Em nosso review do Gear S3, notamos que ele é um smartwatch elegante e bem construído, mas peca na variedade de apps. A Samsung vem trabalhando com parceiros para resolver isso.

Este mês, o Gear S2 e S3 ganharam apps de exercícios físicos da Under Armour, incluindo os conhecidos Endomondo e MapMyRun. Antes, eles já haviam recebido suporte a Spotify e um app de mapas da Here. Testamos todos para ver como eles se saem.

Under Armour

Um problema do Gear S3 que apontamos em nosso review era a ausência de bons apps de exercício físico – tudo passava pelo S Health. Felizmente, isso mudou: você pode escolher entre o Endomondo, MapMyRun e UA Record. De quebra, o relógio ganhou suporte ao MyFitnessPal, que ajuda a controlar o consumo de calorias. Todos funcionam tanto no Gear S2 como no S3.

Esses apps pertencem à Under Armour, concorrente da Nike que vem reforçando sua presença digital para entrar na guerra pelos seus dados de saúde pessoal. E graças à parceria com a Samsung, você se torna usuário premium desses apps por doze meses se instalá-los no Gear S3 – sim, isso vale para clientes no Brasil também.

O Endomondo acompanha cerca de vinte atividades físicas, incluindo bicicleta ergométrica, caminhada, corrida em esteira e musculação. Você instala o app no smartphone através da Play Store, depois no Gear através da loja Galaxy Apps.

Então, selecione a modalidade e toque em Iniciar. O app mostra o tempo transcorrido, calorias queimadas, batimentos cardíacos, mais distância/velocidade e mapa GPS (caso a atividade envolva deslocamento). Deslize a partir de cima na tela para finalizar.

Os dados são sincronizados com o app do Endomondo no smartphone. Recursos mais avançados – histórico, estatísticas, planos de treino – não podem ser acessados a partir do relógio.

O MapMyRun é semelhante, mas só acompanha exercícios que envolvem deslocamento (bicicleta, caminhada, corrida) – ele também usa o GPS do relógio. A interface é basicamente idêntica à do Endomondo. Recursos avançados ficam restritos ao smartphone.

O UA Record tem seis recursos principais. Ele acompanha atividades físicas, desde caminhada e bicicleta até musculação (pernas, abdômen, CrossFit); a quantidade de horas dormidas; tempo de exercício físico; número de passos; calorias ingeridas; e peso.

O app para o Gear S3 apenas acompanha suas atividades físicas. Os outros dados precisam ser inseridos manualmente através do smartphone; você pode apenas visualizá-los no relógio.

Por fim, o MyFitnessPal é o mais simples dos apps no Gear S3. Ele permite adicionar o número de calorias de sua última refeição, mas bizarramente isso não funciona com a borda giratória do relógio – você precisa tocar constantemente no botão “>”, o que está longe de ser prático. Também é possível adicionar quantos copos de água você tomou no dia.

Spotify

O app do Spotify funciona no Gear S2 e S3, e possui dois modos: controle remoto para as músicas de seu smartphone, e modo independente que baixa as músicas por Wi-Fi.

Como controle remoto, o app tem controles básicos como tocar, pausar, avançar e voltar. Uma coisa que senti falta: você não pode pular para a metade da música usando a borda giratória: ela serve apenas para avançar ou retroceder faixas.

Com o app, é possível ativar o modo aleatório, modo repetir, e salvar para depois as músicas que você curtir. Você pode acessar as playlists criadas pelo Spotify, conferir lançamentos, e navegar pelas listas que você mesmo criou.

Há também um modo independente, que exige fazer login no relógio usando o pequeno teclado alfanumérico. Feito isso, no entanto, será possível ouvir música no próprio relógio – o S3 tem alto-falantes – ou através de um fone Bluetooth.

A Samsung avisa que ele ganhará cache offline (para usuários do Spotify Premium) em uma atualização no mês de abril.

Mapas

O Gear S3 também precisava de um app para navegação, e ele chegou no final do ano passado: trata-se do Here WeGo. Ele é independente, ou seja, não requer um app no smartphone. Você pode fazer buscas por endereços e estabelecimentos, e ele ensina como chegar até lá de carro, transporte público e a pé.

Fiz o teste em um Gear S3 (o app também funciona no S2) e o processo demora um pouco. Para digitar um destino, é preciso usar o teclado alfanumérico no relógio ou usar a voz com o S Voice. Então, ele demora cerca de 15 segundos para encontrar o que você quer. Toque no botão de rota, e ele vai demorar mais 15 segundos para calcular as alternativas. Escolha uma delas, e surgem as instruções.

Entre abrir o app, inserir o destino por voz (mais rápido que digitar) e receber as rotas, foi cerca de um minuto. No smartphone, levei cerca de 15 segundos entre desbloquear, abrir o Google Maps, digitar o local desejado e obter direções.

Há ainda novos apps da BMW para travar e destravar portas, checar status de combustível e o local do seu veículo (se ele for compatível); além de um app para o termostato Nest.

O ecossistema do Gear S2/S3, que rodam Tizen, está crescendo aos poucos graças a parcerias da Samsung. Isso é o bastante para convencer você a comprar um smartwatch da marca?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Guerra

Tenho um iphone SE e um sangung gear s3 e não consigo receber notificações do whats app alguém conseguiu? é algum bloqueio da apple ou algo que não configurei, vlw

Thiago Borin
Só não vendo para ficar olhando para esse relógio e me arrepender... Uma vergonha o que a samsung faz, vende e não promove o mínimo necessário de aplicativos decentes. Os poucos que tem mal prestam.
Rafael Proença

É possível usar o S3 como controle remoto do player de musica do celular? Ou apenas funciona assim com o Spotify?

Rodrigo Marcia Presti
Quando a Samsung vai permitir que tenha o GMAIL no Gear quando a pessoa tem um IPhone?...comprei um S3, mas recebo apenas as notificações do Gmail e não dá pra ler o mesmo
Gabi Miranda
o app do nike running funciona no gear s3 ??
Tatiana Lamonica
Não consigo baixar os apps do Under Armour no meu Gear S2. Já baixei o Endomondo no meu celular, mas não o encontro na loja do Gear. Como devo fazer? Obrigada!
Ricardo
Os relógios inteligentes tendem a ser mais que mapeadores de atividades. Penso que para esse uso, poderíamos adotar pulseiras mais em conta. Minha linha de pensamento é mais assim: gastar de R$1500,00 à R$2000,00 (mesmo em dólares, ainda é caro) num aparelho que não sabemos quanto tempo demorará para se tornar um "peso de papel", caso houver limitação de hardware, software e/ou tecnologia. A diferença entre um Smartphone e um SmartWatch é que eu não quero ter mais um aparelho para ficar gastando e trocando de tempo em tempos, entende? É muito bacana ter um relógio que integra e trás notificações de agenda, previsão do tempo, trânsito, assistentes pessoais, mostra o caminho e até as horas, com skins bacanas? Sem dúvidas que sim! Agora, vale a pena? Eu não consigo ter certeza.
André G
Depende qual atividade você pretende praticar e o que deseja mapear.
André G
Minha irmã tem um Garmin Forerunner 35, que é um dos mais baratos e eu tenho um Moto 360 Sport. Testei o leitor de batimentos dos dois e do Gamin é bem melhor. Eu já tinha testado com o Gear S2, S3 e Apple Watch e o S3 foi o único que mostrou bem os batimentos, semelhante ao Garmin, pois no meu Moto 360 e os demais ficam oscilando muito e mostram resultados fora do normal, como por exemplo: estar calmo dentro de uma loja como a Fast Shop e mostrar 110btm, medir de novo e mostrar 90btm, medir novamente e mostrar 85btm, novamente e mostrau 100btm. Em qual resultado confiar??? No Garmin e no S3 é um resultado mais preciso e real, ficou variando entre 85 e 90.
André G
Eu achava que eram inúteis até mandar meu Moto 360 Sport para a garantia, senti muita falta dele.
André G
Depende... Eu prefiro o Android Wear por possuir mais aplicativos, ter mais acesso ao sistema, mostrar mais informações das notificações e ter mais opções de watchfaces.
André G
Bacana a função de baixar músicas diretamente no Gear para ouvir via fone bluetooth sem precisar do smarthphone, só quero saber quando chegará no Android Wear... Ou já chegou e eu não estou sabendo, hahaha Tenho um Moto 360 Sport e uso o Google Play Music que é uma bosta só por causa dessa função. Mas o pior de tudo é que é chato e demorado fazer a sincronia, queria um aplicativo de streaming que funcionasse bem para eu ouvir músicas enquanto corro e fosse simples para sincronizar.
Renan Rufino
Como é que é isso aí ?
Frederico Rafael Vecchi
O Fossil Q roda Android Wear 2.0
jose ferreira filho
Eu ia comentar ontem mas – A vivo informa que meu limite de internet VIVO FIBRA foi totalmente consumido, assim não podia usar a internet, não poderia mais acessar este site neste mês (Março 2017), Mas já que estamos em abril 2017, posso dizer que gostei. ( no contrato da ,VIVO item 27.13 http://www.vivo.com.br/consumo/groups/public/documents/documentopw/contrib_102096.pdf https://www.vivo.com.br/consumo/groups/public/documents/documentopw/contrib_102065.pdf)
Exibir mais comentários