Início » Computador » AMD Naples tem até 32 núcleos e vem para competir com os Intel Xeon

AMD Naples tem até 32 núcleos e vem para competir com os Intel Xeon

Por
19 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Os primeiros chips Ryzen chegaram no início do mês fazendo bastante barulho, mas não é só com eles que a AMD espera fazer frente à Intel: a companhia está preparando a linha AMD Naples (nome provisório) para disputar espaço em servidores. Estamos falando de processadores com até 32 núcleos.

AMD Naples

É claro que os números altos não terminam aí. Além dos 32 núcleos, a linha AMD Naples terá 64 threads, suporte a 2 TB de RAM, oito canais de memória e 128 camadas de PCIe 3.0 por chip. Será possível usar os processadores em um esquema de soquete duplo, o que significa que o servidor poderá contar com o dobro desses recursos. Assim como a família Ryzen, os chips Naples terão como base a arquitetura Zen.

A AMD ainda não revelou resultados detalhados de testes, mas já fala que os chips Naples terão mais desempenho que os equivalentes da Intel. Até o momento, a empresa fez apenas uma comparação com o Xeon E5-2699A V4, também com soquete duplo: o chip da Intel precisou de 35 segundos para executar determinada carga de trabalho; o Naples, de 14 segundos.

Os primeiros processadores Naples deverão chegar ao mercado no segundo trimestre. Com a proximidade dos lançamentos é que conheceremos modelos, preços, nomes oficiais e, certamente, outros testes comparativos.

Naples versus Xeon

Naples versus Xeon

Como a intenção da AMD é disputar espaço com toda a linha Xeon, também podemos esperar por processadores com menos núcleos e, consequentemente, preços mais acessíveis. A própria companhia ressalta que não são todas as aplicações que se beneficiam de tanto poder de processamento.

Mas a AMD não terá um caminho fácil. A companhia passou os últimos anos com relevância quase nula no segmento de servidores. Em contrapartida, a Intel conquistou pelo menos 90% desse mercado. A confiabilidade obtida pela rival por conta disso pode ser um grande entrave para a linha Naples, mesmo que os processadores Xeon se mostrem mais caros e com menos desempenho.

Com informações: ExtremeTech, PCWorld

Mais sobre: , ,
  • Henrique Queirós

    “suporte a 2 TB de RAM” CARALHO MANO…………..

    • Felipe Xavier

      Dá pra abrir umas 3 abas no Chrome. XD

      • Dá pra abrir um vídeo no YouTube no FF e rodar liso

      • emersonalecrim

        Hahaha… Obrigado! Aquela do “roda Crysis?” está muito velha 😛

  • Ryzen foi feito com foto para ser melhor primeiro no segmento corporativo, depois jogos.
    Esses novos processadores são mesmo muito bons, são melhores e mais robustos que os atuais da Intel, mais baratos e consomem menos energia! AMD vai recuperar um bom espaço nos servidores esse ano e com razão.
    Agora é ver o quão rápido a Intel consegue responder e oferecer um preço mais competitivo.
    E isso significa que a Skynet ficará mais rápido e analisar nossa vida…

  • Alberto Prado

    Tá descomunal! Eu quero vê-los nos próximos Super Computadores….

    • Bruno Ribeiro da Silva

      O SC fodão da China, codinome “Sunway TaihuLight”, utiliza processadores RISC 64-bit SW26010 manycore, de fabricação própria da empresa chinesa.
      O conjunto todo usa 40.960 cpu dessas, totalizando um conjunto de 10.649,600 núcleos de processador. Seu poder de processamento atinge meros “93 petaflops”!
      Não acredito muito que essa cpu Amd seja usada em algum SC de referência, exceto em mainframes menores talvez. De qq forma, é muito bom a empresa criando soluções novas!
      Fonte= https://en.wikipedia.org/wiki/Sunway_TaihuLight#Architecture

      • Alberto Prado

        Já tinha lido sobre ele. Mas eu acho que o caso da China e mais tarde também o da Rússia será um caso a parte. Eles estão desenvolvendo seus chips por questões de segurança e para não fica dependendo dos americanos.
        Mas no resto do mundo muitos, para não dizer a maioria, ainda usa Xeons ou Opterons + algumas GPUs dependendo ao que o SC vai se propor. Ainda mais com a tecnologia de Infinity Fabric que ela desenvolveu que pra IA vai ser muito bom. Mas sem dúvida o grande filé vai vir de empresas como Amazon, Dropbox e outros que oferecerem serviços na nuvem.

        • Bruno Ribeiro da Silva

          Tomara que os chips Intel e AMD briguem bastante. Não se trata apenas de falarmos qual achamos melhor etc, mas de um mercado que, pra não ficar injusto e até chato, depende continuamente da rivalidade. Todo camaro têm seu inimigo mustang, todo corvette têm seu porsche, toda ferrari tem sua lamborghini né.

  • Trovalds

    8 linhas PCIe x16 nativas… CARVALHO!

    2 processadores e 16 placas de vídeo especializadas em renderização de 3D e assemelhados… não vai sair da jaula o monstro, vai sair o Godzilla lutando contra o King Kong e ainda sobra.

    • Vai sair o Godzilla lutando contra o Indominus Rex e também o King Kong huehue

  • Anthony Fernando

    Qué qué isso!!!

  • Acho que as vantagens do Ryzen são bem relevantes no mercado corporativo, tecnologias como virtualização e aplicações modernas aproveitam bem múltiplos núcleos. No meu caso, que desenvolvo aplicações paralelas em Hadoop, esses 64 cores seriam MUITO bem vindos.

    • Bruno Ribeiro da Silva

      64 “threads” você quis dizer rs.

  • Eduardo Spaki

    onde clica em curtir?

  • Jordan rodrigues

    se isso se confirmar o naples será o processador mais potente de todos