Início » Celular » As primeiras novidades do Android O

As primeiras novidades do Android O

Felipe Ventura Por

O Google lançou uma versão preliminar do Android O para desenvolvedores, com mudanças na interface e ajustes nos bastidores. O sistema ainda está longe da versão final, mas já é possível notar diversas melhorias no sucessor do Nougat. Eis o que há de novo.

Comecemos pelas notificações, que serão agrupadas por “canais” no Android O. Isso permitiria, por exemplo, silenciar todos os chats em grupo no WhatsApp, mas liberar mensagens individuais.

Como mostra o Ars Technica, o app Interface do Sistema (embutido no Android) tem suporte a canais: você pode silenciar alertas de espaço insuficiente para armazenamento, mas manter o som para avisos gerais do sistema, por exemplo.

Além disso, como explica o The Verge, você pode usar um “modo soneca” nas notificações. Se você não quiser lidar com uma delas agora, basta puxá-la para o lado e tocar no ícone do relógio. Então, escolha quando a notificação deve reaparecer – em 15, 30 ou 60 minutos.

É possível testar o modo picture-in-picture, com janelas de vídeo flutuantes. Isso já existe no TouchWiz e semelhantes há anos, mas teremos isto na versão pura do sistema também.

O Android O permite personalizar os atalhos na tela de bloqueio. Ao deslizar a partir da lateral direita ou esquerda, você pode abrir apps ou até mesmo realizar uma ação dentro de um app: por exemplo, abrir uma nova aba no Chrome ou criar uma nova nota no Keep.

Você pode mudar o layout da barra de navegação, colocando os botões Voltar/Home/Multitarefa mais para a direita, esquerda ou centro. E é possível até mesmo adicionar botões nas extremidades, como a função Colar. Tudo isso fica escondido no Sintonizador System UI, ativado ao segurar o botão de engrenagem no painel de configurações rápidas.

O app de configurações recebeu uma repaginada. Agora ele está mais compacto, agrupando itens soltos como Wi-Fi e dados em uma área “Rede e Internet”; e Bluetooth, NFC e USB em “Dispositivos Conectados”. Há também uma nova seção “Apps e Notificações” que reúne as configurações e permissões de seus aplicativos em uma única tela; antes, isso ficava muito espalhado pelo sistema.

Também há outros recursos pontuais como ajustes na área de configurações rápidas; facilidade para escolher ringtones personalizados; e suporte a diferentes codecs de áudio via Bluetooth. Você pode conferir tudo isso se tiver um dispositivo Nexus (5X, 6P, Player) ou Pixel e baixar o sistema aqui.

Este é apenas o começo. Uma nova prévia para desenvolvedores será lançada em maio, a tempo para a conferência Google I/O, e ela deve trazer mais novidades para o Android O. A versão final do sistema está prevista para o terceiro trimestre.

Com informações: Ars Technica, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Denis Franco
por isso eu uso o android em ingles, no meu celular atual a parte de "tethering & portable hotspot" foi traduzida como "vínculo e ponto de acesso portátil" só pra dar um exemplo
Jefferson Rodrigues
Não sei se é um idiota ou uma idiota. Pegou três comentários meus, que não tem nada a ver com o que eu escrevi para ser base de seu comentário idiota. Você é homem ou mulher? Porque quero saber se devo te chamar de um ou uma idiota.
Bruno Silveira
achei a parte de settings bem parecida com a do W10
Rod
Lost tem essas funções também, entre outras.
João Marcos Duarte
A google bem que colocou modo dark na versão developer. Agora se os criadores de app, ou as fabricantes não implementam, fica complicado.
João Marcos Duarte
A google bem que colocou modo dark na versão developer. Agora se os criadores de app, ou as fabricantes não implementam, aí são outros 500.
Adauto Furlanetti
Mas você está desconsiderando o público. Update freaks, ou compram I'm Pixel, ou iPhone (ou se arriscam a mods) O resto da galera só quer que o aparelho funcione e rode os apps. E que sejam acessíveis. A galera do Android precisa reconhecer que a Apple oferece muito mais suporte a update. Mas apenas porque eles tem oferta de dispositivos limitada. Prefiro for um OS atrasado, mas economizar 30% e atualizar o hardware mais cedo.
Pierry Borges
Exatamente!
Edgar
Não sei o que faz esse Android Lost, mas o Cerberus tira foto em X tentativas erradas, apita alarme, impede que a pessoa reinicie/desligue o celular, impede que mexam na central de ações, envia email sempre que o celular é ligado no modo avião ou com outro chip (contendo local, data, hora). É bem útil.
Jefferson Rodrigues
Outra coisa: olhe como anda a fragmentação do Android. Chega a ser ridículo! O Nougat nem atingiu 3% dos dispositivos, e a Google nem dá tempo para que esse sistema se espalhe. Ela já tá pensando no próximo. Uma grande maioria ainda tá no KK e tá funcionando de boa. Eu quem o diga.
Jefferson Rodrigues
Mas eu não disse que os aparelhos não recebem as atualizações. Eu disse que recebe, em média, duas atualizações e ponto. Se for um intermediário, recebe só uma e olhe lá.
José Jefferson
Jefferson, gostaria de lembrar, que aparelhos de empresas como Quantum, Motorola e algumas outras, mantém suas atualizações constante. Agora se você tem um Galaxy y e quer atualização para o Android O. Ai é outra história. Sempre tive celulares de empresas que tem responsabilidade com seu consumidor, que não deixa o mesmo a ver navios. E outra, o consumidor hoje prefere comprar smartphone com previsão de atualização, dificilmente vejo pessoas comprarem aparelhos sem o mesmo. Sobre a Apple e Google tem uma grande diferença, Aparelhos Apple são feitos, fabricados e vendidos pela própria empresa. Já a Google produz o sistema operacional, mas de uns tempo pra cá anda obrigado as fabricantes a atualizar seus aparelhos constantemente vide que agora existe um "mural da vergonha" que mostra quais as empresas que se importante verdadeiramente com seus clientes. Bom Sábado.
Rod
Upvoted
Rod
Sem root, é a mesma coisa que usar o Android Lost, que é free.
Edgar
Não requer root. Meu celular não tem root. Ele tem funções a mais pra quem tem root, mas funciona muito bem sem root.
Exibir mais comentários