Início » Celular » A ascensão e queda dos tablets no Brasil

A ascensão e queda dos tablets no Brasil

Felipe Ventura Por

Os tablets estão perdendo relevância no mundo e também no Brasil. Segundo a IDC, a venda desses dispositivos no país caiu 32% de um ano para o outro - e não deve se recuperar tão cedo.

No ano passado, foram comercializados 4 milhões de tablets no Brasil. Esse número também inclui notebooks com telas destacáveis, mas eles representam apenas 0,7% do total.

Wellington La Falce, analista de mercado da IDC Brasil, diz em comunicado que o preço médio dos tablets foi de R$ 513, e que "80% do mercado ficou dominado por três empresas". Ele não diz quais empresas; uma delas, sem dúvida, é a Samsung.

O mercado não mostra sinais de reverter esse declínio. A IDC acredita que, em 2017, o total de vendas no Brasil cairá para 3,7 milhões.

No mundo, as estatísticas também são desanimadoras. A IDC estima que as vendas de tablets caíram 15,6% globalmente em comparação com o ano anterior. Apple e Samsung, as duas maiores fabricantes, tiveram queda na casa dos dois dígitos.

O que aconteceu? O "boom" dos tablets passou, e há alguns motivos para tanto. Um de seus diferenciais era a tela maior, mas isso foi canibalizado por smartphones com telas superiores a 5 polegadas. Além disso, eles geralmente continuam potentes o bastante anos após a compra, então geralmente é desnecessário trocar seu modelo antigo por um novo.

E sua utilidade passou a ser questionada com o tempo: será mesmo que preciso de um dispositivo dedicado para ler livros e assistir vídeos? Sim, algumas empresas tentaram reposicionar o tablet como um dispositivo de produtividade - como o iPad Pro - mas isto ainda surte pouco efeito: este modelo corresponde a apenas 10% das vendas de iPads, segundo a IDC.

Pessoalmente, os tablets nunca tiveram um apelo muito grande para mim. Eles tentam ocupar um espaço entre smartphone e notebook, mas eu nunca precisei disso. Comprei um tablet para minha mãe, mas ele vem juntando poeira ultimamente - ela prefere usar o smartphone. Você ainda usa tablets, ou pretende comprar um?

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

lucio moura
Pessoalmente eu nunca entendi porque deixaram de fabricar netbooks. Mais leves que os notebooks, e com fácil acesso a editor de textos e ao pacote Office, podendo também reproduzir mídias de todos os tipos. A opção feita pelos tablets é a pior possível e os híbridos não agradam tanto. Não consigo ver o Android tão funcional quanto o Windows. Só consigo ver o tablet adequado para ler jornais e revistas e abrir alguns pdfs. Nisso ele supera os smartphones.
Ciro Moises Seixas Dornelles
A coisa não é tão ruim assim. O iPad Pro roda o Affinity Photo da serif que é um excelente software de edição de imagem.

E um monte de outros softwares profissionais. Obviamente o Windows tem mais opções, porém, se você meche com desenho e fotografia é possível sim usar o iPad profissionalmente.

Eu queria ter um como uma alternativa aos tablets da wacom. É uma pena que no Brasil seja tão caro.




Cleber MLC
+1
Adolfo Brás Sunderhus Filho
Cara, como disse, eu uso como computador principal na minha residência e carrego comigo quando preciso... É maravilhoso... Um computador completo com pouco mais de 500 gramas. Pra mim, é indispensável essa mobilidade...
César
As vezes dá vontade de pegar um usado, mas como já tenho um notebook sinto q n seria totalmente aproveitado.... apenas em viagens ou saidas
Adolfo Brás Sunderhus Filho
Tenho esse desde meados de 2015 e é meu computador principal em casa... Com teclado sem fio ele é perfeito!
Adolfo Brás Sunderhus Filho
Uso com bastante frequência um Lenovo ThinkPad 8, mas nesse caso ele é meu aparelho principal. Como o mesmo vem com Windows 10, em conjunto como teclado sem fio ele é meu computador principal quando estou em casa. No escritório uso um bom e velho HP que já tem seus 6 anos de idade.

A grande questão é que, para o uso doméstico/trabalho mais simples, a necessidade de troca com frequência dos dispositivos vem se tornando cada vez menor. Tenho um mesmo tablet há quase dois anos... Uso o mesmo notebook de seis anos atrás... Usei o meu smartphone por dois anos e 3 meses... Troquei por um em novembro do ano passado o qual tenho pretensão de trocar só daqui 3 anos (comprei um Zenfone 2, Quad de 1.8, 4 giga de RAM)...

Creio que a própria evolução de hardware foi o tiro no pé que as fabricantes deram em si mesmas...
Elton Alves Do Nascimento
Com a evolução de outros aparelhos, os tablets acabaram se mostrando medíocres em tudo que fazem. São aparelhos que fazem de tudo, mas de forma medíocre. São medíocres em ser portáteis, pois smartphones são mais. São medíocres como leitores, pois os eReaders são melhores. São medíocres como ferramentas de produtividade, pois notebooks são melhores. São medíocres para jogos, pois consoles portáteis são melhores etc.
Em essência um tablet é um aparelho que serve pra tudo e nada ao mesmo tempo.
Tenho um Nexus 7 primeira geração que pedi pra trazerem dos EUA quando era novidade, usava bastante, mas hoje infelizmente está encostado. O que eu uso muito mesmo hoje em dia é um Kindle.
Francisco Aloisio
Ontem, domingo, comprei o tablet para colocar na cozinha, com receitas para a empregada consultar. Com qual outro equipamento eu faria isso? Com um smartphone? Muito caro e pequeno! Com um notebook? Muito caro e grande!
Fabricio Carvalho
Em Janeiro fiz um post no Windows Team onde abordei essa questão do declínio dos Tablets e pontuei que a sua evolução se dá pela chegada do W10 + conceito de 2em1 de tela destacável que permite o consumo de mídia e colocando o teclado a pessoa passa a ter a produtividade de um pc/notebook graças ao sistema da MSFT. O que HOJE ainda não fez embalar esse seguimento que citei acima é o fato de que os tablets com Windows que temos no mercado são com processadores da Intel de 5° categoria, tirando da conta os tops como Surface Pro 4 e Asus Transformer Book 3 por ex. Então, com a recém notícia de que teremos em breve devices com Processador ARM da Qualcoom (Que são mais baratos, melhor desempenho e menor consumo de bateria) embarcados em Tablets com Windows, passaremos a ver dispositivos de configuração intermediária com preços bem mais acessíveis. Quem se interessar, segue abaixo meu texto: https://www.windowsteam.com.br/editorial-2017-pode-ser-o-inicio-da-era-dos-2-em-1/

Gostaria de saber do Paulo Higa qual a opinião dele sobre isso, e se possível meu texto também....
Rodrigo Gommes
Tenho um Motorola Xoom de 2012 em pleno funcionamento lá em casa, rodando Kitkat.
Tem suprido bem a pesquisas e redes sociais para minha esposa que está sem smartphone atualmente.
Mas eu, particularmente, ou uso meu phablet de 6.44 ou meu notebook para consumir e produzir conteúdos.
Artur Bem Mongol
Lembro que o iPad 2 chegou a ser vendido por menos de 2 mil temers. Hoje o iPad mini 2 de 2013/14, é vendido por 2.399 (levando em conta preços no site da Apple) Um absurdo.
Artur Benchimol
Lembro que o iPad 2 chegou a ser vendido por menos de 2 mil temers. Hoje o iPad mini 2 de 2013/14, é vendido por 2.399 (levando em conta preços no site da Apple) Um absurdo.
Gaius Baltar
Para minha experiência de utilização o tablet é o centro do sistema, com o smartphone servindo como apoio fora de casa e o computador servindo para jogar e ver filmes. Quando o meu deixar de ser atualizado pretendo comprar outro tablet.
Felipe Silva
to a mais de um ano procurando um tablet, não quero nada de mais, 2gb de RAM, um android atualizado por menos de 1k.
É pedir muito?
Souza
Em casa abandonamos quase que por completo o notebook e um PC e usamos os tablets que são três para consumir mídia em geral. Eu que não compraria um notebook pra cada um que quisesse e muito menos esses híbridos caros e frágeis. E aliás os híbridos não seriam um baita sucesso de vendas? Não é eles que matariam os tablets de sete polegadas?
Só essa mixaria de vendas na casa dos 0,7%?
Eu esperava bem mais.
Para todas as outras coisas o celular resolve em casa.
Ah, e a produtividade?
Pra isso tem os PCs da Empresa.
Patolino Verde
Tenho um t
Tablet Samsung Galaxy Note que utilizo mto mais do que meu celular. Assisto mto vídeo, leio e jogo preferencialmente nele. Na verdade, aqui eu aposentei o computador / notebook.

Celular é só para ligar, whatsapp e alguma leitura rápida.
jesse moreira
Sou professor de ciências exatas e uso o tablet como lousa digital (o que escrevo é projetado num projetor wireless https://goo.gl/photos/PhVLhcTCuQniPeBd9). Tenho um tablet de 12 polegadas equipado com caneta stylus e para mim seria muito difícil (senão impossível) fazer a mesma atividade num smartphone (devido ao tamanho da tela). Experimentei (comprei) alguns PCs híbridos e conclui que eles (até o momento) não são bons tablets.
Rookie naz
LG G pad tinha um bom preço e hardware, pena que não continuaram ele e tinha o tablet da Gradiente/Nvidia também.
Obs: citando os que usam Android.
Pedro do Caminhão
Leio essa matéria em um iPad Air, que é minha central de entretenimento aqui, associado a uma caixa de som JBL Flip 3.

Utilizo ele também para dar aulas de teclado, onde acesso rapidamente partituras, métodos e cifras com muita rapidez e praticidade. Quando o aluno quer aprender alguma música, já procuro no Youtube ou Spotify e está ali: pronto. O que mais me atrai é que os tablets são dispositivos extremamente portáteis e "always on". A bateria tem duração pra trabalhar o dia todo, tranquilamente, sem preocupação.

Meu PC parou de funcionar há uns 6 meses e eu nem procurei arrumá-lo. Fiquei cada vez mais adaptado ao tablet.

Claro que meu caso é específico, mas pra mim o tablet faz a diferença, sim!

No mais, era de se esperar essa queda após o surgimento dos smartphones de tela grande, da mesma forma que todos esses equipamentos reduziram a venda de desktops!

Assim caminha o mundo da tecnologia.

Abraço, galera do Tecnoblog!
Beto Alcantara
Tablet foi um modismo, um smartphone e um laptop cumprem todas a funções necessárias.
Fabrício Curvello
Infelizmente a Motorola abandonou o Xoom. Era uma linha com hardware ótimo, mas veio com Android defazado e bloquedo. Mesmo a galera que muda o Android no peito e na raça não consegue fazer isso na linha Xoom. Uma pena. O hardware da linha Xoom2 ainda é muito bom nos dias de hoje, mas o Android trava a cada 5 minutos.
Tiago Celestino
Assim com na época dos netbooks, que fizeram sucesso e depois caíram no esquecimento.
Vanir
São caros pelas configurações que oferecem e os mais baratos são uma vergonha, não duram nem um mês, a tela já aparece listas brancas. Ainda arrisco um
tablet Samsung de 7 polegadas somente para estudos e vídeos, mas o hardware também não é lá essas coisas.
GuilhermeSMello
Além desse também leio livros e anotações da faculdade, mas tenho um humilde Galaxy Tab E de 7".
GuilhermeSMello
Surface Pro 4 roda Blender, GIMP, AutoCAD, 3DStudioMax, Rhinoceros, Maya, Ilustrator, CorelDraw, SolidWorks, Inventor, Inkscape, Kdenlive, EdgeCAM e diversos outros softwares usados por profissionais das áreas de engenharias, arquitetura, design, medicina e lá vai pedrada.

iPad pro roda apenas uma versão capada do PhotoShop, e diversos aplicativos com resolução esticada dos iPads comuns, sendo que alguns ainda são versões esticadas dos apps do iPhone.
Je Suis Harambe
teve sim, o Amazon Fire, só que não foi lançado aqui
Je Suis Harambe
Eu ainda espero comprar o prometido iPad 2 por 900 reais novo pelo ministro da ciência e tecnologia
Kaio
É muito bom ler em tablet. Leio mangas, livros, revistas, comics. O que torna a experiência boa é a capacidade de regular tamanho, brilho e luminosidade (caso queira ler no escuro).
Caio
É muito bom ler em tablet. Leio mangas, livros, revistas, comics. O que torna a experiência boa é a capacidade de regular tamanho, brilho e luminosidade (caso queira ler no escuro).
Rubens Dos Santos
Bem, eles fabricam e vendem porque tem idiotas para comprar. Enquanto houver idiotas haverá iPad, iPad Pro, iPad Retina, iPad Cristal, iPad Diamante, Ipad Dourado, Ipad Porcelana e etc.. kkkkkkk
Leonardo Amaral
Eu tenho o V500 com Lineage OS 7.1.1. Sem arrependimentos. Ele é limitado como conhecemos o processador dele, mas cumpre muito bem, da pra ler muito bem e se tela full HD não for um must, eu diria que hoje é um bom negócio sim.
Theo Queiroz
Comprei um tablet para minha mãe, mas ele vem juntando poeira ultimamente – ela prefere usar o smartphone.

Exatamente meu caso. COmprei um Nexus 7 pra minha mãe quando ela tinha um Galaxy Y (tela mínima). Só que daí ela comprou um Galaxy Gran Prime que tem tela de 5,5 e o tablet virou peso de papel. As vezes eu uso pra assistir Netflix quando tô viajando mas a última atualização do Android deixou o N7 uma carroça!
César
Creio q o Thinkpad 8 supriu esse mercado ao oferecer 64gb ROM e 2gb RAM ainda mais com um sistema supostamente mais completo (windows atualizavel pro 10). Pena q saiu de linha sem qlqr substituto
mpcasais
+1
danielnbl
Se eu tivesse novamente um tablet usaria bem menos acesso a internet pelo celular e notebook. Pena que são tão caros. Pra produtividade(estudos) um tablet(especialmente iPad) ajuda muito pra carregar apresentações, pdfs e fazer notas de aula.
daniel
Se eu tivesse novamente um tablet usaria bem menos acesso a internet pelo celular e notebook. Pena que são tão caros. Pra produtividade(estudos) um tablet(especialmente iPad) ajuda muito pra carregar apresentações, pdfs e fazer notas de aula.
Marcos Casais
+1
mpcasais
Ah sim, com certeza! Caro não, caríssimo! Mas usei os outros mesmo como base pra ter uma noção desse "reajuste de categoria" imaginário deles, sabe? Que não foi aplicado só ao Pro.Mas falando do Pro, é um produto que não faz sentido. Se ele tivesse sido posicionado como outro iPad maior é um pouco mais potente, ok. Mas essa mente da Apple em colocar um tablet grande com teclado e caneta pra competir com os híbridos (e custando mais) é um tiro no pé, mas funciona pra eles, pois aí podem subir os MacBooks de degrau também.
Marcos Casais
Ah sim, com certeza! Caro não, caríssimo!
Mas usei os outros mesmo como base pra ter uma noção desse "reajuste de categoria" imaginário deles, sabe? Que não foi aplicado só ao Pro.
Mas falando do Pro, é um produto que não faz sentido. Se ele tivesse sido posicionado como outro iPad maior é um pouco mais potente, ok. Mas essa mente da Apple em colocar um tablet grande com teclado e caneta pra competir com os híbridos (e custando mais) é um tiro no pé, mas funciona pra eles, pois aí podem subir os MacBooks de degrau também.
Fabiano Forte
Livros, quadrinhos, jornais, sites... dá para ler de tudo num tablet! Experiência própria!
abraaocaldas
Manga Rock ficou ruim porque removeu um monte de mangas :/
André G
Eu me referia ao iPad Pro mesmo, custa muito caro.
Mesmo comparando com outros iPads ele custa caro, enquanto o iPad Air 2 de 128gb custa $629, o iPad Pro de 12,9" e 128gb custa $1029, é mais que o dobro do preço e nem acompanha a caneta.
Gabriel Antonio
to mais ou menos nessa pegada aí! Não se acha tablet pra comprar
Ernandes Jr.
Comprei um iPad Mini 4 no final de 2015, depois de 4 anos com um iPad 2. Sinceramente: acredito que não comprarei mais.
mpcasais
Também tenho um iPad 2, mas uso pra caramba e gosto da experiência do tablet, o que me faz querer jogar ele na parede direto, já que "capenga" é pouco pro desempenho atual dele. Pretendo comprar um Air em breve.
Marcos Casais
Também tenho um iPad 2, mas uso pra caramba e gosto da experiência do tablet, o que me faz querer jogar ele na parede direto, já que "capenga" é pouco pro desempenho atual dele. Pretendo comprar um Air em breve.
Antero Coelho
Tenho três Tablets, aqui em casa, de varios tamanhos, capacidades, e de marcas diferentes...Só não me perguntem onde estão...
mpcasais
O tablet faz muito sentido pra mim, inclusive arrisco dizer que é meu device favorito. Pra navegação, entretenimento, jogos, leitura, produtividade, educação... Gosto de fazer tudo nele. Funciona muito bem como "dispositivo do meio" pra mim, só recorro ao smartphone e ao computador quando preciso, sendo o tablet o que mais uso, seguido do smartphone.
Marcos Casais
O tablet faz muito sentido pra mim, inclusive arrisco dizer que é meu device favorito. Pra navegação, entretenimento, jogos, leitura, produtividade, educação... Gosto de fazer tudo nele. Funciona muito bem como "dispositivo do meio" pra mim, só recorro ao smartphone e ao computador quando preciso, sendo o tablet o que mais uso, seguido do smartphone.
e-Chaos from Brazil
E no momento, somente os dispositivos com Windows 10 são decentes na categoria.
Caleb Enyawbruce
Tudo que eu faria num tablet eu faço no smartphone. Não lembro de ter sentido falta de uma tela maior. Especificamente pra leitura eu uso o Kindle. PS.: Antes que alguém fale sobre games, eu sou gamer old school, então não uso smartphone pra jogar, assim como não usaria um tablet (só console mesmo).
Ramon Gonzalez
Tudo que eu faria num tablet eu faço no smartphone. Não lembro de ter sentido falta de uma tela maior. Especificamente pra leitura eu uso o Kindle. PS.: Antes que alguém fale sobre games, eu sou gamer old school, então não uso smartphone pra jogar, assim como não usaria um tablet (só console mesmo).
mpcasais
O engraçado é que a um tempo atrás o iPad não era "tão caro" quanto atualmente no BR, custavam ligeiramente menos que os iPhone. Isso até o último reajuste abrupto que eles fizeram, fazendo jus ao "reposicionamento de categoria" que só funciona na cabeça deles.
Marcos Casais
O engraçado é que a um tempo atrás o iPad não era "tão caro" quanto atualmente no BR, custavam ligeiramente menos que os iPhone. Isso até o último reajuste abrupto que eles fizeram, fazendo jus ao "reposicionamento de categoria" que só funciona na cabeça deles.
h1ghland3r
Com boot de SSD dos laptops de hoje em dia, isso não se torna um problema (tempo de espera).
h1ghland3r
Meu caso é bem parecido. Uso para ler HQs, mangás e Netflix.
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Eu só compraria um tablet pra trabalho, e se ele na verdade fosse um híbrido, nos moldes do Surface Book ou do BookOne da Porshe Design https://mspoweruser.com/por...
Jack Silsan
Eu só compraria um tablet pra trabalho, e se ele na verdade fosse um híbrido, nos moldes do Surface Book ou do BookOne da Porshe Design https://mspoweruser.com/porsche-design-reveals-worlds-first-convertible-and-detachable-2-in-1/
Maurilio Mesquita
Ele tinha curtido seu comentário, imagino que o mais provável tenha sido concordância com você. Mesmo pq iPad, como tudo de Cupertino, é caro mesmo.
Ed
Eu comprei um iPad mini há quase 4 anos porque estava barato na época (menos de 1.000 reais), mas estou com ele até hoje e sem nenhuma perspectiva de trocar por outro modelo mais recente. Até porque uso cada vez menos.
Luciano Navarro
Eu já utilizo muito o iPad. Como já não sei nem escrever mais, uso em todas as finalidades onde é mais prático usá-lo do que notebook, como reuniões, visitas a clientes e e-mails. Em casa ainda uso muito como e-books e YouTube. O que ocorre pra mim é que é um bem mais durável ao contrário dos celulares. Comprando um modelo bom da pra se passar 5 anos com um tranquilamente.
Bruno Machado
Problema é um tablet dura mais que um smartphone. Você usa praticamente em casa. Então troca quando estraga. O meu gpad 8.3 já deve ter uns 3 anos e aguenta tranquilamente mais uns anos antes de precisar trocar pro uso que faço dele.
Bruno Hadlich Machado
Problema é um tablet dura mais que um smartphone. Você usa praticamente em casa. Então troca quando estraga. O meu gpad 8.3 já deve ter uns 3 anos e aguenta tranquilamente mais uns anos antes de precisar trocar pro uso que faço dele.
Denis Franco
É que o Android só começou a decolar de verdade depois do Lollipop por causa do ART
Fagner Ribeiro
Uso meu iPad todo santo dia pra ler noticias via Flipboard e nao me arrependo. Leio livros nele e navego na web. Assisto reprises na Globosat Play deitado em minha cama antes de dormir. Então o que posso dizer é que pra mim ele serve muito bem.
Denis Franco
não entendi se vc estava falando do ipad ou dos outros, mas por curiosidade fui verificar, vou fazer com os preços em dólares considerando que a maioria compra de fora importando ou fazendo rolo com amigo que vai viajar:
Surface Pro 4, 12.3 polegadas, 128 GB, com caneta e Type Cover (teclado) com leitor de impressão digital: US$ 958.99
Ipad Pro Wi-Fi 12.9 polegadas (a outra opção é de 9.7), 128 GB, com Apple Pencil (caneta) e Smart Keyboard (teclado): US$ 1.167,00.
TIGOS
Aqui vendem caro um tablet com 1GB de memoria rodando Android.Todo mundo sabe que o minimo para se ter uma experiencia aceitavel no Android é 2GB. E estes são poucos e muito caros.
Anderson Freitas
Aqui vendem caro um tablet com 1GB de memoria rodando Android.

Todo mundo sabe que o minimo para se ter uma experiencia aceitavel no Android é 2GB. E estes são poucos e muito caros.
Matheus Alexandre
Comprei um tablet em 2014 e ainda estou com ele em mãos.
André G
E custa caro pra caralho
Denis Franco
iPad Pro é uma piada, quem quer trabalhar compra um Surface, um Yoga, ou algo do tipo, que tem entrada pra pendrive e um SO com programas "de verdade"
Magnosama
Em casa eu basicamente uso apenas o tablet,
mal toco no celular e no notebook.
Magnosama
Ainda prefiro o combo celular pequeno no bolso e um tablet em casa.

Mas entendo perfeitamente a maioria optar por um 2 em 1.
André G
Não acho que um tablet seja ótimo para ler, ele só é bom para ler notícias.
Um e-reader é muito melhor e ainda é mais barato, mas isso é se tratando de livros.
André G
Tenho um tablet na gaveta que só uso para ver filmes e séries quando viajo de ônibus, tenho desde 2013 e nunca usei muito.
O tablet fica em uma categoria que não se enquadra pra mim, se quero uma tela grande e um teclado maior eu pego um notebook, é muito mais confortável, tem Photoshop, teclado físico e um multitarefa real.
Renato Targino
Usei muito o Manga Watcher, mas ele parou de funcionar pra mim. Depois disso comprei o Manga Rock, e gostei bastante dele. Posso sincronizar minha conta e ler no iOS caso queira ler algo no celular, é bem útil.
Will
Há um tempo eu queria um exatamente para essa função, ler mangás e assistir animes / séries.Você costuma usar qual aplicativo para a leitura?
Weller Santibanez
Há um tempo eu queria um exatamente para essa função, ler mangás e assistir animes / séries.

Você costuma usar qual aplicativo para a leitura?
Fabiano Forte
O tablet é ótimo para ler, sejam sites, e-books, emails, etc, etc, etc - num país em que não se lê tanto, esse pode ser um motivo para essa queda.
Eu tenho um tablet e até pretendo continuar tendo, mas, pelo andar da carruagem, é melhor preservar bem o meu, porque, se precisar trocar, ou gasta uma bala num tablet top (Apple ou Samsung) ou num destacável, ou pega um daqueles "xing-lings" que não dão pra nada... Nem para ler!
Cesar Barscevicius
Tava com saudades dessa imagem dos iPads com a bandeira do Brasil para ilustrar o post. Já faz parte do patrimônio cultural imaterial do Tecnoblog ??
Renato Targino
Tenho um exclusivamente para ler mangás.

Em 2014 comprei o LG G Pad V500 e posso garantir que é um ótimo tablet, e para meu espanto funciona muito bem ainda, como se fosse novo.
Diego F. Duarte
Apple
CtbaBr©
Exato... Penso assim também!Eu ainda uso meu PC para trabalhar e jogar, para tarefas mais simples uso um Laptop, tenho um iPad 2 ainda, que atualmente fica encostado.Até um tempo usei ele para ler, mas depois que comprei um Kindle... Sem comparação!Mas ainda vejo futuro no Tablet, Hardware já existe, com um software completo, sera um ótimo computador portátil!
Diego F. Duarte
E logico q ninguem quer... Eu preciso de um tablet p substituir o meu velho LG GTAB 8 LTE, e so existe 1 unico modelo da Samsung q e do inicio de 2016 e vem somente com Android 5.0.

Todo mundo q realmente fez um uso produtivo, sabe q tablet so funciona bem se tiver 4G, pois um device Android e qse inutil fora do Wifi. Fica dificil quando os 2 unicos modelos bons e com 4G do mercado sao explosivos ou da maça e sao hiper obsoletos.
CtbaBr
Exato... Penso assim também!
Eu ainda uso meu PC para trabalhar e jogar, para tarefas mais simples uso um Laptop, tenho um iPad 2 ainda, que atualmente fica encostado.Até um tempo usei ele para ler, mas depois que comprei um Kindle... Sem comparação!
Mas ainda vejo futuro no Tablet, Hardware já existe, com um software completo, sera um ótimo computador portátil!
Monstro Medieval
Eu sempre achei que era algo que foi criado sem uso específico e depois as pessoas foram dando utilidade. No meu caso, tenho o mesmo iPad 2 desde 2011, está capenga pra caramba e não pretendo trocar. Se pifar acho difícil que compre outro tablet.
Daniel Almeida
Eu sempre achei que era algo que foi criado sem uso específico e depois as pessoas foram dando utilidade. No meu caso, tenho o mesmo iPad 2 desde 2011, está capenga pra caramba e não pretendo trocar. Se pifar acho difícil que compre outro tablet.
Vinicius Araujo
Exatamente! Eu tive um tablet quando tinha um celular de 3,5" e ele se comportou como um celularzão. Não que a portabilidade fosse ruim, pra mim era um ponto positivo, mas dá aquela sensação de redundância, a falta de um diferencial, gerava um arrependimento e tirava a vontade de ter outro. Agora que os aparelhos tem entre 5" e 6", posso dizer sem o menor receio que não é só eu que não vejo mais graça em ter um tablet.

Vejo que o conceito de tablet com sistema operacional Android ou iOS vai ficar cada vez mais restrito a alguns públicos (brinquedo de criança, entretenimento para idosos...) enquanto os 2 em 1 e conversíveis vão pegar grande parte dos "órfãos" do tablet.

O Windows ficando bem amigável para telas pequenas e touch, as fabricantes popularizando o formato e deixando os aparelhos mais leves e com bateria melhor e até a época em que estamos, com o público geral começando a sentir aquela necessidade de trocar o PC ou notebook antigo por algo mais moderno, rápido, altamente produtivo e portátil. Tudo se encaminha para o "reaquecimento" do mercado de PC's, pois creio que muitas dessas pessoas vão ver que os dispositivos 2 em 1 se encaixam nessa necessidade.
FABIO NEVES
Se formos colocar esse números frente aos smartphones, ou do período em que os tablets foram lançados, de fato estão muito ruins.
Mas 4 milhões de tablets no Brasil só em 2016 é tablet pra cacete. É mais que a população de Brasília ou Salvador, por exemplo.
Que o mercado de Tablets vai declinar é certo. Porém, ainda tem gente lucrando com a fabricação deles.
Sem falar que para pagar R$ 3.500,00 num tablet, eu compro um Notebook.
Hugo Pereira
uso muito o meu, consigo fazer quase tudo que faria com um notebook com ele. Os apps evoluíram muito.
ditom
Temos dois aqui também. O mais antigo é de minha filha, cuja idade ainda não recomenda smartphones. O outro, de 8', já conta uns três anos e somente agora, com um smartphone novo, está sendo menos usado pela esposa.
De outro giro, algumas pessoas de mais idade na família, não dispensam jamais seus tablets, levando-os para onde vão: a dificuldade de leitura que vem com o tempo agradece muito a tela maior...
Vitor Mikaelson
Acontece que a venda dos tablets também estão caindo mesmo em países onde o poder de aquisição é maior. Onde há mais tablets e híbridos à venda e por preços menores. Não acredito que isso seja o problema.

Só é mais intensificado no Brasil por estarmos em crise, e pelo baixo poder de aquisição.
Kaio
Uso bastante tablet por ser mais pratico em portabilidade, o notebook deixo para atividades mais complexas.
Caio
Uso bastante tablet por ser mais pratico em portabilidade, o notebook deixo para atividades mais complexas.
Racer
Tenho e uso para ler meus livros que estão no GooglePlay, além de ver alguns vídeos.
CtbaBr©
A meu ver ainda falta um software completo para Tablets!Atualmente a funcionalidade dele é a mesma de um celular, e como os celulares estão com a telas cada vez maiores, o Tablet ficou esquecido!Mas acredito que ele ainda "voltara" substituindo os Laptops, quando houver um software descente!
CtbaBr
A meu ver ainda falta um software completo para Tablets!
Atualmente a funcionalidade dele é a mesma de um celular, e como os celulares estão com a telas cada vez maiores, o Tablet ficou esquecido!
Mas acredito que ele ainda "voltara" substituindo os Laptops, quando houver um software descente!
Artur Bem Mongol
Tive um Xoom 2ME, paguei 999,00 na época, o Android era muito limitado para tablets, usava para navegação ma internet e vídeos. Depois dele comprei um iPad mini 2 e aí sim vieram a ser úteis para mim, Office e Excel funcionam muito bem, a bateria do iPad é ótima. Quanto ao preço, optei por um usado e o iPad saiu por 1050.
Artur Benchimol
Tive um Xoom 2ME, paguei 999,00 na época, o Android era muito limitado para tablets, usava para navegação ma internet e vídeos. Depois dele comprei um iPad mini 2 e aí sim vieram a ser úteis para mim, Office e Excel funcionam muito bem, a bateria do iPad é ótima. Quanto ao preço, optei por um usado e o iPad saiu por 1050.
Exibir mais comentários