Início » Games » Nintendo queria colocar Android no Switch com ajuda da Cyanogen, mas empresa recusou

Nintendo queria colocar Android no Switch com ajuda da Cyanogen, mas empresa recusou

Por
13 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Rumores diziam que o Nintendo Switch – na época em que ele ainda era conhecido pelo codinome NX – rodaria uma versão modificada do Android. Parece que isso era verdade e a Cyanogen foi chamada para a tarefa, mas não quis.

Kirt McMaster, executivo da Cyanogen, disse no Twitter que dispensou pedidos da Nintendo “para criar um sistema operacional para um certo portátil”.

Ele também diz que a ideia de colocar Android no Switch “esteve sob consideração”, mas ele usa apenas “pedaços” do sistema móvel do Google. O console roda um kernel modificado do FreeBSD, assim como o PlayStation 4.

Como nota o Android Central, talvez fosse bacana um console da Nintendo com uma versão personalizada do Android, especialmente dado que o Switch quebrou recordes de vendas da própria empresa.

No entanto, ele provavelmente seria bastante fechado – imagino que a empresa barraria APKs e outras brechas – e não se pareceria em nada com o sistema que você vê em smartphones e tablets. Seria o oposto da missão que a Cyanogen tinha.

A Cyanogen começou distribuindo ROMs customizadas para vários dispositivos Android e se tornou a base para a Cyanogen Inc, uma empresa que oferecia uma versão do sistema operacional para várias fabricantes, começando pelo OnePlus One. No ano passado, ela descontinuou os serviços do CyanogenMod, agora chamado de LineageOS e mantido por uma comunidade de desenvolvedores.

O cofundador Steve Kondik culpa McMaster pelo fracasso da Cyanogen em se tornar relevante e em manter as ROMs customizadas, mesmo após receber investimentos milionários. Kondik deixou a empresa em dezembro; McMaster continua lá.

  • Henrique Queirós

    Demorou para postarem hoje….
    Eu, sinceramente, prefiro o sistema próprio mesmo. um android no Switch não me parece boa ideia não

    • LekyChan

      além de que faria o console parecer apenas mais um tablet para jogos

  • Alberto Prado

    Nossa, esses caras que levam suas filosofias ao extremo… Eu como responsável pela empresa teria aceitado. Se para se manter sozinha uma empresa como essa já teria dificuldades, imagina fica recusando contratos desse tipo. ¬¬

    • Henrique Queirós

      Mas o que diferencia essa empresa das outras é exatamente sua filosofia…

      • Alberto Prado

        Mas isso ela tem que aplica nos produtos dela. Ela tá sendo contratada para fazer um sistema pra outra empresa… Com o dinheiro que ela ganharia ela tem mais chances de mostrar essa “filosofia” para o mundo.

        • Henrique Queirós

          mas o produto dela é o sistema que ela faz pros outros…

          • Alberto Prado

            Mas o caso da Nintendo é diferente. A Nintendo não ia deixa o sistema like a Android. Ela iria capa e fecha muita coisa. Diferente de uma fabricante de smartphone que gostaria de deixar compatível. Tanto que ela recusou. Ela seria quase que só uma programadora.

    • tuneman

      IMHO é esse tipo de extremismo que freia o uso de software livre.

      • Ramon Gonzalez

        #fato

    • Alexandre Lima

      Esse é o famoso burroligente

    • Keaton

      Curiosidade, poderia me explicar com argumentos plausiveis o motivo que um console fechado como o Switch da Nintendo deveria rodar o Android?

  • Daniel Silva

    Eu aceitaria. Foi uma recusa bem idiota. Encararia isso como um primeiro passo, como quem deseja aos poucos tomar a confiança e demonstrar a sua capacidade. Era isso que a Cyanogen deveria ter feito. Demonstrar o poder da comunidade. Já foi algo muito interessante a Nintendo cogitar esta parceria. Fora os riscos financeiros envolvidos, e o risco de sujar sua marca caso algo saísse errado. A Cyanogen tem tomado péssimas decisões sucessivas.

  • Diogo Nóbrega

    Eu tava torcendo pra isso ser verdade na época do rumor. Já imaginou, um console da Nintendo podendo rodar jogos de Android? Porém, eu entendo a Nintendo não ter insistido no projeto, ia dar muita brecha pra APKs mal intencionados e tudo mais.

    • daniel

      Ela não ia querer esse tipo de concorrência. Sem contar que eu ao menos, acho um saco e muito estranho sistemas android fechados.

  • Mourilho

    Esqueceram de falar que o Kondik mandou a nintendo “enfiar” (naquele lugar?) a proposta