa proporção ainda maior, piorando o rombo da empresa.

Oficialmente, o Spotify diz que “sempre está testando novos produtos e ofertas”, mas que ainda não está revelando detalhes do Spotify Hi-Fi. Quanto você pagaria a mais para ouvir músicas lossless por streaming?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Santos Dutra
O cd tem exatamente 1411 kbps, mas o formato FLAC pode ultrapassar isso.
Victor Freire
Eu odiava usar a versão free do Spotify pra Windows porque eles mandavam propagandas em vídeo, e era video com qualidade de imagem máxima, que travavam a minha conexão com a internet. Eu não ligava pras propagandas em áudio, mas as em vídeo eram de matar. E tudo fora de contexto, como você falou.
Pedro Henrique Bonifácio
Ou limitar a quantidade de músicas por dia.
tuneman
eu tenho uma seleção de músicas "de festa". tipo, rocks que todo mundo gosta. assim quando tem uma festa da galera eu levo junto e coloco tocar.
Caio
Mesma coisa comigo, testei vários serviços e depois acabei ficando com o Spotify. Acho que um modelo como o do Apple Music é mais sustentável e ainda mantem a proposta de atrair os clientes.
Luciano Lima
Eu estou escutando tanto Podcast, que já penso em cancelar a minha assinatura do Spotify. É meio estranho, mas acho que estou perdendo tempo ouvindo música a Podcast ?
Renan Araújo
Eu virei Premium depois do gratuito, acho ele interessante pra atrair clientes. Eu apostaria numa diminuição no tempo de trial. 72 horas, por exemplo. Mas aí vem do cliente. Eu testei alguns serviços de streamming já com intenção de pagar, só queria ver qual eu me identificaria mais... Btw, ainda acho os 26 e pouco do meu plano família barato pelo o que ele oferece :P
Renan Araújo
Issso seria bem específico pra aquela pessoa audiófila, ou trabalhe com música. Pra quem usa transporte público, com todo aquele alvoroço, e na academia, etc, acaba não tendo tanta diferença... Qualidade extrema e uns fones legais já funciona bem pra mim
Magnosama
Só uso Bluetooth tbm, pela praticidade... dificilmente uso a conexão por cabo, apenas em percursos longos, o que é bem raro.
Valter
Até o pen drive eu estou aposentando, como no som do meu carro tem bluetooth eu ouço as listas off-line do Spotify via bluetooth mesmo, pen drive dá trabalho ficar atualizando com novas músicas, hehe.
Valter
Pior não são as propagandas, são propagandas fora do contexto, exemplo, quando eu estava ouvindo uma lista de música pop ou rock vinha lá uma propaganda feia e ridícula (no jeito de falar) de uma lista de sertaNojo universitário, é pra acabar!.
Theo Queiroz
A assinatura do Play Music ainda tira os anúncios do Youtube. Esse é um dos principais motivos que me fazem continuar assinando o serviço.
NoobIsrael
Agora o Tidal morre de vez
tuneman
exatamente. é tanto detalhe para desfrutar de música com 'qualidade' que no fim das contas não vale a pena. eu sou tão arcaico que prefiro continuar espetar a pendrive no rádio do carro.
Caio
Eu entendo o argumento que eles usam para manter o serviço gratuito. Mas creio que no longo prazo isso é inviável. :/
Exibir mais comentários