Início » Mobile » Nada de Snapdragon: Qualcomm 205 é um processador para celulares básicos com 4G

Nada de Snapdragon: Qualcomm 205 é um processador para celulares básicos com 4G

Por
1 ano atrás

Direto de San Diego — A Qualcomm anunciou nesta segunda-feira (20) o Qualcomm 205, um processador para celulares básicos. Ele é baseado na arquitetura ARM, tem GPU Adreno e traz conectividade 4G com velocidades de download de 150 Mb/s sem cobrar uma fortuna por isso. Mas ele não carrega o nome Snapdragon.

O Qualcomm 205 tinha tudo para ser chamado de Snapdragon 215 ou algo parecido: ele possui até soquete compatível com os chips Snapdragon 210 e 212. Mas a Qualcomm decidiu tornar o dragão exclusivo para as linhas 400, 600 e 800, como uma tentativa de reforçar o aspecto “premium” da marca, portanto, não espere ver um Snapdragon 2xx equipando futuros smartphones de entrada.

Mudanças de nomenclatura à parte, o foco do Qualcomm 205 é trazer conectividade 4G para os celulares mais baratos do mercado, inclusive com suporte a VoLTE, tecnologia que permite chamadas telefônicas pelo 4G — e que ainda não está disponível nas operadoras brasileiras, que derrubam o usuário para 2G ou 3G nas ligações. O modem é LTE Cat 4, chegando a 150 Mb/s de download e 50 Mb/s de upload.

O processador, com CPU dual-core de 1,1 GHz e GPU Adreno 304, suporta reprodução de vídeo em HD, pagamentos seguros, câmeras de 3 megapixels e sistemas operacionais baseados em Linux. Um aparelho com bateria de 2.000 mAh e Qualcomm 205 deve alcançar, no mínimo, 45 dias de autonomia em standby, 86 horas de reprodução de música e 20 horas de ligações telefônicas.

A Qualcomm diz que o chip é voltado para regiões emergentes, como América Latina e Ásia, mas ele é especialmente direcionado ao mercado indiano, onde uma nova operadora, a Jio, conquistou 100 milhões de clientes em apenas seis meses.

A Jio construiu uma rede LTE pura, que não conta com antenas 2G ou 3G, o que acabou criando um problema: o 4G é bem comum nos smartphones, mas o VoLTE ainda é restrito a aparelhos um pouco mais caros. Por isso, muitos já podem acessar a internet pela rede móvel, mas não conseguem fazer ou receber chamadas; eles têm de recorrer a um aplicativo próprio da operadora para isso.

Fabricantes e operadoras como Micromax, TCL (dona da Alcatel) e Reliance Jio vão lançar os primeiros celulares com Qualcomm 205 no segundo trimestre. A Qualcomm não informou se há parceiros interessados em trazer aparelhos com o novo processador ao Brasil.

Paulo Higa viajou para San Diego a convite da Qualcomm.