Início » Celular » WhatsApp inicia testes para empresas se comunicarem com consumidores

WhatsApp inicia testes para empresas se comunicarem com consumidores

Jean Prado Por

No começo de 2016, o WhatsApp se tornou oficialmente gratuito e detalhou seus planos para ganhar dinheiro: facilitando a comunicação de empresas com usuários, criando uma espécie de plataforma de atendimento. Em agosto, os termos de serviço foram alterados para permitir que os usuários trocassem mensagem com terceiros.

Agora, segundo a agência de notícias Reuters, esse sistema está evoluindo e algumas empresas já estão testando possibilidades de conversarem com clientes pelo WhatsApp. Como fonte de receita, o app pretende cobrar de negócios que entram em contato com seus consumidores. Sem anúncios, primariamente, apesar dos termos de serviço permitirem "conteúdo publicitário".

Reuters conversou com Umer Ilyas, cofundador da Cowlar, uma das empresas envolvidas no projeto da Y Combinator, que funciona como incubadora de startups. A Cowlar produz "colares para bovinos que coletam dados sobre a atividade dos animais e que recomendam mudanças como forma de melhorar o rendimento".

Ilyas disse que a empresa quer enviar alertas automáticos com dados desses colares pelo WhatsApp. Assim, os pecuaristas sabem se o bovino está se comportando normalmente. O executivo, no entanto, frisou que os testes ainda estão em estágio inicial, apesar de haver uma "grande oportunidade" para esse recurso na Índia, Brasil e Paquistão.

A Índia é um dos países com grande potencial para o recurso, já que é o maior mercado do WhatsApp, concentrando 200 milhões do 1 bilhão de usuários totais do aplicativo. A Forbes explica que o serviço quer ajudar empresas de dez empregados ou menos a entrarem em contato com seus clientes para enviar informes e vídeos direcionados a certos públicos.

Preocupado com spam, o WhatsApp está entrevistando alguns usuários para saber quando eles usariam o serviço para contratar empresas e se eles já receberam spam antes. Por aqui, já aconteceu de empresas cobrarem para enviar mensagens de cunho político para eleitores, lucrando em cima do chamado spam eleitoral. É algo a se avançar com muita cautela.

Ainda que criar uma plataforma de comunicação entre empresas e consumidores seja um plano antigo, não deveremos ver uma evolução tão cedo no aplicativo. O presidente da Y Combinator, incubadora que abriga a Cowlar, disse que não tem ciência dos testes. O WhatsApp não comentou o assunto à Reuters. Será que essa plataforma daria certo?

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LuizF
Só pq veio antes nada a ver. Telegram é um concorrente e muito melhor. Sistema na nuvem é excelente, gratuito. Nossa
LuizF
Data não tem nada a ver. WhatsApp copia tudo do telegram e snapchat tbm. Telegram é melhor
PinPortal ??
Até na hora de implementar a função de chamadas, o Telegram copia o design do whatsapp. hahahahahah http://www.tudocelular.com/android/noticias/n89613/telegram-mira-whatsapp-implementando-recurso.html
PinPortal ??
Whatsapp lançado em 2009 e Telegram em 2013. E o Whatsapp é cópia do Telegram. Muda o disco...
LuizF
TELEGRAM É MELHOR
LuizF
Telegram, mil vezes melhor q sua cópia chamada de whatsapp
CtbaBr
Se as empresas respeitarem o usuário, não haverá problema, mas infelizmente não é isso que normalmente acontece, pelo contrario!
CtbaBr
Alem disso, essa ultima atualização do WhatsApp "pesou" no meu WP! Esse é o primeiro app que fez meu WP "apanhar"!
Adriano
Será preciso adicionar um recurso que permita ao usuário, determinar, se quer e quando quer ser contactado por determinada empresa, e a empresa por sua vez, precisa ser notificada dessa escolha, imediatamente, caso contrário, vai virar a festa do spam...
Caillou
Pensa comigo, o whatsapp permitiria atrelar um usuário ao número "@fulano". Uma Net da vida pagaria pro tio Zuk uma mensalidade por um servidor virtual onde ela hospedaria seu canal exclusivo para você resolver tudo enquanto, como, cancelamento, promoções, faq, sac, agendamentos etc. A net cortaria custo com PABX, funcionários etc pois um Bot faria mil e uma coisas...uma vez que você segue o canal da net você concorda em receber promoções etc. Voila, eis a fórmula do sucesso. Você só recebe promoções etc se concordasse com os temos do canal da empresa. Acho que será algo parecido com isso.
Caillou
E se não for isso hein?
Michael Felipe
WhatsApp poderia dar a opção de criar bots para empresas. O usuário concorda em utilizar o bot, seja para receber comunicados, pedir uma pizza... e a empresa paga ao WhatsApp para ter esse bot dentro do mensageiro.
Jack Silsan
Spammer é spammer em qualquer lugar. Basta a oportunidade aparecer
Renan Araújo
Essa parte do spam me preocupa. Já tive chefe e coordenador me enviando mensagens em horários bem nada a ver, passei um tempo recebendo spam de uma loja que fiz uma única compra de uma camisa... E hoje, na minha empresa, meus clientes preferem o Whatsapp pra informações, orçamentos, fotos de produtos... Ainda queria ver uma plataforma que unisse email e um chat decente. Na verdade, acho que o 'Zap' já é essa plataforma e eu não quero enxergar. Mas vejamos ae esse novo gerenciamento
McFake
IT SCREAMS DATA MINING ALL OVER THE PLACE!
PinPortal ??
Jean, na verdade são 1,2 bilhão de usuários ativos no mundo. https://investor.fb.com/home/ (No final da página tem os dados)
PinPortal ??
O foco é agilizar a vida das pessoas. É melhor lucrar assim, do quê adicionar mil funções como o FB Messenger, Viber, etc que acabam deixando os apps pesados. Você usa o Whatsapp para conversar com amigos, familiares e, em alguns casos, empresas. É interessante facilitar a comunicação de pessoas e empresas. Quando se fala empresas, não pense só na multinacional. O foco é desde grandes empresas, como as médias (ex: lojas de roupas) ou até pequenas (ex: padaria e farmácia da esquina). E é óbvio que eles têm que lucrar com o app. Antes cobravam menos de US$ 1,00 e quase ninguém pagava. Tanto é que a receita era de menos de US$ 20 milhões, ou seja, menos de 20 milhões de usuários pagavam, em um universo de mais de 500 ou 600 milhões (por aí). Agora, com 1,2 bilhão de usuários, existe um custo imenso em manter os servidores funcionando, funcionários, escritórios de advocacia (ou acha que os recursos contra os bloqueios no Brasil são feitos pro advogados de graça?), etc. Sem contar que o Facebook pagou mais de US$ 22 bilhões pelo app. Nada mais justo que lucrar (ou retornar o investimento feito) nele. Porém sem inserir vários anúncios na tela (Skype) ou notificações irritantes (Viber). O ideal é lucrar com funcionalidades que agreguem valor, tanto para os usuários, quanto para as empresas que suportarão financeiramente a plataforma.
Luiz Valença
Volta para terra! Volta para terra! Volta para terra!
Henrique Seraph
Já eu, espero uma alternativa mais fiel, como telegram. Bem melhor e mais prático, Whats se tornou mais uma "Rede social do estilo Hot or Not"
Gabriel Brito
Mais uma prova de que o WhatsApp desviou de seu foco que era ser uma alternativa ao SMS, inclusive na simplicidade do conceito. Só que nesse caso é só um ajuste ao que já é praticado há muito tempo, então provavelmente tanto o usuário quanto as empresas terão vantagens como um melhor gerenciamento. O Messenger herdou esse contato com empresas do Facebook e a ideia é muito boa, pois algumas fizeram do chat quase que uma extensão do SAC. Se o WhatsApp tiver as ferramentas corretas como no Messenger, o que já é popular vai ganhar um impulso enorme, mais do que o Messenger.
Henrique Seraph
Espero que assim, de uma vez por todas, migrem Logo pro telegram. Quero Muito usar mais o telegram, mas conheço poucos lá... Se alguém conhecer algum grupo sobre tecnologia (ou derivados), podem me adicionar sem restrição 75998224646 pois é, tenho que apelar porque o futuro do whats não vai nada promissor.