Direto de San Diego — A Qualcomm anunciou nesta segunda-feira (20) o Qualcomm 205, um processador para celulares básicos. Ele é baseado na arquitetura ARM, tem GPU Adreno e traz conectividade 4G com velocidades de download de 150 Mb/s sem cobrar uma fortuna por isso. Mas ele não carrega o nome Snapdragon.

O Qualcomm 205 tinha tudo para ser chamado de Snapdragon 215 ou algo parecido: ele possui até soquete compatível com os chips Snapdragon 210 e 212. Mas a Qualcomm decidiu tornar o dragão exclusivo para as linhas 400, 600 e 800, como uma tentativa de reforçar o aspecto “premium” da marca, portanto, não espere ver um Snapdragon 2xx equipando futuros smartphones de entrada.

Mudanças de nomenclatura à parte, o foco do Qualcomm 205 é trazer conectividade 4G para os celulares mais baratos do mercado, inclusive com suporte a VoLTE, tecnologia que permite chamadas telefônicas pelo 4G — e que ainda não está disponível nas operadoras brasileiras, que derrubam o usuário para 2G ou 3G nas ligações. O modem é LTE Cat 4, chegando a 150 Mb/s de download e 50 Mb/s de upload.

O processador, com CPU dual-core de 1,1 GHz e GPU Adreno 304, suporta reprodução de vídeo em HD, pagamentos seguros, câmeras de 3 megapixels e sistemas operacionais baseados em Linux. Um aparelho com bateria de 2.000 mAh e Qualcomm 205 deve alcançar, no mínimo, 45 dias de autonomia em standby, 86 horas de reprodução de música e 20 horas de ligações telefônicas.

A Qualcomm diz que o chip é voltado para regiões emergentes, como América Latina e Ásia, mas ele é especialmente direcionado ao mercado indiano, onde uma nova operadora, a Jio, conquistou 100 milhões de clientes em apenas seis meses.

A Jio construiu uma rede LTE pura, que não conta com antenas 2G ou 3G, o que acabou criando um problema: o 4G é bem comum nos smartphones, mas o VoLTE ainda é restrito a aparelhos um pouco mais caros. Por isso, muitos já podem acessar a internet pela rede móvel, mas não conseguem fazer ou receber chamadas; eles têm de recorrer a um aplicativo próprio da operadora para isso.

Fabricantes e operadoras como Micromax, TCL (dona da Alcatel) e Reliance Jio vão lançar os primeiros celulares com Qualcomm 205 no segundo trimestre. A Qualcomm não informou se há parceiros interessados em trazer aparelhos com o novo processador ao Brasil.

Paulo Higa viajou para San Diego a convite da Qualcomm.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Keaton
Sim, sim, mas mesmo assim... dual core é MUITO lento pros padrões atuais. O Android 6 mesmo já fica um tanto lento num quadcore 1GB de ram. imagina as bizarrices: Dual core 1ghz com 1GB de ram. :I
Theo Queiroz
Mas isso aí é pra equipar celular abaixo de 90 dólares
SR 71 Pássaro Preto

Lamentável.

Anthony Fernando
Lamentável.
Keaton
Dual Core de 1.1GHz... nossa. Tudo bem ser mais lowend, mas precisava mesmo desenterrar 2012?
Wellington Gabriel de Borba
Gente, a SK Telecom da Coreia num estava estudando implantar um 4G usando as sobras de frequência do 3G em 2100 MHz?
LekyChan
quanto mais processadores deste tipo melhor, principalmente um que desse para equipar featurephones de baixissimo custo, para ajudar a limpar as antenas de 2G e 3G
ばか

Esta parecendo um Snap 210 capado.

Bruno ?
Esta parecendo um Snap 210 capado.
Paulo Higa
O lançamento foi hoje de madrugada (no horário de Brasília), mas as informações foram divulgadas a alguns veículos com antecedência durante um evento em San Diego — ao qual estivemos presentes.
Luander Falqueto Beltrame
Fizeram o lançamento durante a madrugada?