Defina o local, escolha o desenho da obra e aguarde 24 horas. Depois desse período, a sua casa estará lá, com a estrutura pronta e todos os muros levantados, faltando, eventualmente, apenas o acabamento. Soa impossível, mas foi exatamente assim que uma startup de nome Apis Cor construiu um imóvel. O truque está em uma tecnologia de construção baseada em impressão 3D.

Casa - impressora 3D

Não é uma ideia nova, nem a primeira iniciativa do tipo, você deve saber. Mas, frequentemente, os projetos que empregam impressão 3D na construção civil exigem equipamentos grandes, usam a técnica apenas para a produção de blocos adaptados que depois devem ser levados à obra ou se limitam a um padrão muito específico de estrutura.

A Apis Cor tenta ser mais flexível. A impressora 3D da empresa não é exatamente pequena, mas pode ser transportada em caminhões simples, e não exige complexas estruturas de apoio. Além disso, o equipamento pode ser empregado em obras com as mais diferentes propostas.

Para provar isso, a Apis Cor, que é baseada nos Estados Unidos, foi até a Rússia. Em Moscou, a empresa usou a impressora 3D para construir uma casa totalmente funcional e que inclui isolamento térmico, característica indispensável por conta do clima da região.

O imóvel tem um desenho bastante incomum, com paredes curvadas. Na primeira olhada, a gente até pensa que a construção é uma guarita ou algo assim. A intenção da startup é mostrar que o equipamento pode mesmo ser empregado em projetos variados.

Apis Cor - impressora 3D

Como já dito, foram necessárias 24 horas para a casa ser construída. É verdade que o tamanho da obra facilitou: o imóvel tem somente 38 metros quadrados. Casas maiores certamente exigirão mais horas, mesmo assim, poderão ser levantadas em menos tempo na comparação com técnicas tradicionais de construção. Sem contar que a combinação de duas ou mais impressoras deve agilizar as coisas.

Não é só ganho de tempo. A impressora 3D também proporciona economia de dinheiro. A casa na Rússia teve custo total de construção de US$ 10.134, segundo a Apis Cor. Técnicas tradicionais exigiriam mais mão de obra, mais caminhões para transporte de materiais, entre outras despesas, logo, o custo final seria maior.

Casa - impressora 3D

Mas isso não quer dizer que a impressora vai acabar com o trabalho humano. Como o vídeo mostra, o equipamento fez o trabalho mais pesado. A pintura das paredes, a colocação de janelas e a instalação da rede elétrica, por exemplo, couberam a pessoas.

Para quem é desconfiado, a Apis Cor garante que a impressora 3D faz obras seguras e duráveis: a casa do vídeo deve resistir por pelo menos 175 anos.

Com informações: Engadget

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Carlos Alex
Sei que tem muito tempo já, mas aqui tem as especificações... http://apis-cor.com/en/about/blog/geocement-new-generation-hightech-material
SR 71 Pássaro Preto

MANEIRÃO!!

Anthony Fernando
MANEIRÃO!!
Jorge Luis
entendo, mas se algum empresário importar esse maquinário pode começar a oferecer o serviço para qualquer um com um preço legal. Claro que o custo br vai inflar o preço e o lucro aqui será maior, mas será melhor que as casas comuns.
Blohdgarm

Bem interessante, só havia visto aquelas maquinas enormes, isso 2 anos atrás, e pensar que em tão pouco tempo já evoluiu tanto.
Com certeza não vai acabar com o trabalho humano, até porque só vejo ela sendo útil para construir casas térreas e na parte do levantamento das paredes. Agora, já em prédios, casas de dois andares que necessitam de fundação mais profunda, dimensionamento das mesmas, vigas, armaduras e todos ensaios necessários a serem feito com o concreto e solo em campo, ainda necessitam de mão de obra humana.

Krosna Terrestre
Previsão para chegar ao Brasil ?
Henrique Queirós
Não nesse tempo
Carlos Taylor
Eu sei que não é algo que faça a diferença, mas dois ou três homens dava pra construir uma casa de 38m² de boa.. ?
Ricardo - Vaz Lobo
No meu bairro tem apertamentos na base de R$400/500mil. Doideira total!
Sua Mãe Aquela Honesta Senhora
Qualquer um comprar, não uma empresa comprar pra revender. entende?
Emerson Alecrim

Eu mesmo costumo falar que moro em um "apertamento".

emersonalecrim
Eu mesmo costumo falar que moro em um "apertamento".
Ednei P. de Melo
O problema não vai ser comprar a casa, mas adquirir o terreno antes... &;-D
Caleb Enyawbruce

"o imóvel tem somente 38 metros quadrados"
Em qualquer metrópole hoje em dia isso já é "aceitável" (infelizmente). O valor do metro quadrado aumentou tanto que estão criando um mercado de apartamentos minusculos.

Ramon Gonzalez
"o imóvel tem somente 38 metros quadrados" Em qualquer metrópole hoje em dia isso já é "aceitável" (infelizmente). O valor do metro quadrado aumentou tanto que estão criando um mercado de apartamentos minusculos.
Exibir mais comentários