Início » Web » YouTube acaba com anotações nos vídeos

YouTube acaba com anotações nos vídeos

Recurso vai parar de funcionar a partir do dia 2 de maio

Por
1 ano atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

As anotações sempre foram uma dor de cabeça no YouTube, ao menos para os usuários. Aqueles blocos dinâmicos que os criadores adicionavam no vídeo depois que ele já foi ao ar serviam para acrescentar ou corrigir uma informação, ou para direcionar o usuário para outro vídeo.

Mas há um problema com as anotações: eles não funcionam no celular. E, em um mundo em que dispositivos móveis representam 60% do tempo de exibição do YouTube, seria preocupante manter o recurso sem adaptá-lo ou matá-lo. Como de costume, o Google optou pela última opção, justificando que existem outras ferramentas para ocupar o lugar das anotações.

YouTube triste

Os cards interativos existem no YouTube há alguns anos: são links que podem surgir ao longo do vídeo e ficam naquele ícone de informação no canto superior direito. Desde o ano passado, as End Screens também servem para colocar outros vídeos recomendados no final de outro vídeo ― o que elimina um dos usos originais das anotações.

Depois que esses recursos foram anunciados, o uso de anotações no YouTube caiu 70% (!). Além disso, o YouTube disse que as anotações não são muito bem recebidas pelos usuários: em média, eles fecham 12 anotações antes de clicar em uma. Some isso à inconsistência de não poder colocá-las no mobile e podemos concluir que elas existem basicamente para serem ignoradas pelos usuários de desktop.

Então, a partir do dia 2 de maio, ninguém vai conseguir adicionar alguma anotação ou editar uma existente. De resto, as que já estão lá vão continuar aparecendo para quem assiste aos vídeos do YouTube no desktop.

Nem todo mundo ficou feliz com a novidade, claro. Nos comentários do post que faz o anúncio, vários canais estão pedindo por outros meios de adicionar mais informações aos vídeos, ou de corrigir algum erro que apareceu. Seria melhor ter adaptado as anotações ao celular, então?

Mais sobre: